Libras

Notícias

Clipp 25/maio

Por - em

O Globo

Fla ironiza choradeira alvinegra

Rubro-negro teme que juiz de domingo entre em campo pressionado

A choradeira do Botafogo por conta da eliminação na Copa do Brasil, na partida contra o Figueirense, acendeu o sinal de alerta na Gávea. O Flamengo passou a temer que o juiz do clássico de domingo contra o alvinegro (o paranaense Heber Roberto Lopes), de tanto ouvir ou ler as reclamações contra os erros da auxiliar Ana Paula Oliveira anteontem, entre em campo pressionado ou com pena do adversário. Com sua conhecida eloqüência, o vice de futebol Kleber Leite resolveu botar lenha na fogueira.

- Com tanta reclamação, parece que o mundo caiu e o Botafogo é um pobre coitado. O juiz acaba indo para o jogo coagido. Além de linda, a Ana Paula é muito competente e os lances que eles reclamam são complicados, discutíveis - ironizou Kleber, afirmando que não é contra mulheres na arbitragem. - Aqui no Flamengo, nós apreciamos o produto, não temos nada contra.

Jogadores e comissão técnica passaram ao largo dessa polêmica, preferindo abordar o estrago que a eliminação pode provocar no ânimo dos rivais. Claiton, que se livrou de dores musculares, acha que o emocional pesa muito num momento como o que seu ex-clube está vivendo, mas não acredita em abatimento.

- Enfrentamos um momento assim quando saímos da Libertadores, mas a vida continua. O emocional pesa muito nessa hora, mas não podemos entrar em campo achando que vamos ter um adversário abatido pela frente. Espero que eles se recuperem nas outras rodadas - disse Claiton.

O técnico Ney Franco tem opinião parecida com a do apoiador. Mas diz que o Botafogo continua sendo o favorito do clássico.

- Temos que nos mobilizar, sem ficar pensando se o adversário está abatido ou não. O Botafogo, apesar da eliminação, entra como favorito. O momento deles é melhor do que o nosso. Nós também sofremos uma eliminação e reagimos mal. Na estréia no Brasileiro, nosso time foi apático e perdemos para o Palmeiras. Cada time reage de um modo e não sei se o Botafogo vai se abater. Na minha opinião, o preparo físico vai fazer diferença e o time que mostrar mais força e errar menos tem mais chances de ganhar - avaliou Ney.

Após o coletivo no gramado encharcado da Gávea, sob insistente chuva, Ney ficou satisfeito com a vitória de 3 a 0 dos titulares e confirmou o time para domingo. Ele mantém o esquema 3-5-2 da vitória sobre o Goiás (3 a 1) e não muda a escalação.

Jornal dos Sports

Roni diz que deixa a Gávea feliz

Nina Lima/JS\ \ \ \ Roni satisfeito com sua passagem pela Gávea\ \ \ O Flamengo anunciou na tarde da última quarta-feira que o atacante Roni iria deixar o clube. A proposta do Cruzeiro foi aceita pela diretoria rubro-negra, que decidiu liberar o jogador para o clube mineiro. Roni, que não vinha agradando a nação flamenguista, disse que sentiu seu trabalho valorizado e está feliz por sair da Gávea com mais um título na carreira. \

”Graças a Deus tudo foi resolvido. A proposta partiu do Cruzeiro, fiquei muito feliz, pois isso mostra que meu trabalho, apesar de ter sido criticado, foi produtivo. Até porque sai daqui com mais um título no currículo”, disse Roni à Rádio Brasil.

O time da Gávea enfrenta o Botafogo neste domingo, às 18h10, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. No momento o Rubro-Negro está em 9º lugar na classificação geral.

Claiton quer entrar na partida contra o Botafogo

Claiton, já recuperado de um estiramento na coxa esquerda, participou do treino coletivo desta quinta-feira e se diz preparado para enfrentar o Botafogo no próximo domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

“Eu pedi para treinar hoje, não senti dor e estou 100% para jogar. Sempre falei que faria o esforço necessário para entrar em campo”, disse o cabeça-de-área.

Segundo o jogador, que fazia parte do elenco alvinegro na temporada passada, o time de General Severiano tem condições de se recuperar.

“A parte emocional pesa, a maneira como eles foram eliminados abalou muito. É frustrante, mas eles vão se recuperar, mas espero que isso só aconteça depois do jogo contra a gente”, concluiu Claiton.

Dinelson está perto

Negociações com procurador do atleta se intesificam e anúncio pode ser feito na próxima semana

Leo Schabbach e Thiago Bokel

Nina Lima/JS\ \ \ \ O cérebro — Dinelson disputou a Copa Libertadores pelo Paraná, mas é vinculado ao Corinthians. A sua atuação despertou o interesse do Flamengo\ \ \

O apoiador Dinelson está muito próximo de ser anunciado como o primeiro reforço do Flamengo para o Campeonato Brasileiro. Ele disputou a Copa Libertadores pelo Paraná, mas tem os direitos federativos vinculados ao Corinthians. O vice de futebol Kleber Leite reuniu-se ontem com Wagner Ribeiro, procurador do jogador, e disse que as negociações avançaram. O anúncio oficial da contratação do apoiador deverá ser feito na próxima semana.

“Estou animado e ao mesmo tempo cauteloso. Existem outras propostas pelo jogador. Esta será a única contratação que o Flamengo fará para voltar a brigar pelo título”, disse.

Semana passada Kleber Leite soltou uma cortina de fumaça para tentar esconder a negociação, afirmando que ela seria muito complicada em razão de alguns problemas. Por outro lado, ele comentou que a transação estava muito bem encaminhada e que, na semana seguinte, haveria alguma novidade em relação à contratação.

Dinelson foi um dos destaques na partida Flamengo x Paraná, no Maracanã, pela Copa Libertadores, da qual ambos já foram eliminados precocemente. Kleber Leite tem muita admiração pelo futebol do apoiador, que deverá ser a principal peça do time de Ney Franco no meio-de-campo. O Flamengo precisa de alguém para a posição para organizar o setor, já que o armador Renato Augusto tem atuado mais no ataque e ainda pode ficar afastado do clube por algum tempo, caso seja convocado para a Seleção sub-20.

As outras armas que o Flamengo deve usar para se reforçar para o Campeonato Brasileiro devem vir da sua própria categoria de base, já que o Flamengo teve uma boa safra de jogadores formada nos últimos anos, que chegaram, inclusive, ao tricampeonato carioca de juniores.

“O Flamengo também tem um projeto de aproveitar vários jogadores do juniores. Este ano formamos uma equipe muito boa nas categorias de base e tentaremos aproveitar estes novos talentos”, explicou Kleber Leite.

Renato, do Fla, detona o Botafogo

\ \ \ \ Renato contradiz Cuca e dispara que o melhor do Rio é o Flamengo\ \ \

O apoiador Renato não ficou sensibilizado com a eliminação do Botafogo da final da Copa do Brasil, ocorrida quarta-feira passada, em partida contra o Figueirense, no Maracanã. Ao analisar a situação, ele aproveitou para valorizar o título do Campeonato Carioca, conquistado em cima do Alvinegro, e ainda provocá-lo.

"Não lamento a eliminação. Eles é que têm que lamentar. Falaram muito que foram injustiçados na final e está aí a prova. Tiveram a chance de chegar à decisão da Copa do Brasil e não conseguiram. Mais uma vez tivemos a prova de que o Flamengo foi merecedor do título", alfinetou jogador.

Já sobre o clássico de domingo, quando perguntado sobre um possível favoritismo do Botafogo, ele deixou claro que não acredita na superioridade alvinegra, pois, em seu ponto de vista, o Rubro-Negro tem, atualmente, o melhor time do Rio de Janeiro.

"Quem está dizendo que o Botafogo é favorito não acompanha futebol. Por tudo que fizemos e conquistamos, somos nós os melhores do Rio".

Além destas questões, Renato comentou também sobre o esquema tático que deve ser utilizado para o jogo de domingo. Segundo ele, o 3-5-2 do técnico Ney Franco, que funcionou muito bem no confronto com o Goiás, lhe permite jogar mais solto e com mais liberdade para criar.

"No novo esquema me senti muito confortável. Nele posso jogar um pouco mais avançado e dar mais assistências aos atacantes", explicou o apoiador.

E sobre esse aspecto, ele parece ter toda a razão, já que, na partida contra o Goiás, teve ótima atuação e ainda deu um passe milimétrico para o segundo gol do Flamengo, marcado por Juan.

Bruno sai em defesa do goleiro Júlio César

O goleiro Bruno foi solidário com seu companheiro de posição e adversário de domingo, Júlio César, que falhou na partida da semifinal da Copa do Brasil Botafogo x Figueirense. Bruno acredita muito no potencial do jovem goleiro alvinegro e acredita que, num futuro próximo, o jogador pode até ser convocado para a Seleção Brasileira.

"Ele é um goleiro de muita qualidade, que está surgindo agora para o futebol e em breve poderá vestir a camisa do Brasil. Esta é a hora de levantar a cabeça e não se abalar com esse erro", recomendou o camisa 1 do Rubro-Negro.

Bruno sabe o quanto é difícil a profissão de goleiro, inclusive, ele já passou por este mesmo momento que o jovem alvinegro está enfrentando. Este ano, contra o Madureira, ainda na Taça Guanabara, Bruno falhou de forma grotesca na derrota por 4 a 1, quando, após brincar na frente do atacante Marcelo, perdeu a bola e acabou sofrendo o gol. O Flamengo só não foi eliminado naquele jogo porque o Botafogo não conseguiu vencer o Boavista, em Saquarema.

"Naquele jogo eu vacilei e coloquei em risco a nossa classificação às semifinais. O goleiro tem que ter personalidade e trabalhar muito, para que esses erros não aconteçam mais, disse.

O jogador voltou a dizer que será muito difícil permanecer na Gávea se receber uma oferta vantajosa da Europa, mas, até agora, a única proposta que chegou para ele foi a do Flamengo. Bruno revelou também que se a diferença entre o valor oferecido for pequena, a sua vontade será a de permanecer na Gávea.

Kleber Leite sai em defesa de auxiliar e ironiza Botafogo

O vice-presidente de futebol Kleber Leite comentou nesta quinta as reclamações feitas pelo vice do Botafogo Carlos Augusto Montenegro em relação a auxiliar Ana Paula Oliveira na partida contra o Figueirense. O cartola rubro-negro argumentou a favor da assistente nos dois lances polêmicos que foram assinalados por ela.

“Eu estou muito preocupado com esse envolvimento da arbitragem. Há controvérsias no lance do segundo gol, que é completamente discutível. Os jogadores interferiram? Para mim sim. O primeiro gol, só colocando em câmera lenta para ter certeza de que a posição era legal. Então fica uma sensação de que o Botafogo é coitado. Queria dizer que a Ana Paula além de muito bonita, é super competente", avaliou.

Kleber ainda aproveitou para ironizar o rival, que será adversário do Fla no domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

"Eu queria lembrar que o maior garfado dos últimos 100 anos foi o Flamengo, contra o Defensor. Até porque fomos prejudicados numa competição internacional. Quero colocar para o árbitro do jogo de domingo que ele entre em campo em paz e faça uma boa arbitragem”, disse Kleber Leite em entrevista à Rádio Tupi.

Flamengo acerta a mão no time de basquete

Técnico Paulo Chupeta planeja novas jogadas para a equipe brilhar nos playoffs do Nacional

Rafael Oliveira

Renatto Thiele/JS\ \ \ \ Estrategista — O técnico Paulo Chupeta prepara novas jogadas e táticas para surpreender os adversários\ \ \

O Flamengo fará sua despedida do Nacional Masculino de Basquete no próximodomingo, na Gávea, contra o Paulistano. Nesta primeira fase a equipe da Gávea passou por altos e baixos e, apesar da classificação para os playoffs, não obteve uma campanha capaz de animar sua torcida. Para melhorar o desempenho da equipe na fase de mata-mata, o técnico Paulinho Chupeta já começa a fazer treinamentos especiais onde novas jogadas estão sendo testadas.

"Apesar de a primeira fase ainda não ter acabado, já estamos pensando longe. O Flamengo não tem ido bem e precisa treinar novas jogadas para surpreender nos playoffs. Todos os dias estamos ensaiando e praticando estratégias diferentes de como chegar ao aro adversário", disse, entusiasmado, o treinador rubro-negro.

A irregularidade esteve presente na campanha do time durante toda a disputa da fase de classificação. Até agora foram 11 vitórias e 11 derrotas. Se o time perder o jogo de domingo terminará a fase com menos de 50% de aproveitamento.

De acordo com Chupeta, a partida contra o Paulistano servirá apenas como um laboratório. A idéia é antecipar a preparação para a fase decisiva. Os jogadores já estão assistindo a vídeos com os melhores momentos de Franca e Unitri, possíveis adversários na próxima etapa. "Estamos conhecendo como se posicionam taticamente estas equipes. Já deu para ver, por exemplo, que o Franca possui um setor defensivo muito forte. Já o Unitri se destaca pelo seu poder de fogo. Também estamos analisando os pontos fracos destas equipes. Queremos atacá-los pelo seu Calcanhar de Aquiles", concluiu o técnico.

O Paulistano já está no Rio. Hoje, a partir das 20h, ele enfrentará o Iguaçu, 12º colocado, no ginásio da Vila Olímpica. A partida marca a despedida da equipe da Baixada Fluminense do torneio, já que ela não tem mais chances de classificação.

Meninas do pólo e do nado fazem intercâmbio para o Pan

Em ascensão no cenário internacional, as Seleções Brasileiras de pólo aquático e nado sincronizado vão realizar intercâmbio na reta final para o Pan-2007. As meninas do nado viajam amanhã para o Aberto de Roma, enquanto as estrelas do pólo seguem no dia 12 para os Estados Unidos.

A atacante Melina, esperança de gols no pólo, está empolgada: “Vai ser ótimo para mudar de ambiente e sair um pouco da nossa rotina. Cada uma já se conhece bem e isso faz com que o treino não se desenvolva tanto. Além disso, vamos jogar contra meninas e a pegada do maiô é diferente. Por mais que os meninos nos ajudem, não é a mesma coisa que um jogo oficial.”

O bronze no Pan é o resultado esperado em razão da força de Canadá e Estados Unidos nas duas modalidades. Mas as meninas-perfeitas querem derrubar o favoritismo. “Com certeza, no último Mundial nos aproximamos bem do Canadá. Elas vão evoluir, mas o Brasil também está crescendo e cada uma vem aprimorando um fundamento. Será um jogo bem equilibrado. Sobre os Estados Unidos? Nesses amistosos, vamos ter a chance de saber se nos aproximarmos das americanas”, completou Melina.

No nado, o Aberto de Roma será a chance de encarar as mexicanas, como explica Caroline Hildebrandt. “Vai ser importante, porque vamos nos medir com as potências da Europa e mais o México, que é o nosso rival na briga pelo bronze. A competição é bem diferente e nos permite avaliar como está sendo o treinamento. Vamos apresentar a coreografia do Pan, mas sempre existe a chance de se fazer alguns ajustes”, disse Carol, que faz parte do conjunto e o dueto, ao lado de Lara Teixeira.

