Libras

Notícias

Clipp 17/julho

Noticiário do Flamengo na midia

Por - em

O Globo

Flamengo apresenta dois reforços que já chegam com status de titular

Camisas revelam: Ibson usará a 7 e Cristian já herdou a 5 de Paulinho

Numa balbúrdia quase circense, com torcedores se atropelando para tirar fotos e pegar autógrafos sem a menor cerimônia ou civilidade, o Flamengo apresentou ontem seus mais novos reforços para o Brasileiro. Embora ainda precisem confirmar suas condições físicas atuais, Ibson e Cristian já chegaram à Gávea com indiscutíveis sinais de status de que já são titulares.

Cria da casa, voltando à Gávea para retomar a trajetória interrompida em 2005, Ibson exibia com orgulho a camisa 7, que Obina gentilmente concordou em lhe ceder.

- Fiquei no Flamengo dos nove aos 21 anos, comecei como ponta-direita. Espero ser feliz novamente - disse Ibson, que como profissional fez 77 jogos e 11 gols pelo rubro-negro, onde viveu momentos de aflição. - A situação é diferente da que vivi em 2004. A pressão era grande e o tempo curto. Agora, o Brasileiro ainda está no começo.

Já Cristian, de 24 anos, mais um mineiro no elenco do Flamengo, tinha nas costas a camisa personalizada número 5, o que confirma o adeus de Paulinho, que está de saída para o futebol israelense, na quinta-feira, contra o Paraná, em Uberlândia.

- Minha situação estava complicada no Atlético-PR e preferi sair. Espero me sair bem nesse desafio que é jogar no Flamengo - disse Cristian, trocado por Claiton até o fim do ano, com transferência fixada em US$500 mil.

Com os últimos reforços - além dos dois o clube contratou Roger e o argentino Maxi - o técnico Ney Franco não tinha a menor dúvida:

- Volto a dizer que o elenco do Flamengo é bom. A diretoria está reforçando o time e só resta à comissão técnica mostrar um trabalho de qualidade capaz de tirar a equipe da situação em que se encontra no Brasileiro.

A qualidade do grupo melhorou ainda mais com a volta de Renato Augusto, autor do gol da vitória dos titulares no coletivo de ontem de tarde. Segundo ele, qualidade foi o que parece ter faltado à seleção brasileira sub-20, eliminada do Mundial do Canadá por Portugal.\ - Não vou dizer o que aconteceu. Mas também não vou dizer que não aconteceu nada.\

Jornal dos Sports

Renato Augusto volta para jogar

Ao retornar do Canadá, apoiador diz que o time precisa sair rapidamente da zona da degola

Leo Schabbach e Thiago Bokel

Renato Augusto treina na Gávea e afirma estar ansioso para vestir a camisa do Flamengo contra o Paraná, em Uberlândia, quinta-feira

Depois de ficar fora da equipe por três jogos - contra Internacional, Atlético-MG e São Paulo - por ter disputado o Mundial Sub-20 pela Seleção Brasileira, o apoiador Renato Augusto finalmente voltará a atuar com a camisa rubro-negra.

Apesar de não ter apresentado um bom futebol na Seleção, foi eliminada precocemente do Mundial, o jogador não se mostrou abalado e chamou para si a responsabilidade de substituir o capitão e ídolo Renato, que recentemente deixou a Gávea.

“É importante vencermos o Paraná. Quero a vitória, pois, conquistando os três pontos, ganharemos fôlego para a dura seqüência de jogos que iremos enfrentar. Sempre me senti responsável, esta é a minha característica”, afirmou o jogador.

Após o treino de ontem, o técnico Ney Franco comemorou a volta de Renato Augusto e deixou transparecer ser grande a possibilidade do jogador estar em campo contra o Paraná desde o início da partida. Não é à toa que o meio-campo da equipe principal no coletivo de ontem foi formado por Jaílton, Paulinho, Léo Medeiros e Renato Augusto, que marcou o gol da vitória, por 1 a 0, dos titulares.\ Além da expectativa para o jogo de quinta, a jovem revelação rubro-negra também comentou sobre os reforços que chegaram recentemente ao clube e se mostrou muito otimista, afirmando que, em breve, o Flamengo estará entre os dez melhores colocados do Brasileiro.\

“Com os jogadores que chegaram, temos tudo para sair logo da zona de rebaixamento. Acredito que em quatro ou cinco rodadas estaremos entre os dez primeiros colocados da competição”, profetizou Renato Augusto, que ainda fez um comentário sobre a má campanha da Seleção Sub-20, deixando uma ponta de desconfiança no ar.

“Todos nós queríamos sair de lá campeões, mas não conseguimos os resultados em campo. Não vou dizer o que aconteceu, mas não vou dizer que não tenha acontecido nada. Caberá às pessoas da Seleção resolverem isso. Minha cabeça está só no Flamengo agora”, afirmou.

