Flamengo x Vasco - Final da Superliga Feminina de Vôlei de 2000/2001

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo

História

Leila beija a medalha de campeã - LANCE!

O Flamengo montou uma equipe fortíssima para a temporada 2000/2001 do Vôlei feminino. Após muitos anos dos primeiros títulos, o Rubro-Negro se reforçou, trouxe craques de peso como Leila e Virna, e conquistou o principal campeonato do esporte: a Superliga Feminina de Vôlei. O Clube há havia sido bicampeão brasileiro da modalidade, em 1978 e 1980, e conquistou a competição nos novos moldes nesta temporada.

O torneio deste ano foi um dos mais disputados da história. Além de Fla e Vasco, que fizeram a decisão, a competição contou ainda com equipes do nível de Rexona-Ades, Pinheiros/Blue Life, MRV Minas e BCN/Osasco. Nas semi-finais, o Fla eliminou o MRV, e os cruzmaltinos bateram o Rexona.

Comandadas por Luizomar de Moura, as craques Arlene, Leila, Virna, Valeskinha, Tara Cross e Josiane, enfrentaram uma outra seleção de estrelas do lado do Vasco da Gama. A equipe da ex-jogadora Isabel tinha como destaques a levantadora Fernanda Venturini e nomes como Ida, Raquel e Sassá. Em uma série emocionante, o Fla levou a melhor por 3 jogos a 1. No primeiro jogo, o Mengo venceu por 3 x 1 (25/27, 25/17, 16/25, 22/25). E apesar da derrota na segunda partida, por 3 x 0 (25/20, 30/28, 25/22), a equipe deu a volta por cima, bateu as rivais no terceiro jogo (25/19, 25/20, 19/25, 25/16), e foi para o quarto jogo como favorita.

Na finalíssima, disputada no ginásio do Maracanãzinho, deu Flamengo, de maneira emocionante e inesquecível. Foram 3 sets a 2, com direito a vitória no tie break, pelo placar de 17 a 15. A grande destaque da partida foi a meio-de-rede Arlene. Mais uma importante conquista dos esportes olímpicos rubro-negros.

O Jogo

Pôster das Campeãs - LANCE!

A decisão da Superliga Feminina de Vôlei estava cercada de expectativas. Um confronto entre os dois maiores Clubes do Rio de Janeiro, os arqui-rivais Flamengo e Vasco, ambos com as maiores jogadoras da modalidade. De um lado, Leila e Virna. Do outro, Ida e Fernanda Venturini. Prever um resultado era impossível. Duas camisas de peso se enfrentaram, mas só uma poderia sair vencedora. E foi a rubro-negra.

O Flamengo estava em vantagem no confronto final. Vencia por dois jogos a um. Porém, na fase de classificação, o Vasco da Gama venceu os dois jogos. O confronto estava equilibradíssimo, e essa foi a tônica também da grande final. No primeiro set, as vascaínas venceram por 25 a 23, em 26 minutos de jogo, dando a impressão de que consegueriam levar a decisão para o quinto jogo.

Mas, na segunda etapa, o Rubro-Negro provou sua força. A meio-de-rede Arlene, inspiradíssima, roubou a cena e o brilho das grandes estrelas. Ela infernizou a defesa vascaína e ajudou o Fla a fechar o set pelo placar de 25 a 16 e a ganhar moral para o terceiro set, que o rubro-negro venceu por 25 a 20, virando o jogo para 2 sets a 1.

O quarto set poderia ser o decisivo, mas as cruzmaltinas não deixaram. Em grande atuação de Fernanda Venturini e de Natasha Leto, o set mais longo da partida durou trinta minutos e terminou com vitória vascaína por 25 a 21, o que levou a final para o quinto e decisivo set: o tie-break.

Decisão entre Flamengo e Vasco. Não poderia ser diferente. Emocionante e equilibrada até o último segundo. As equipes se alternaram na liderança do placar no tie-break. Até que chegou o momento definitivo. Empatadas em 15 a 15, uma das equipes teria que fazer a diferença. E brilhou a estrela Rubro-Negra. A equipe abriu a vantagem de 16 a 15 e fechou o jogo em 17 x 15, para a explosão da torcida presente em grande número ao Maracanãzinho.

Emocionadas, as atletas rubro-negras vibraram e comemoraram muito. Virna, rubro-negra desde pequena, atirou sua camisa para a torcida, e Leila não conseguiu conter as lágrimas. Mais um grande título para a história do vôlei do Flamengo.

Ficha Técnica

Papel de Parede das Campeãs - Gazeta Esportiva

FLAMENGO 3 x 2 VASCO
4º Jogo da Final da Superliga Feminina 2000/2001

Local: Maracanãzinho, Rio de Janeiro (RJ)
Parciais: 23x25, 25x16, 25x20, 21x25 e 17x15

FLAMENGO: Gisele, Leila, Virna, Valeskinha, Arlene, Tara Cross, Josiane (líbero), Soninha, Ciça, Eth e Priscila - Técnico: Luizomar de Moura.

VASCO: Fernanda Venturin, Natasa Leto, Rô, Flúvia, Ida, Denise, Fabiana (líbero), Sassá, Raquel e Cláudia - Técnica: Isabel

Público: 8.687 pessoas

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas