Libras

Notícias

Flamengo vence o Botafogo e fica a uma vitória da final do NBB

Mais Querido cresce no terceiro quarto e passa pelo rival por 81 a 69 no Tijuca Tênis Clube

Por - em

Deu Flamengo mais uma vez. Atuando em um Tijuca Tênis Clube lotado de rubro-negros, o Flamengo venceu o Botafogo por 81 a 69, nesta quinta-feira, e abriu 2 a 0 na série semifinal. O Mais Querido está a uma vitória da decisão do Novo Basquete Brasil. 

O armador Deryk foi o cestinha do Flamengo da partida com 19 pontos, Rafael Mineiro fez um duplo-duplo (13 pontos e 10 rebotes) e Balbi foi eleito o melhor jogador em quadra. Flamengo e Botafogo voltam a se enfrentar no sábado, no Tijuca, às 14h. Na outra semifinal, Franca vai vencendo o Mogi também por 2 a 0 e pode fechar a série na próxima partida.


O jogo

O primeiro quarto começou com muita força do Flamengo, principalmente pelo desempenho de Deryk Ramos, que converteu oito pontos em oito tentados nos primeiros dez minutos. Mesmo se saindo bem no ataque, o Rubro-Negro viu o Botafogo começar a acertar, colando no placar e não deixando que a desvantagem ficasse grande. Seguindo desta forma, o placar ficou em 23 a 16.

O alvinegro largou melhor no segundo período. Mesmo com boas jogadas de Jhonatan Luz, o Mais Querido viu o adversário se aproximar com boas jogadas e cestas de três. Com pouco mais de quatro minutos no relógio, o confronto ficou empatado pela primeira vez. Desta forma, os times duelaram ponto a ponto, mas o Botafogo saiu com dois pontos a mais no intervalo: 38 a 40.

A partida continuou da mesma forma nos minutos seguintes. Seguindo com o que era esperado, o confronto foi uma batalha durante todo o tempo, com muita entrega dos dois lados. Acertando mais, o Fla ainda virou a partida e assumiu a ponta, saindo para o último quarto com 61 a 54 no marcador.


Vendo o Botafogo cometer alguns erros, o Rubro-Negro pôde controlar melhor a vantagem, mas sempre com cautela. O embate ficou cada vez mais pegado, com muitas faltas e brigas pela posse de bola, aumentando ainda mais o apoio da Nação nas arquibancadas e a raça em quadra. Jogando melhor, o Flamengo conseguiu conquistar mais uma vitória, desta vez por 81 a 69, e abriu 2 a 0 na série semifinal.