Cristian e Ibson são apresentados na Gávea

Wallace Teixeira/JS

O cabeça-de-área Cristian (E) e Ibson demonstram empolgação ao vestirem a camisa do Flamengo durante a apresentação no clube

O Flamengo continua se reforçando para o restante do Campeonato Brasileiro. Ontem foram apresentados no auditório Rogério Steinberg os meio-campistas Ibson e Cristian. O primeiro já tinha sido anunciado quinta-feira passada, enquanto o segundo veio numa troca com o Atlético-PR, que resultou na ida do apoiador Claiton para Curitiba.

“São dois jogadores que eu conheço muito bem e vieram num momento de reestruturação do grupo. Para termos uma equipe competitiva é necessário contar não apenas com um time, mas com opções de reposição”, afirmou o treinador.

Ibson chegou ao Rubro-Negro ainda criança, quando tinha apenas nove anos. No início de 2005, ao completar 12 anos no clube, se transferiu para o Porto, de Portugal. Agora, ele espera reviver os momentos felizes que teve durante a primeira passagem no clube.\ “Quando o meu pai me falou que o Flamengo estava interessado na minha volta, fiz de tudo para retornar. Lembro quando deixei a Gávea ter dito que se voltasse ao Brasil seria para jogar no Flamengo. Cheguei aqui muito jovem e fui muito feliz. Espero, nesta segunda passagem, repetir aqueles bons momentos”, disse o jogador.\

Já o cabeça-de-área Cristian, apesar de não ter raízes no Flamengo, jogou por dois anos num clube rubro-negro. A diferença entre o Atlético e o Flamengo ele sentiu no momento em que entrou no auditório. O jogador acertou até o fim de 2007 e tem 50% dos seus direitos federativos estipulados em US$ 500 mil.

“Jogar num clube do tamanho do Flamengo não é para qualquer jogador, minha ficha demorou a cair. Quando entrei hoje aqui, fiquei impressionado como estava cheio, isso me deixou muito feliz”, explicou Cristian.

Roger treina pela primeira vez no Fla

A novidade no treino do Flamengo ontem, na Gávea, foi a presença do apoiador Roger, que teve de manhã o primeiro contato com os novos companheiros. Ele aprimorou a forma física com o preparador Geraldo Fabian, que gostou do que viu.

“Roger se cuida muito e é um bom profissional. Ele treinou à parte no Corinthians por um bom tempo e estava parado há apenas uma semana. Fizemos uma avaliação e haverá um outro período de treinos, duas vezes ao dia. Na próxima segunda-feira o examinaremos e, se tiver condições, será liberado para treinar”, disse Fabian.

A última partida de Roger este ano foi no Campeonato Paulista, em abril, quando jogava no Corinthians. A comissão técnica está otimista com a hipótese de contar com ele dia 29 de julho, quando Flamengo enfrentará o ex-clube do jogador, no Pacaembu.\ A situação do apoiador está regularizada, mas ele não embarcará para Uberlândia nem para Porto Alegre, quando o Flamengo enfrentará o Grêmio, domingo, no Olímpico. Quem poderá ficar à disposição para esta partida é o cabeça-de-área Cristian, apresentado ontem.\

Souza aceita punição de dirigente

O atacante Souza, que abandonou o jogo-treino do Flamengo contra o Olaria no último sábado, foi multado em 20% do salário. Ele aceitou a punição sem reclamar e aproveitou para reconhecer ter agido mal na ocasião.

“Foi tudo resolvido e pedi desculpa à comissão técnica e ao Isaías (Tinoco, supervisor de futebol). No clube há normas e tenho de respeitá-las”, disse o jogador, para depois admitir que deveria ter agido com mais calma. “Eu deveria ter esperado o treino acabar para conversar. Tive uma atitude precipitada ”, emendou.

O atacante ainda comentou o longo período sem marcar gols pelo qual vem passando. Desde a final do Campeonato Carioca, contra o Botafogo, no dia 6 de maio, Souza está sem fazer gols pela equipe rubro-negra. Ao todo, ele disputou três dos oito jogos do Flamengo no Campeonato Brasileiro.

“Já participei de três jogos e ainda não marquei gol. A cobrança virá, mas estou tranqüilo quanto a isso. Não tive uma boa seqüência ainda e tenho certeza de que contra o Paraná vou voltar a balançar a rede”, afirmou o atacante.

Sergio Du Bocage

Taí O Que Você Queria

Tudo de bom

Sergio du Bocage bocage@jsports.com.br

Roger e Ibson no Flamengo, em lugar de Renato e Claiton. Nem dá para acreditar. Com Renato Augusto um pouco recuado, o time terá um meio-de-campo respeitável. Desde que, é claro, Roger seja aquele jogador que esperamos. Creio que, agora, só falta um zagueiro, pois os que andam pela Gávea ainda não conquistaram a confiança do time, nem da torcida. Mas a direção do Flamengo está de parabéns pelo que fez nesta última semana.