Sergio Arêas

No Flamengo, Ney Franco começou a sua faxina no grupo. Os desafetos Juninho Paulista e Roni já foram. E não deixaram saudade.

Juninho, por sinal, é visto constantemente na noite carioca. Pelo que se tem visto, é mais um ex-jogador que tenta, na base do “me engana que eu gosto”, se manter em atividade.

O Dia

Roni vai à Gávea e agradece ao técnico Ney Franco pela oportunidade

Rio - O atacante Roni esteve nesta quinta-feira na Gávea a fim de resolver as últimas pendências com o Flamengo. O jogador tentará se apresentar ainda nesta tarde ao Cruzeiro, de Belo Horizonte, o seu novo clube durante a disputa do Campeonato Brasileiro. No entanto, apesar das críticas e de algumas atuações ruins, engana-se quem pensa que Roni deixou o clube com o sentimento de mágoa.

Em tom de agradecimento pela oportunidade, Roni destacou que a sua passagem pela Gávea foi proveitosa. Além disso, tratou de encerrar qualquer tipo de polêmica com o técnico Ney Franco. Afinal, Roni chegou a se irritar publicamente com o comandante pelo fato de não ter oportunidades na equipe titular.

"Fiquei muito feliz com essa transação, principalmente por ter sido uma iniciativa do Cruzeiro. Isso mostra que, apesar das críticas, meu trabalho foi bem realizado aqui no Flamengo. É difícil falar o que faltou ou o que poderia ter sido feito. Posso dizer sobre o que não faltou, empenho. Algumas bolas poderiam ter entrado, mas só me resta é continuar trabalhando. Em relação ao Ney Franco, tenho o maior respeito por ele. Da minha parte, só posso agradecer por tudo o que ele me fez", disse o jogador, em entrevista à Rádio Brasil.

O Flamengo deve ao atacante e ao restante do grupo dois meses de salários. No entanto, a diretoria informou que em breve o assunto será resolvido, pois o clube conseguiu um empréstimo de R$ 5 milhões para quitar as dívidas do futebol profissional.

Claiton pode voltar à equipe no clássico com o Botafogo, no próximo domingo

Jogador treinou com bola nesta quinta-feira e tem boas chances de ser escalado

Rio - O cabeça-de-área Claiton pode retornar à equipe titular do Flamengo no clássico com o Botafogo, no próximo domingo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador lesionou-se na semana passada e ficou durante todo este tempo em recuperação. Nesta quinta-feira, o jogador treinou com bola e tem boas chances de ser escalado.

Gazeta Esportiva

Ney Franco satisfeito com a redução do elenco\ Gazeta Press\

Rio de Janeiro (RJ) - Preparando a equipe do Flamengo para tentar sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro , Ney Franco se mostra satisfeito com o fato de trabalhar com um elenco menor agora que o clube liberou alguns jogadores como Roni, Bruno Mezenga, Leandro Salino e Advaldo. \ “Já tinha colocado a necessidade de trabalhar com elenco reduzido para termos mais qualidade. Definimos alguns nomes e agora temos um elenco padrão. Caso alguém não seja aproveitado, ficará treinando em separado”, comentou o treinador. \

Dos jogadores que deixaram o Flamengo nesta semana o que mais chamou a atenção foi Roni, que foi titular em alguns jogos da Copa Libertadores e no Campeonato Carioca . O jogador foi liberado sem custos para o Cruzeiro. Nesta quinta-feira pela manhã, ele esteve na Gávea para resolver os últimos detalhes de sua saída. O jogador garantiu deixar a Gávea sem mágoas do técnico Ney Franco e da diretoria.

“O Flamengo foi muito camarada comigo, tanto o Ney como a diretoria, que entenderam minha situação. Saio com a cabeça tranqüila, pois sempre dei o meu máximo em campo pelo Flamengo. Agora apareceu uma boa oportunidade e sigo o meu caminho”, comentou Roni.

O vice-presidente de futebol, Kléber Leite, também garantiu que a liberação de Roni aconteceu naturalmente. “Ele não vinha sendo aproveitado como titular, conversei com o Ney Franco sobre o assunto e resolvemos liberar o Roni”, afirmou.

Paralelamente à diminuição do elenco, o Flamengo descartou qualquer possibilidade de contratar o lateral-direito Gabriel, recentemente dispensado pelo Cruzeiro. O jogador, que tem os direitos econômicos presos ao Málaga, foi oferecido ao Rubro-Negro.

O técnico Ney Franco, no entanto, está satisfeito com Leonardo Moura para a posição. Sofrendo com problemas financeiros, o Flamengo espera economizar com a saída de alguns jogadores. Além disso, a diretoria espera saldar, na próxima semana, os dois meses de salários atrasados com o elenco.

Flamengo não deve ter mudanças para o clássico\ Gazeta Press\

Rio de Janeiro (RJ) - Satisfeito com a boa atuação de sua equipe na vitória sobre o Goiás, no último final de semana, o técnico Ney Franco deve repetir a escalação do Flamengo para o clássico de domingo, contra o Botafogo, no Maracanã. Com isso, o meia Renato Augusto será novamente improvisado no ataque para atuar ao lado de Souza que, apesar de reclamar de dores musculares durante a semana, não deve ser problema para a partida. \ “Acho que a formação usada pelo Ney Franco deu certo contra o Goiás e poderá ser repetida mais vezes durante o Brasileiro. Acho que todo mundo conseguiu se adaptar ao que o Ney queria do time”, afirmou Renato Augusto. \

O volante Claiton, que também alegou um problema físico no início da semana, se recuperou e foi confirmado por Ney Franco entre os titulares. Ao seu lado estará Renato que, apesar de ressaltar a falta de tempo para se adaptar ao novo esquema, aprova a permanência do time com três zagueiros.

“Temos uma semana só de treinamento e nós jogadores sabemos que é pouco. Vínhamos jogando no 4-4-2 desde o início do ano, mas se este novo esquema facilita para o Ney e para gente, temos que nos colocar à disposição, pois é um esquema que deixa o time mais consistente.”

Renato ainda aproveitou para comentar a eliminação do Botafogo nas semifinais da Copa do Brasil. O meia rubro-negro não deixou de alfinetar o rival, que alegou ter sido prejudicado pela arbitragem na decisão do Campeonato Carioca entre os dois clubes.

“Eles têm que lamentar. Nós não. Colocaram muito que o Botafogo foi muito injustiçado contra o Flamengo na decisão do Estadual, e aí está a prova. Eles tiveram mais uma oportunidade e não conseguiram. Mas temos que ter cuidado pois eles vão vir forte no domingo”, comentou Renato.

Assim como fizera na véspera, quando Souza e Juan se desentenderam durante o treinamento, Ney Franco descartou qualquer racha no elenco rubro-negro. O treinador pede tranqüilidade para poder desenvolver seu trabalho. “Estamos em uma semana tranqüila para enfrentar o Botafogo, será um jogo muito importante, e não está na hora de a gente criar tumulto não”, ressaltou.

PeléNet

Dinélson pode deixar Paraná e acertar com o Flamengo\ Da Redação\ Em São Paulo\ Um dos destaques do Paraná no primeiro semestre, o armador Dinélson pode deixar o time da Vila Capanema. Segundo o presidente do clube tricolor, José Carlos de Miranda, o meia já foi oferecido ao Flamengo e, ainda nesta semana, o futuro do jogador pode ser definido.\

"O Kleber Leite [vice-presidente de futebol do Flamengo] nos garantiu que ele foi oferecido ao time carioca pelo empresário do jogador, Wagner Ribeiro, e que haverá uma reunião na noite desta quinta para tratar do assunto", afirmou o mandatário do Paraná ao jornal Gazeta do Povo.

No entanto, para que a negociação seja concretizada há ainda a necessidade de um acerto entre o Flamengo e o Corinthians, dono do contrato do atleta.

"O Corinthians fez uma comunicação por meio de fax conosco, pedindo o retorno do jogador, mas o que eles pediram está em desacordo com o contrato que temos. Agora vamos nos comunicar com eles para entrar em um acordo", disse Miranda.

Dinélson afirma que está contente no Paraná, mas não descarta deixar o clube caso apareça uma proposta melhor. "A situação está sendo resolvida, ainda não sei o que vai acontecer. Nem vou falar qual é a minha vontade neste momento, porque não tem nada. Mas se for uma boa proposta pra mim, para todos os envolvidos, estará ótimo", disse o atleta.

De acordo com José Carlos de Miranda, o Paraná tem o interesse de manter o meia em seu elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-Americana. No entanto, pela política interna paranista, não competirá com propostas em valores muitos altos.

"Tudo depende da negociação do procurador dele [Dinélson] com o Corinthians e o Flamengo. Independentemente disso, ele é um menino muito correto, que quer jogar pelo Paraná, mas se houver uma proposta para ele ganhar quatro ou cinco vezes a mais, por exemplo, não temos como competir", completou o presidente tricolor.

Dinélson ainda se recupera de lesões nos dois tornozelos e, ausente nas duas primeiras rodadas, deve voltar ao time agora comandado por Pintado somente na quarta rodada, contra o São Paulo.

Mas se o armador ainda não volta neste domingo, o volante Beto, que também ficou de fora das primeiras partidas do Brasileiro, já retornará à equipe contra o Cruzeiro, pela terceira rodada. O jogador está recuperado do cansaço muscular que vinha sofrendo na temporada e entrará na vaga de Xaves no meio-campo tricolor.

Kleber Leite ironiza Montenegro e defende Ana Paula Oliveira\ Guilherme Toscano\ Do Rio de Janeiro\ Kleber Leite, vice-presidente de futebol do Flamengo, comentou com bom-humor as declarações machistas do dirigente Carlos Augusto Montenegro, do Botafogo, que reclamou da bandeirinha Ana Paula Oliveira devido aos dois gols do time alvinegro que ela anulou na partida entre o alvinegro carioca e o Figueirense, pela semifinal da Copa do Brasil.\

"Se ele reclamou dela porque é mulher, acho que temos gostos diferentes. Aqui no Flamengo, nós apreciamos a matéria. Ela é uma profissional muito competente, além de linda", disse de forma bem-humorada o dirigente do clube rubro-negro.

Apesar das declarações em tom de brincadeira, Kleber Leite se mostrou preocupado com a atuação da arbitragem no clássico de domingo, entre Flamengo e Botafogo. Segundo ele, os dirigentes do rival estão fazendo pressão para criarem uma imagem de "coitadinhos":

"Parece até que o Botafogo é um pobre coitado. O primeiro gol anulado pela Ana Paula era muito difícil e o segundo era discutível, mas para mim foi impedimento sim. Com essa pressão toda, é capaz de o árbitro de domingo entrar em campo coagido".

O vice-presidente de futebol ainda mandou um recado para o juiz do jogo: "Só peço ao árbitro que entre tranqüilo em campo e faça o seu trabalho".

Heber Roberto Lopes (PR) apitará o clássico entre Botafogo e Flamengo, no Maracanã. Ele foi o árbitro da partida de ida da semifinal da Copa do Brasil entre Fluminense e Brasiliense e, no jogo, se envolveu em um lance polêmico ao mandar voltar um pênalti perdido por Carlos Alberto, que na segunda chance conseguiu marcar.

Souza e Claiton treinam normalmente e devem enfrentar o Botafogo\ Guilherme Toscano\ No Rio de Janeiro\ Depois dos sustos durante a semana, quando foram poupados de treinamentos do Flamengo por lesão, o volante Claiton e o atacante Souza participaram normalmente do coletivo desta quinta-feira, debaixo de chuva, e não devem ser problema para a partida contra o Botafogo.\

"Os médicos não queriam que eu treinasse, mas eu insisti. Foi um bom teste, o campo estava molhado, pesado e eu agüentei bem. Sempre falei que queria participar do jogo, treinei bem e estou preparado", disse Claiton.

O volante falou também da expectativa para enfrentar o Botafogo, time contra o qual o Flamengo empatou três vezes neste ano e para quem a equipe rubro-negra não perde desde 2004. Além disso, o rival ainda foi eliminado da Copa do Brasil na quarta-feira pelo Figueirense.

"Nós temos que nos preparar para o melhor Botafogo possível. Independentemente de eles terem sido eliminados, temos que dar o nosso melhor e impor o nosso ritmo. Nós não podemos pensar no tabu, eles é que tem que pensar em quebrá-lo", afirmou o volante.

Com a volta dos dois titulares, o técnico Ney Franco confirmou que a equipe que participou do coletivo desta quinta deve ser a mesma que enfrentará o Botafogo. O treinador repetiu a escalação que venceu o Goiás por 3 a 1 no domingo passado.

"No primeiro jogo do campeonato, jogamos sem concentração, sem vibração. Sentimos a eliminação na Libertadores. Agora, temos que jogar como contra o Goiás para conseguir a vitória e começar a atingir a constância necessária para se manter em boas condições na tabela", disse Ney Franco.

Ney Franco escalou o Flamengo com Bruno; Ronaldo Angelim, Irineu e Thiago; Leonardo Moura, Paulinho, Claiton, Renato, Renato Augusto e Juan; Souza.

Em despedida do Flamengo, Roni elogia técnico Ney Franco\ Da Redação\ No Rio de Janeiro\ Liberado para negociar sua transferência para o Cruzeiro, o atacante Roni, do Flamengo, apareceu na Gávea nesta quinta-feira para se despedir dos companheiros de equipe e acertar os últimos detalhes da rescisão do seu contrato. Em sua despedida, ao contrário do que a maioria esperava, o jogador fez questão de elogiar o técnico Ney Franco.\

"Tenho o maior respeito pelo Ney, ele merece o sucesso que está fazendo. Eu próprio falei para ele que o problema que nós tivemos ficou para trás. Tenho que agradecer todo apoio que ele me deu aqui no clube", ressaltou à Rádio Brasil.

Em março, durante a partida contra o Fluminense, o atacante foi substituído e deixou o gramado do Maracanã gesticulando bastante, deixando clara sua insatisfação com o treinador.

O jogador afirmou também que a cúpula de futebol rubro-negra aceitou seu pedido para a quebra do vínculo: "O Kleber [Leite] e o Ney [Franco] entenderam a minha situação". Nem mesmo os salários atrasados foram problema. "Está tudo praticamente resolvido, inclusive o lado financeiro", resumiu.

Nos quatro meses em que permaneceu na Gávea, o atleta marcou apenas três gols e sofreu com os apupos dos torcedores. No entanto, ele preferiu minimizar os atritos com a torcida. "A torcida mais importante para o Roni é a da minha mulher e da minha filha", resumiu.

Apesar de assumir que seu desempenho no clube carioca foi fraco, Roni não soube apontar o que prejudicou seu rendimento e exaltou a garra demonstrada neste curto período.

