Os símbolos do Flamengo

Hino | Mascote | Bandeira | Escudos

Hino
____________________________________________________________________________________

O Flamengo possui dois hinos. A letra e a música do oficial foram criadas por Paulo Magalhães, em 1932. Chamado de "marchinha", foi gravado pelo cantor Castro Barbosa, em 1932, e registrado em 1937, no Instituto Nacional de Música.

Este hino foi cantado pela primeira vez em 15 de novembro de 1920, dia do vigésimo quinto aniversário do clube, no estádio da Rua Paysandu, no jogo Flamengo 1 x 1 Palmeiras (RJ).

Paulo Magalhães chegou a atuar como goleiro do clube em quatro partidas, entre 1918 e 1919.

O HINO OFICIAL - FLAMENGO TUA GLÓRIA É LUTAR !!!

Autor : Paulo Magalhães

Flamengo, Flamengo,
Tua gloria é lutar,
Flamengo, Flamengo,
Campeão de terra e Mar (bis)
Saudemos todos,
Com muito ardor,
o pavilhão do nosso amor,
Preto e encarnado,
Idolatrado,
Dois mil campeões,
Do vencedor.
Flamengo, Flamengo,
Tua gloria é lutar,
Flamengo, Flamengo,
Campeão de terra e Mar
Lutemos sempre com valor infindo
Ardentemente com denodo e fé
Que o futuro ainda será
Mais lindo,
Que o teu presente,
Que tão lindo é,
Flamengo, Flamengo,
Tua gloria é lutar,
Flamengo, Flamengo,
Campeão de terra e Mar.

Lamartine de Azeredo Babo é o autor da letra e da música do segundo hino, considerado o popular. No Rio de Janeiro o compositor nasceu, em 10 de janeiro de 1904, e morreu, em 16 de junho de 1963.

Em 1942, houve a criação do programa "Trem da Alegria", que se tornaria um dos mais famosos do Brasil, tendo sido apresentado em diversas emissoras de rádio. Neste programa que surgiu o desafio para Lamartine compor o hino para cada um dos grandes clubes do Rio (América - seu time de coração -, Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo). Ao final, o do Flamengo conquistou indiscutível gosto popular. O programa contava com a participação do "Trioo de Osso", integrado por Héber de Bôscoli, Iara Sales e Lamartine, e seguiu no ar até 1956, ano de falecimento de Héber.

Gravado pela primeira vez por Gilberto Alves, em 1945, o hino "popular" é o mais conhecido: o que canta as glórias do clube; e responsável por imortalzar os dizeres "Uma vez Flamengo, sempre Flamengo."


O HINO POPULAR - "UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO !!!"

Autor: Lamartine Babo

Uma Vez Flamengo
Sempre Flamengo
Flamengo sempre eu hei de ser
É o meu maior prazer, vê-lo brilhar
Seja na terra, seja no mar
Vencer, vencer, vencer
Uma vez Flamengo,
Flamengo até morrer
Na regata ele me mata,
me maltrata,
me arrebata de emoção no coração
Consagrado no gramado
Sempre amado
Mais cotado nos Fla-Flus
É o ai Jesus
Eu teria um desgosto profundo
Se faltasse
O Flamengo no mundo
Ele vibra, ele é fibra, muita libra,
já pesou
Flamengo até morrer, eu sou.


Mascote
____________________________________________________________________________________

O primeiro mascote do Flamengo foi o marinheiro Popeye, personagem de quadrinhos na década de 40, e posteriormente de desenhos animados. A ideia para o mascote partiu do chargista argentino Lorenzo Mollas, que viu no Popeye a força e a persistência do Flamengo, além de sua óbvia ligação com o mar. No entanto, não havia ainda uma verdadeira identidade entre o mascote e o clube.

Na década de 60, as torcidas rivais, como forma de provovação, chamavam os torcedores do Flamengo de "urubus". Era uma forma de ridicularizar uma torcida popular, formada em sua maioria por afrodescendentes e pessoas de baixa renda. Mas um grupo de torcedores rubro-negros decidiu subverter a provocação e levar um urubu para o Maracanã no dia de um Flamengo x Botafogo. A ave foi solta, voou sobre com uma bandeira do Flamengo presa ao corpo e pousou no gramado antes do jogo começar. Foi o bastante para a torcida fazer a festa, vibrar e gritar: "é urubu, é urubu!".

O Flamengo venceu o jogo por 2 a 1 e quebrou o tabu de nove jogos sem vitória sobre o rival. A partir daí, o novo mascote consagrou-se. Cartunista rubro-negro, Henfil tratou de humanizá-lo em suas charges esportivas em jornais e revistas, e desde então o urubu tornou-se um mascote popular.

O jogo da consagração do novo mascote:
Flamengo 2 x 1 Botafogo (RJ)
Campeonato Carioca, 2° turno
01/06/1969 - Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
Time: Dominguez, Murilo, Guilherme, Onça, Paulo Henrique, Liminha, Rodrigues Neto, Doval, Dionísio, Luís Claudio e Arilson
Gols: Arilson e Doval


Bandeira
____________________________________________________________________________________

O pavilhão do Flamengo é constituído por um retângulo com doze listras horizontais, alternadas em vermelho e preto, e um campo preto, no canto superior esquerdo, contendo uma âncora, dois remos cruzados em diagonal e as letras CRF, em vermelho.

image

Escudos
____________________________________________________________________________________

Com a criação da seção de desportos terrestres do Flamengo, em 24 de dezembro de 1911, o clube passou a adotar dois diferentes símbolos: um ligado aos esportes aquáticos, que representa o clube de uma forma geral, e outro aos esportes terrestres, como futebol, basquete e vôlei. Ambos foram sendo tendo seus estilos alterados com o passar dos anos.

CADASTRE-SE AGORA!

JÁ TENHO CADASTRO

NOTÍCIAS





Nossos patrocinadores:

Global Partnership:



Apoio:

Parceiros:



Clube de Regatas do Flamengo

Avenida Borges de Medeiros, 997 - Lagoa - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - CEP 22430-041 - Tel.: 21-2159-0100
CT George Helal - Estrada dos Bandeirantes 25.997 - CEP 22785-275 - Vargem Grande - Rio de Janeiro

desenvolvido por