O Dia

Fla: Após discussão, Souza é multado em 20% do salário

Rio - A diretoria do Flamengo multou o atacante Souza em 20% do seu salário. Na sexta-feira, o jogador levou dois amigos para o treino do clube no Ninho do Urubu. Como é proibido levar amigos para o treinamento, Souza foi repreendido, acabou discutindo com o supervisor Isaías Tinoco e deixou o treino.

Na manhã desta segunda-feira, Souza disse que a situação está resolvida. "Foi um mal entendido. Pedido desculpas para os companheiros e o Isaías. Fiz uma coisa que não era para ter feito. Recebi tranqüilo essa multa", disse.

Souza afirmou que espera voltar a marcar gols. "O campeonato pra mim começou agora. Só joguei três jogos e espero contra o Paraná pegar meu ritmo e voltar a marcar gols".

Gazeta Esportiva

Ibson e Cristian se apresentam na Gávea\ Gazeta Press\

Rio de Janeiro (RJ) - Os meias Ibson, emprestado pelo Porto, e Cristian, trocado por Claiton com o Atlético Paranaense, apresentaram-se na tarde desta segunda-feira ao Flamengo, na sede da Gávea. O evento contou com a presença de vários torcedores.\ Revelado nas categorias de base do Rubro-negro, Ibson comparou o atual momento ao que ele deixou, no ano passado, quando foi negociado após a conquista da Copa do Brasil. “Estou preparado para este desafio e espero poder voltar a jogar bem pelo clube. Não há diferença entre o clube que eu deixei e o atual, apenas a mudança de jogadores. Por isso acredito que vamos conseguir subir na tabela e ajudar muito o time nesta temporada. Volto mais maduro, pois aprendi a ter mais sucesso num futebol de contato e a ter mais paciência”, analisou.\

Por sua vez, Cristian revelou que trabalhou muito para conseguir a sua liberação junto ao Furacão. “Quando o meu procurador me ligou e disse que poderia jogar no Flamengo, fiquei eufórico. Claro que o Atlético Paranaense é um clube de massa, mas não como o Flamengo. Quero muito aproveitar essa chance” comentou o atleta, que foi campeão da Copa do Brasil de 2005 pelo Paulista.

Cristian viaja com a delegação nesta terça-feira para Uberlândia (MG), onde na quinta-feira o time enfrenta o Paraná no Estádio Parque do Sabiá, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mas, por questões burocráticas, ele só terá condições de encarar o Grêmio no fim de semana. Ibson só poderá atuar em agosto pó se tratar de uma transferência internacional. Já a documentação do goleiro Bruno chegou ao clube na tarde desta segunda-feira e ele está livre para enfrentar o Paraná.

Renato Augusto revela problemas internos no Mundial sub-20\ Gazeta Press\

Rio de Janeiro (RJ) - De volta ao Flamengo, o meia Renato Augusto evitou criar polêmicas em relação ao que aconteceu em território canadense, onde a seleção brasileira sub-20 foi eliminada nas oitavas-de-final do Mundial da categoria.\ Mas o jogador deixou escapar que existiram problemas de relacionamento durante a competição. O meia garantiu que não ficou chateado por ter sido barrado pelo técnico Nelson Rodrigues no meio da competição. O treinador optou pela entrada do meia corintiano William.\

“Não vou ficar nunca chateado, pois quem entrou é meu amigo e falo com ele até hoje. O que houve lá é problema nosso, coisa dos jogadores e da comissão técnica”, disse Renato Augusto.

Nesta volta ao Flamengo ele encontrou caras novas no clube, como os meias Íbson e Roger e o atacante argentino Max Biancucchi. O jogador ficou empolgado com as novas contratações.

“São grandes jogadores, experientes e rodados. O Flamengo só tem a ganhar com a chegada deles e sair o mais rapidamente possível da zona de rebaixamento, que nunca pode ser o lugar do Flamengo”, disse Renato Augusto.

Souza se desculpa, mas não escapa de multa no Flamengo\ Gazeta Press\

Rio de Janeiro (RJ) - O atacante Souza apareceu na manhã desta segunda-feira na Gávea e concedeu uma entrevista coletiva para esclarecer os episódios do último sábado, quando ele abandou o jogo-treino contra o Olaria, que disputa a Segunda Divisão do Campeonato Carioca, antes mesmo da atividade começar porque alguns amigos foram barrados pela comissão técnica do Flamengo, uma vez que o técnico Ney Franco não queria a presença de torcedores. O atleta se desculpou com todos os presentes no treinamento.\ “Só tenho que me desculpar e fiz isso. Para mim esse assunto está superado, pois conversei normalmente com o Isaías Tinoco (supervisor do departamento de futebol). Agora é bola pra frente e pensar nos próximos jogos do Flamengo no Campeonato Brasileiro”, disse Souza.\

Multado em 20% dos salários pela diretoria, Souza disse que aceita a punição imposta pelo clube sem nenhum tipo de constrangimento. “Aceito a multa normalmente, pois tinha ciência de que não poderia entrar ninguém no clube”, disse Souza, que estava de bom humor e brincou ao dizer que vai repassar o prejuízos aos seus amigos que tentaram acompanhar o jogo-treino.

