Facebook Twitter Instagram Instagram Instagram

Palavra do Presidente

O maior programa de sócio-torcedor do Rio


Caros amigos rubro negros,

É com prazer que volto a me dirigir aos sócios do Flamengo para comentar os fatos mais relevantes que têm marcado nossa atuação.

Como já foi exaustivamente reportado, nossa principal preocupação continua a ser a administração das finanças do clube, extremamente fragilizadas desde que assumimos o Flamengo em janeiro último, e suas conseqüências no desempenho esportivo de nossas equipes e no bem estar dos frequentadores do clube.

A duras penas e graças às medidas de ajuste que vêm sendo adotadas, temos conseguido manter em dia os pagamentos dos impostos e da folha dos funcionários e atletas.

Embora consideremos que tal prática representa tão somente a obrigação de qualquer administrador, é gratificante constatar a satisfação que a política de austeridade e responsabilidade proporciona aos sócios e torcedores do Flamengo, que entendem que este é o único caminho para a recuperação da credibilidade da instituição.  

Neste mês de julho concluímos as obras do estacionamento e temos certeza que os sócios passarão a dispor de mais conforto e facilidades no seu uso. A instituição da  cobrança pelo estacionamento corrigirá distorções hoje existentes e contribuirá para minimizar o ainda elevado déficit de caixa associado à operação do Fla-Gávea.

Na área esportiva, não há como não destacar a sensacional conquista de nossa atleta Fabiana Beltrame, que se sagrou campeã na prova de Skiff Peso-Leve da etapa de Lucerna da Copa do Mundo de Remo.

Merece registro também o esforço que vem sendo empreendido pelas Vice-Presidências de Esportes Olímpicos, Remo, Futebol e Patrimônio na elaboração de projetos para captação de recursos de incentivos fiscais, que nos possibilitarão em breve atingir o objetivo da auto-sustentabilidade financeira.

Na área patrimonial, tivemos a excelente notícia da confirmação pela Prefeitura do Rio de Janeiro do aporte da verba a ser aplicada na continuidade das obras do Centro de Treinamento. Tais valores, somados a outras fontes já definidas, nos permitirão concluir o módulo do CT destinado aos atletas profissionais.

Graças à obtenção e manutenção das Certidões Negativas de Débito, teremos também condições de captar recursos incentivados para aplicação no módulo do CT que será dedicado aos atletas da base e, assim, investir na atividade que, a meu ver, apresenta a melhor relação custo-benefício possível na área esportiva, que é o alcance da excelência na formação de atletas.

No futebol, gostaria de destacar o espetacular sucesso financeiro da iniciativa de promover algumas partidas do Campeonato Brasileiro no Estádio Mané Garrincha em Brasília, o que reafirma a força da torcida do Flamengo na capital federal. Temos plena certeza de que o sucesso obtido em Brasília certamente poderá ser replicado em todo território nacional.

Com relação às negociações com o Consórcio Maracanã, finalmente conseguimos chegar a um acordo provisório segundo o qual jogaremos a maioria de nossos jogos no Maraca até o final de 2013 e compartilharemos com a concessionária do estádio todo o resultado financeiro apurado na operação dos nossos jogos. 

É importante destacar que não foi assinado nenhum contrato; trata-se apenas de um acordo à semelhança dos que foram fechados com o Governo do Distrito Federal para os jogos em Brasília, com o Botafogo, para a utilização do Engenhão este ano e com a Prefeitura de Uberlândia para a realização do amistoso com o São Paulo no Parque do Sabiá.

O entendimento com o Consórcio Maracanã nos permitirá uma avaliação mais precisa dos detalhes ligados à operação do estádio e a negociação em bases mais sólidas das condições de um possível contrato de longo prazo com a concessionária, que atenda integralmente às expectativas dos rubro negros e que possa ser apreciado pelo  Conselho Deliberativo do Flamengo.
  
Para finalizar, gostaria de mais uma vez agradecer aos sócios do clube que participam do Programa Nação Rubro Negra, nosso programa de sócios torcedores. Nosso programa, apesar de ter sido lançado há menos de 4 meses, hoje já é o maior do Rio de janeiro,  o quinto maior do Brasil em número de adesões e cada vez mais se firma como uma fonte importante e segura de recursos para a recuperação das nossas finanças e para o fortalecimento da nossa equipe de futebol.
 
Saudações rubro-negras,

Eduardo Bandeira de Mello

Tags relacionadas:


Compartilhe: