Libras

Notícias

Flamengo estreia no Campeonato Carioca contra o Niterói fora de casa

Mais Querido abre a temporada com foco em manter hegemonia que já dura 13 anos no Rio de Janeiro

Por - em
O Orgulho da Nação está preparado para a sua primeira competição oficial na temporada 2019/2020. Neste sábado (31), o Rubro-Negro irá enfrentar o Niterói, às 18h30, no Ginásio do Instituto Abel, em jogo válido pela rodada de abertura do Campeonato Carioca de Basquete. 

No último ano, as equipes se enfrentaram quatro vezes pela mesma competição. Em todos os duelos (dois na fase de classificação e dois na semifinal), o Flamengo saiu de quadra vitorioso: 100x36, 89x56, 97x38 e 113x55.

Campeão em 2018, o treinador Gustavo de Conti falou sobre o período de treinamentos e destacou a importância do Carioca:

“Estreia é sempre importante. Nosso time mudou bastante da temporada passada pra cá, e a gente está com muita vontade de jogar. Esse primeiro jogo veio numa hora boa, porque nós já descansamos bastante e treinamos. Mesmo com três times na competição, estamos motivados.”

Formato de disputa

O torneio será disputado em turno e returno, com as equipes se enfrentando dentro e fora de casa. Depois, os dois melhores avançam para a final, que vai ser disputada em melhor de três jogos. As datas já estão definidas (26/09, 29/09 e 01/10).

Lista de relacionados

O técnico Gustavo de Conti não poderá contar com Marquinhos, que está com a Seleção para a disputa do Mundial da China.

Armadores: Franco Balbi, Deryk Ramos e Pedro Nunes
Alas-armadores: Zach Graham
Alas: Jhonatan Luz
Alas-pivôs: Léo Demétrio, Leron Black e Olivinha
Pivôs: Rafael Mineiro

Cobertura nas redes sociais
  
Você pode acompanhar o tempo real da partida nas redes sociais oficiais do Time Flamengo, usando a hashtag #TimeDeTradição. Siga no Twitter e no Instagram, e curta nossa página no Facebook.

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – BRB, TIM, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.