Sem muitas opções, Ney Franco vai escalar o jogador no próximo compromisso do Flamengo no Campeonato Brasileiro, marcado para esta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador disse que está à disposição e que pretende ajudar o time a deixar a zona de rebaixamento da competição.

“Creio que na quinta-feira vamos começar a subir na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, como a torcida espera. Quero voltar ao meu ritmo ideal contra o Paraná Clube e se Deus quiser conseguir balançar as redes adversárias”. afirmou Souza. Quem também apareceu na Gávea nesta segunda-feira pela manhã foi o meia Roger, que treinou forte, mas que não terá condições de encarar o Paraná Clube. Na segunda-feira que vem ele será reavaliado para saber quando poderá jogar de forma oficial pelo Rubro-Negro. Roger não quis conversar com os jornalistas.

Sobre o time que vai a campo, Ney Franco confirmou que o anúncio só sai após o treino desta terça-feira. Rodrigo Arroz e Thiago Gosling devem formar a zaga, pois Irineu e Ronaldo Angelim estão suspensos. De volta da seleção brasileira sub-20 que fracassou no Mundial da categoria, no Canadá, o meia Renato Augusto reaparece no setor e o time deverá formar com: Bruno, Leonardo Moura, Rodrigo Arroz, Thiago Gosling e Juan; Paulinho, Jaílton, Leo Medeiros e Renato Augusto; Leonardo e Souza.

O meia Cristian, que foi trocado por Claiton com o Atlético-PR, poderá ficar como opção no banco de reservas caso a sua documentação seja regularizada a tempo na CBF. O jogador já realizou exames médicos na Gávea nesta segunda-feira e assinou contrato. “O Cristian é um jogador que chega para somar ao nosso grupo e pode desempenhar várias funções no meio-de-campo, o que é positivo”, disse Ney Franco.

PeléNet'

Léo Moura garante escalação e Ney Franco define Flamengo

Vinícius Barreto Souto

Recuperado de um estiramento na coxa direita, o lateral-direito Leonardo Moura treinou normalmente nesta segunda-feira, na Gávea, e garantiu sua escalação no jogo da próxima quinta-feira contra o Paraná, em Uberlândia-MG, pelo Campeonato Brasileiro. Com isso, o técnico Ney Franco definiu a equipe que entrará em campo na partida, válida pela 12ª rodada.

"O Léo Moura treinou bem. Se não tiver nenhum problema até o dia da partida, retorna à equipe. O time está praticamente definido, é esse que treinou hoje [segunda-feira]", confirmou Ney Franco.

De fato, Leonardo Moura provou estar recuperado. Nesta segunda-feira, o lateral - que treinou pela primeira vez após recuperar-se da lesão - movimentou-se com desenvoltura no coletivo, que foi disputado com o campo bastante pesado pela chuva.

"Fiquei até preocupado em dar um chute mais forte por causa do tempo parado, mas o trabalho com o pessoal da fisioterapia foi muito bem feito. Estou 100%. Não senti nada mesmo na chuva, com o campo pesado e um coletivo bem disputado. Foi um bom teste", afirmou.

O time que participou do treino e deverá entrar em campo contra o Paraná foi escalado da seguinte forma: Bruno; Leonardo Moura, Rodrigo Arroz, Thiago e Juan; Jaílton, Paulinho, Léo Medeiros e Renato Augusto; Leonardo e Souza. Os titulares derrotaram os reservas no coletivo por 1 a 0, gol de Renato Augusto.

Obina fica no banco\ Após o treino, o técnico Ney Franco também confirmou que o atacante Obina ficará no banco de reservas diante do Paraná. Assim, o jogador pode voltar a atuar após quase cinco meses afastado em decorrência de uma grave lesão no joelho esquerdo.\

"A tendência é o Obina ficar no banco. Temos de ter cautela, treino é diferente de jogo. Vamos guardá-lo para o segundo tempo, aproveitando que o adversário estará mais cansado", disse o treinador.

Roger treina pela primeira vez

Apresentado como reforço do Flamengo na última sexta-feira, o meia Roger treinou pela primeira vez no clube rubro-negro nesta segunda. Como não atua há mais de dois meses, o jogador apenas deu algumas voltas em torno do gramado da Gávea para recuperar a forma física.

Técnico e dirigente do Flamengo elogiam Cristian

Vinícius Barreto Souto

Ao contrário de Ibson, o volante Cristian foi apresentado nesta segunda-feira como reforço do Flamengo sob a desconfiança da torcida, principalmente porque grande parte da torcida não o conhece. No entanto, pelo menos na opinião do técnico Ney Franco e do vice-presidente de futebol do clube, Kleber Leite, o atleta tem tudo para surpreender.

Durante a apresentação oficial do jogador, o dirigente projetou: "Tenho certeza que a torcida também vai se apaixonar por ele [Cristian]".