"É difícil falar o que faltou. Posso falar o que não faltou: empenho e vontade nos treinos. Claro que algumas bolas podiam ter entrado, mas agora é seguir a vida", encerrou.\ \

Globo Esporte

Kléber Leite ironiza Montenegro\ Dirigente do Fla está preocupado com a reclamação dos alvinegros sobre arbitragem\ Fred Huber \

\ O Globo\ Kléber Leite entra na discussão sobre os erros de arbitragem no futebol brasileiro\ O clássico entre Flamengo e Botafogo é no próximo domingo, mas o clima de provocação entre os dirigentes já começou. Nesta quinta-feira, após o treino na Gávea, o vice de futebol do Rubro-negro, Kléber Leite, reuniu a imprensa para falar da arbitragem do jogo de domingo.\

Ele teme que as reclamações do Alvinegro sobre o jogo da última quarta-feira, contra o Figueirense, reflitam na partida contra o Fla.

- Com as reclamações fica parecendo que o Botafogo é o pobre coitado, o juiz acaba indo para o jogo de domingo coagido. Os lances que eles reclamam são totalmente discutíveis, situações complicadas. Que o árbitro tenha um bom jogo domingo, com muita tranqüilidade - diz.

Kléber Leite fez questão de lembrar que os árbitros não erram só contra o Botafogo. Ele deu como exemplo a segunda partida do Fla contra o Defensor, pela Libertadores, no Maracanã.

- O grande prejudicado pela arbitragem nos últimos tempos é o Flamengo. No jogo contra o Defensor fomos roubados. Aquele árbitro veio para cá mal-intencionado.

\ Lance\ Montenegro se revolta com a arbitragem\ O dirigente, com ironia, comentou as declarações do vice de futebol do Bota, Carlos Augusto Montenegro, que disse não gostar de mulher (a assistente Ana Paula Oliveira foi o alvo das principais reclamações dos alvinegros) apitando partidas decisivas.\

- Nosso time aqui é outro. Nosso gosto é diferente. A profissional em questão é competentíssima - declara Kléber.

O árbitro da partida entre Flamengo e Botafogo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, será Heber Roberto Lopes, da Federação Paranaense.

Empresário de Dinelson se reúne com o Fla\ Presidente paranista diz que se a proposta for muito boa será difícil segurar o jogador\ GLOBOESPORTE.COM Em Curitiba \ ALTERAR O\ TAMANHO DA LETRA \ A-\ A+\

\ Lancepress\ Dinelson quer ficar no Paraná, mas se a proposta for boa, ele sai\ O meia do Paraná, Dinelson, pode estar fazendo as malas para jogar no Flamengo. O presidente do clube paranista, José Carlos de Miranda, informou que o procurador do jogador, Wagner Ribeiro, teria oferecido o apoiador ao time da Gávea e que haverá uma reunião nesta quinta-feira entre o empresário e o vice-presidente de futebol do Flamengo, Kleber Leite. \

- O Kleber nos garantiu que ele foi oferecido pelo empresário do jogador, e que haverá uma reunião com o Wagner Ribeiro na noite desta quinta para tratar do assunto - diz o presidente do Paraná, em declaração ao jornal Gazeta do Povo.

O jogador não participou dos treinos desta quinta-feira, o que aumentou as especulações em torno do seu futuro. E a informação foi confirmada pelo próprio jogador, que passa a aguardar um acordo entre o Paraná, o Corinthians – clube dono dos direitos federativos do atleta – e o Flamengo, time interessado em contar com o meia. Ainda de acordo com Miranda, Kleber Leite, assegurou que o clube carioca não fez proposta alguma ao Corinthians.

- Por enquanto não tem como falar nada, ainda não tem nada certo. O que eu sei é o mesmo que todo mundo sobre essa especulação toda. Estou feliz aqui no Paraná, e só saio se for uma boa proposta - afirma Dinélson.

O jogador deixou transparecer que o acerto depende de uma suposta proposta que os dirigentes do Flamengo fizeram ao Corinthians. Caso o Timão aceite vender os direitos federativos, é certo que o atleta deixe o Tricolor.

Do lado paranista, o presidente do clube, José Carlos de Miranda, confirmou que as conversas já iniciaram.

- O Corinthians fez uma comunicação por fax conosco, pedindo o retorno do jogador, mas o que eles pediram está em desacordo com o contrato que temos. Agora vamos nos comunicar com eles para entrar em um acordo. Vamos aguardar uma proposta concreta, pelo contrato, ele (Dinélson) só sairia em julho ou janeiro, quando se abre a janela de negociações com a Europa - diz.

Especulações dão dor de cabeça até para o jogador

Desde que chegou ao Paraná, Dinélson nunca demonstrou qualquer insatisfação com o clube. Muito pelo contrário, sempre declarou que gostaria de cumprir o seu contrato na integra, até o fim deste ano, abrindo exceção para sair apenas se algum clube do exterior apresentasse uma boa proposta para o jogador, para o Tricolor e para o Corinthians. A atual incerteza quanto ao futuro também desagrada o meia.

- A situação está sendo resolvida, ainda não sei o que vai acontecer. Nem vou falar qual é a minha vontade nesse momento, porque não tem nada. Mas se for uma boa proposta pra mim, para todos os envolvidos, estará ótimo - afirma o jogador. Durante essa semana, Dinélson já retornou aos trabalhos com bola, totalmente recuperado das lesões nos dois tornozelos.