O técnico Ney Franco fez eco aos elogios. "O Cristian não é novidade. Conheço ele muito bem, desde as categorias de base [do Cruzeiro]. É um volante que tem qualidade na saída de bola e um bom chute", contou.

Tímido, Cristian foi sucinto ao se auto-definir e confirmou a análise feita por Ney Franco."Tenho facilidade para chegar na área e finalizar. Faço as duas funções, tanto de primeiro como de segundo volante", disse.

Cristian tem 24 anos e estava no Atlético-PR. Antes de defender o time de Curitiba, atuou pelo Paulista, clube pelo qual foi campeão da Copa do Brasil de 2005.

O jogador assinou contrato de empréstimo com o Flamengo até o final deste ano, envolvido em uma troca com o volante Claiton. Ao final do compromisso, o clube carioca tem a opção de adquirir 50% dos direitos econômicos do atleta por U$S 500 mil.

Flamengo apresenta os volantes Ibson e Cristian

Vinícius Barreto Souto

Três dias depois de anunciar o meia Roger, o Flamengo apresentou oficialmente mais dois reforços para a seqüência do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, foi a vez dos volantes Ibson e Cristian chegarem à Gávea.

Jogador revelado pelo Flamengo, Ibson retorna ao time rubro-negro dois anos e meio depois de deixar a equipe em alta rumo ao Porto-POR. Por isso, o volante de 23 anos mostrou-se muito contente com a sua volta ao clube.

"Cheguei aqui com nove anos e saí com 21. Quando saí, disse que, se um dia voltasse ao Brasil, seria para o Flamengo, e não foi diferente. Fui muito feliz aqui durante estes anos e espero ser feliz de novo", afirmou Ibson, que foi emprestado de graça pelo Porto-POR ao Flamengo até junho de 2008.

"Infelizmente, tive problemas com o treinador. Tive outras propostas, mas quando meu pai me falou do interesse do Flamengo, quis voltar na mesma hora", continuou Ibson, que recebeu a camisa 7 das mãos do vice de futebol Kleber Leite.

Já Cristian mostrou-se deslumbrado com o novo clube. Tímido, o jogador de 24 anos - que veio do Atlético-PR por empréstimo até o fim do ano envolvido em uma troca com o volante Claiton - admitiu que até demorou a acreditar que terá a oportunidade de jogar pelo time mais popular do Brasil.

"Fiquei meio bobo na hora que soube [do interesse] até cair a ficha. Qualquer um sonha em vestir a camisa do Flamengo e eu não sou diferente. É o meu primeiro clube de massa. Quando entrei aqui, até me assustei com tanta gente. Mas é uma alegria enorme, espero ser feliz aqui", disse Cristian, que foi campeão da Copa do Brasil de 2005 pelo Paulista.

De acordo com o vice-presidente de futebol do Flamengo, Kleber Leite, o clube tem a opção de adquirir 50% dos direitos econômicos de Cristian por US$ 500 mil ao final do empréstimo.

Segundo o técnico Ney Franco, o jogador poderá fazer sua estréia no próximo domingo, contra o Grêmio, já que vinha atuando normalmente pelo Atlético-PR. "Se ele for regularizado a tempo, já será relacionado para o jogo", afirmou o treinador.

Já Ibson só poderá reestrear em agosto, quando será permitida a inscrição de jogadores que vieram de clubes do exterior. "E ele também está parado há um mês, não adianta lançar o jogador de qualquer forma. Mas quando ele tiver condição legal de atuar, já vai estar preparado", projetou Ney.

GloboEsporte

Ibson e Cristian são apresentados na Gávea

Reforços para o meio-de-campo chegam falando na alegria em defender o Rubro-negro

Rafael Cardoso Do GLOBOESPORTE.COM, no Rio de Janeiro entre em contato

Cristian e Ibson são apresentados sob os olhares e sorrisos satisfeitos de Márcio Braga e Kléber Leite

O Flamengo apresentou oficialmente nesta segunda-feira, na Gávea, mais dois reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro: Ibson, prata-da-casa que estava no Porto, e Cristian, volante que veio do Atlético-PR num troca-troca com Claiton. Os dois são volantes e foram contratados por empréstimo até o fim do ano.

O bom filho à casa torna

Ibson não escondeu a alegria por voltar a vestir a camisa do Flamengo, clube que o revelou para o futebol.

- Quando sai do Brasil há dois anos prometi para mim mesmo: se voltar ao país será para jogar no Flamengo. Cheguei em 2005 a Portugal e infelizmente tive problemas com o treinador. Quando chegou o convite do Flamengo para voltar, não pensei duas vezes. Vivi muitos anos aqui e fui muito feliz. Cheguei ao clube com nove anos e saí com 21. Espero ser feliz novamente - diz o meia, durante sua apresentação.

De acordo com o que havia sido combinado com Kléber Leite, Ibson usará a camisa 7, a mesma com a qual brilhou quando despontou no Flamengo.

Seduzido pelo manto rubro-negro

Ainda buscando o seu espaço no futebol brasileiro, Cristian, que conquistou a Copa do Brasil com o Paulista em 2005, chega sem preferência de número de camisa, mas com uma só certeza: esta é a grande oportunidade de sua vida.

- Quando meu empresário me contou sobre o interesse do Flamengo fiquei todo bobo. Demorou a cair a ficha. O Flamengo é um clube grande onde todos querem jogar. É o primeiro clube de massa em que jogo. Espero ser muito feliz aqui - torce o volante, de apenas 24 anos de idade.

Ibson: 'Essa camisa é paixão e raça'

De volta ao lar, volante elogia contratações e acredita que time está forte para o Brasileiro

Rafael Cardoso Do GLOBOESPORTE.COM, no Rio de Janeiro entre em contato

Ibson e Cristian vestem a camisa do Flamengo na Gávea

Quando saiu do Flamengo e foi para o Porto em 2005, Ibson deixou um grande número de amigos no clube e prometeu para si mesmo que um dia voltaria a vestir o manto sagrado. De volta ao seu lar, o volante diz que o ambiente no clube continua o mesmo.

- Quando fui para Europa, o Flamengo tinha excelentes jogadores e um excelente treinador. Volto ao clube e a situação não é diferente. Continuamos com um ótimo treinador e excelentes jogadores. Espero que o time se recupere e prove que essa camisa é paixão e raça - afirma o jogador.

Perguntado sobre o novo companheiro Cristian, que foi apresentado ao mesmo tempo que ele, Ibson não titubeou.

- Como dizem que ele é um excelente jogador, acredito ser um boa contratação. Além do mais ele veio do Atlético-PR, também é rubro-negro. Temos que trabalhar forte essa semana para estar logo em campo - encerra o volante.

Ney monta esboço do time que pega Paraná

Técnico escala no coletivo Souza e Leonardo no ataque titular. Obina treina como reserva

Das agências de notícias No Rio de Janeiro

Souza deve ser titular no ataque do Flamengo ao lado de Leonardo

No coletivo desta segunda-feira na Gávea, Ney Franco já mostrou um esboço do time que pretende armar para a partida do Flamengo contra o Paraná, nesta quinta-feira, em Uberlândia. O treinador montou a zaga com Rodrigo Arroz e Thiago. Leonardo Moura, que estava sendo poupado devido à lesão na coxa direita, volta para a lateral-direita e Juan fica na lateral-esquerda.

No meio-de-campo, uma surpresa: o técnico optou por Léo Medeiros em vez de Léo Lima. Além do jogador, Jaílton, Paulinho e Renato Augusto formam o setor.

No ataque, outra novidade: Souza fez dupla com Leonardo. Obina, em condições de jogo, treinou entre os reservas.

O recém-contratado do Flamengo, Roger, não treinou com os companheiros. O jogador fez apenas treino físico na academia. Enquanto isso, Íbson vestiu o uniforme de treino e se exercitou no campo, antes mesmo de ser apresentado, mas também não treinou com o grupo.

De bom humor, Souza aceita multa

20% mais pobre, atacante diz que os amigos terão de ficar do lado de fora a partir de agora

Rafael Cardoso Do GLOBOESPORTE.COM, no Rio de Janeiro entre em contato

Souza diz que tudo já foi esclarecido e não passou de um mal entendido\ Amigos, amigos, negócios à parte. A frase é antiga, mas continua tendo o seu valor, que o diga Souza, atacante do Flamengo. No sábado passado, ele abandonou o jogo-treino contra o Olaria, em Vargem Grande, porque seus amigos foram impedidos de acompanhar o time rubro-negro. Souza discutiu com o supervisor Isaías Tinoco, ainda em campo, e o ato de indisciplina terá conseqüências diretas no seu bolso .\

Nesta segunda, mais calmo e de bom humor, o atacante aceitou a multa e revelou que perderá 20% do seu salário. E como dinheiro faz falta e ninguém gosta de perder, o próprio Souza já avisou aos amigos: vão ficar do lado de fora a partir de agora.

- Já foi tudo resolvido e não passou de um mal entendido. Pedi desculpa a comissão técnica e ao Isaías. Aceito a multa. Aqui dentro existem normas e tenho que respeitá-las. Levaram um dinheiro meu, né? Mas tá tudo tranqüilo. Nunca tive problema com ninguém aqui. Era para eu ter esperado o treino acabar e depois conversar sobre isso. Tomei uma atitude que não foi legal. Agora vou deixar eles (os amigos) do lado de fora mesmo. Quem perde dinheiro no final sou eu e não eles - responde, sorrindo.

Roger treina pela primeira vez na Gávea

Novo reforço do Mengão para o Brasileiro deve ter condições de jogo daqui a duas semanas

Rafael Cardoso Do GLOBOESPORTE.COM, no Rio de Janeiro entre em contato

Apoiador vai aos poucos adquirindo condições para estrear pelo Fla\ No treino desta manhã, na Gávea, a principal novidade foi a presença do apoiador Roger, que pela primeira vez realizou atividades físicas com a camisa do Flamengo. O jogador fez um trabalho físico à parte, deu voltas em torno do gramado e foi avaliado pelos preparadores físicos do clube.\

Segundo o preparador Geraldo Fabian, Roger será submetido a outra avaliação daqui a uma semana e a expectativa é de que em duas semanas ele tenha condições de jogo. Para os mais otimistas, ele poderá estar em campo já contra o Santos, no dia 9 de agosto.

Roger não atua desde o dia 11 de abril. O apoiador não viajará para Uberlândia, local da próxima partida do Fla pelo Campeonato Brasileiro, quinta-feira, contra o Paraná.

A boa notícia para este jogo é o retorno de Renato Augusto ao meio-campo do Fla. O jogador voltou da seleção brasileira sub-20 sem apresentar nenhum problema físico e treinou normalmente com os demais companheiros.

Lance

Ney elogia reforços do meio-de-campo do Fla

Treinador diz que Ibson só poderá jogar quando estiver 100%

LANCEPRESS!\ O técnico Ney Franco, do Flamengo, elogiou os dois reforços apresentados na tarde desta segunda-feira na Gávea, Ibson e Cristian. Segundo ele, é importante ter muitas opções para poder montar uma equipe competitiva. A chegada dos dois jogadores eleva a qualidade do meio-de-campo do Flamengo, que na opinião do treinador, pode ser considerado muito bom.\

- O Flamengo está em um momento de reestruturação. Quando era técnico do Cruzeiro enfrentei o Ibson nas categorias de base várias vezes e sei que é um jogador de muito talento, que não deve ser lançado de qualquer maneira. Só vai entrar quando estiver bem. O Cristian eu já acompanho há muito tempo. Estou feliz com os reforços - disse o treinador rubro-negro.

Para Ney Franco, os dois novos reforços têm uma característica em comum. Ambos são volantes que saem para o jogo, o que é muito bom para a equipe.

O novo volante rubro-negro disse que, quando soube do interesse do Flamengo, demorou para cair a ficha e que espera ter muita alegria jogando pela equipe rubro-negra.

- O Flamengo é um clube diferente, quando não vai na técnica, vai na raça. É o primeiro clube de massa em que jogo. Todos querem jogar aqui e eu vim só para somar - disse Cristian.

Íbson está feliz por voltar ao Flamengo

Jogador quer usar o que aprendeu na Europa para ajudar o time a sair da zona de rebaixamento

Íbson está de volta ao lar. Em sua apresentação nesta segunda-feira na Gávea, o apoiador disse que sempre foi feliz no Flamengo e espera que desta vez não seja diferente. O jogador chegou ao clube quando tinha 9 anos e saiu aos 21 para jogar no Porto.

Disse ainda que gostou de atuar no clube português e que apesar dos problemas com o treinador, Jesualdo Ferreira, foi muito importante jogar em Portugal.

- Cheguei em Portugal em 2005 e fiz uma boa temporada. O futebol português é mais rápido do que o brasileiro e pouco cadenciado, com muito contato físico. Aprendi bastante e espero poder ajudar o Fla com essa experiência - disse.

O jogador revelou que teve outras propostas, mas quando seu pai lhe passou a do Flamengo não teve dúvidas para voltar a vestir a camisa 7 rubro-negra.

- A questão da camisa 7 é antiga. Quando eu cheguei aqui era ponta-direita e jogava com ela. Quando subi para o profissional continuei jogando com a 7. Foi um pedido que eu fiz e disseram que não havia problema.

O jogador faz parte do novo pacote de reforços que o Flamengo está preparando para o restante do Brasileiro. Na tarde desta segunda-feira, também foi apresentado o volante Christian, de quem Íbson espera muita raça para defender o Flamengo.

Devido ao longo tempo parado (um mês), Íbson prometeu treinar bastante para estar bem preparado quando Ney Franco quiser colocá-lo para jogar.

- O Fla tem uma das maiores torcidas do mundo e é minha casa. Não vejo a hora de voltar logo a jogar.

Reforços fazem surgir um novo Flamengo

Novas contratações dão esperança de bons ares para o rubro-negro

Roger chega para reforçar meio-de-campo do Fla no Brasileiro (Crédito: Ricardo Cassiano)

Rafael Ximenes e Rodrigo Benchimol

Um sopro de esperança reabriu o apetite do torcedor rubro-negro. Os nomes contratados pela diretoria trazem novas perspectivas para o Flamengo no Brasileiro. Com reforços como Ibson, Roger, Maxi Biancucchi e as voltas de Renato Augusto e Obina, o time ganha ares competitivos e reais possibilidades de almejar posições superiores na tabela.

Nem mesmo a saída de Renato, que era uma das principais referências dentro de campo, foi capaz de abafar a expectativa positiva que todos esses nomes trazem ao torcedor.

Se não fosse pela falta de segurança do sistema defensivo, cujos nomes ainda não conseguiram transmitir confiança, as novas possibilidades que o técnico Ney Franco ganhou ,somadas às antigas, têm potencial para tirar o time da famigerada zona de rebaixamento.

Além dos nomes citados, o Flamengo ainda conta com o goleiro Bruno, os laterais Leonardo Moura e Juan e os atacantes Souza e Leonardo. O otimista Ney Franco, porém, só terá todos à disposição a partir de agosto, quando Ibson estará regularizado no Brasileiro.

Depois de investir no começo do ano para montar um time competitivo para a disputa da Libertadores, a diretoria reformulou o elenco almejando vida nova.

– Evoluímos. Mas verborragia não funciona. Só vamos saber se isso tudo dará certo ou não de acordo com os resultados. Futebol não é uma ciência exata. Algumas apostas não dão certo. O que não podemos é deixar de continuar tentando – afirma o vice de futebol, Kléber Leite, que não descarta novas contratações.

A de um zagueiro, prioridade no discurso dos torcedores, está paralisada por enquanto. A diretoria chegou a negociar com um nome colombiano, mas não houve evolução no caso. A prioridade agora é organizar as novas peças.

Como diferentes ovos nas mãos, Ney Franco será o responsável por fazer o omelete. O cozinheiro que apostou em nomes como Juninho Paulista, Roni, Claiton e outros menos expressivos no início do ano volta a cair no lugar comum da dor de cabeça positiva para escolher o seu novo time titular.

– Não vou mexer na estrutura do time. Vou encaixar as peças e manter o 4-4-2 – diz Ney Franco, que só não pode errar no tempero.

Flamengo deve ter força máxima contra Santos

Reforços estão bem fisicamente e devem estrear no dia 5 de agosto

Rafael Ximenes e Rodrigo Mandarini

O preparador físico do Flamengo Geraldo Fabian disse que o técnico Ney Franco deve contar com força máxima já no dia 5 de agosto, quando o Rubro-Negro enfrentará o Santos, na Vila Belmiro. Esta será a primeira partida em que Ibson e Maxi, reforços internacionais, terão condições de jogar. A lei desportiva brasileira só permite a inscrição de jogadores vindos do futebol do exterior a partir de 3 de agosto.

- Se não houver nenhum imprevisto, o Ney Franco vai poder contar com todos. O Roger pode estrear ainda antes desse jogo - disse Fabian, lembrando do outro reforço de peso do Flamengo.

O argentino Maximiliano Biancucchi treinaria nesta segunda pela primeira vez com os companheiros. Porém, o jogador não apareceu no clube pela manhã. Na última segunda feira, Maxi foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um cisto no pescoço. Ele ficou em recuperação durante toda a última semana.

Preparador diz que condição física de Roger é boa

Reforço rubro-negro pode estrear contra seu ex- clube, o Corinthians

Rafael Ximenes e Rodrigo Mandarini

O preparador físico Geraldo Fabian aprovou a forma física do apoiador Roger, que fez seu primeiro treino no clube nesta segunda-feira, na Gávea. O jogador estava treinando no time B do Corinthians, mas não atua em uma partida oficial desde abril.

Geraldo comentou sobre a forma da nova estrela rubro-negra.

- Roger estava treinando à parte e ficou só uma semana parado. Estamos fazendo uma avaliação e ele realizará um outro período de treinamentos. Ele treinará em dois períodos a semana toda e na semana que vem será reavaliado para ver se será liberado para treinar com o grupo - disse.

Muitos jogadores chegam acima do peso quando ficam um tempo em inatividade, mas esse não é o caso de Roger segundo o preparador físico.

- Ele se cuida muito, é um grande profissional, está em condição boa. Ele ficou parado poucas semanas. Em duas semanas terá condições de jogo - afirmou.

Se a previsão de Fabian for concretizada, Roger pode estrear pelo Flamengo justo contra seu ex-time, o Corinthians, no Pacaembu, no dia 29 deste mês.

Reforços não vão viajar para Uberlândia

Time rubro-negro embarca para cidade mineira nesta terça-feira

Rafael Ximenes e Rodrigo Mandarini

O apoiador Roger e o argentino Maximiliano Biancucchi já foram apresentados ao Flamengo. Os próximos serão os volantes Ibson e Cristian. Porém eles não viajarão para Uberlândia, onde o time enfrentará o Paraná, quinta-feira, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Biancucchi e Ibson vieram de equipes do exterior, Sportivo Luqueño, do Paraguai, e Porto, de Portugal, respectivamente, e por isso só poderão jogar no dia 3 de agosto, quando a janela para o exterior se abre.

Já Roger ficará realizando treinamentos físicos esta semana na Gávea em dois períodos e pode estrear daqui a duas semanas, contra o Corinthians, no Pacaembu.

Cristian ainda não chegou ao Flamengo e dificilmente será inscrito a tempo da viagem. O time embarca para a cidade mineira nesta terça-feira às 12h45min.