Ainda sem saber se sai ou se fica, o apoiador garante que estará a disposição para o jogo da quarta rodada do Brasileirão, diante do São Paulo, na Vila Capanema. O vice-presidente de futebol tricolor, José Domingos, também anseia por isso, mesmo confirmando que é difícil segurá-lo.

- O assunto está sendo tratado pelo presidente Miranda, e é possível que o Dinélson nos deixe. O Paraná não segura ninguém, se os interesses do clube forem resguardados, ele pode ir para o Flamengo - explica.

A opinião de Domingos converge com o pensamento do presidente do Paraná.

- Tudo depende da negociação do procurador dele com o Corinthians e o Flamengo. Independente disso, o Dinélson é um menino muito correto, que quer jogar pelo Paraná, mas há a questão financeira, se houver uma proposta para ele ganhar quatro, cinco vezes a mais, aí não tem como competir - desabafa Miranda.

Novo xodó do Fla se chama Vinícius\ Volante ganhar elogios de Kléber Leite e também atende pelo sobrenome Colombiano\ Márcio Iannacca \

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Kléber Leite, tem um olhar clínico quando o assunto é prata da casa. Desde que voltou ao comando do time rubro-negro, em meados de 2005, ele tem acertado a mão nas indicações das revelações aproveitadas pelo técnico Ney Franco. O primeiro foi Renato Augusto. Em 2007, o atacante Paulo Sérgio já foi promovido para o time profissional. Agora, o novo xodó do dirigente tem Coimbra no sobrenome e atende pelo nome de Vinícius Colombiano.

Colombiano? A torcida do Flamengo deve estar se perguntando se o jogador é estrangeiro. A resposta é não. O Colombiano de Vinícius é um de seus sobrenomes, herdado do pai Marcos. Kléber Leite não esconde de ninguém na Gávea a sua admiração pelo futebol do jogador, de apenas 19 anos.

- Ele é um meia que atua pelo lado direito e sempre joga de cabeça em pé. O meu desejo é que ele seja promovido já nos próximos meses. É um jogador que atua sempre de cabeça erguida e vai dar muitas alegrias aos torcedores - diz o dirigente.

O GLOBOESPORTE.COM se encontrou com Vinícius na última quarta-feira, em um shopping na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Ao lados dos pais, Marcos e Cátia, o garoto falou do sonho de se tornar profissional do time rubro-negro e da amizade com Renato Augusto, titular da equipe principal do Flamengo.

- Joguei com o Renato Augusto dos 10 aos 18 anos. Dei muito passe para ele fazer gol. É um grande amigo - revela Vinícius, que é fã de Kaká e Juninho Pernambucano.

A FICHA DO NOVO XODÓ DO FLAMENGO \ Nome: Vinícius Coimbra Colombiano \ Data de nascimento: 25/02/1988 \ Local de nascimento: Rio de Janeiro \ Altura e peso: 1,83m e 78kg \ Clubes: No Futsal, Flamengo (1998-2000); Hebraica (2000) e Tio Sam (2002); No campo, Flamengo (desde 2002). \ O meia do Lyon, inclusive, é usado quando Vinícius começa a falar de seu estilo. Além de ver semelhança em seu futebol com o de Juninho Pernambucano, o volante do Flamengo já foi comparado com outro craque do futebol brasileiro.\

- Tem um pessoal da Gávea que me chama de Falcão. Eles dizem que tenho um estilo clássico, jogo de cabeça em pé. Deve ser por causa disso - conta o novo xodó do Flamengo.

Caso não seja promovido até o fim de julho, Vinícius será o capitão do time de juniores que irá disputar um torneio na Malásia. O Flamengo será o representante brasileiro na competição, que ainda terá Boca Juniors, Real Madrid, Chelsea entre outros.

\ GLOBOESPORTE.COM\ Vinícius Colombiano ao lado pais na Barra\ - Será uma competição importante para o Flamengo. Espero que o nosso time tenha um bom rendimento e volte com taça - diz o jogador, que nasceu em Padre Miguel, mas já está pensando em se mudar para a Barra na Tijuca.\

Vinícius sabe da pressão que é atuar no Flamengo. Ao ser peguntado sobre um jogo marcante com a camisa rubro-negra. Colombiano se lembrou logo de um clássico contra o Fluminense. O placar? O time da Gávea venceu por 4 a 1.

- Era uma partida do infantil. Eu e Renato Augusto jogávamos juntos. O nosso time perdeu o primeiro jogo por 4 a 1, em Xérem. No jogo de volta, em Curicica, o Flamengo precisava vencer por três gols diferença, já que o empate nos favorecia. Vencemos por 4 a 1. Fiz o segundo gol - relembra.

Arbitragem não preocupa Ney Franco\ Técnico afirma que só pensa em armar a equipe para fazer uma boa exibição contra o Bota\ Fred Huber Do GLOBOESPORTE.COM, no Rio de Janeiro \ ALTERAR O\ TAMANHO DA LETRA \ A-\ A+\

\ Ag. O Globo\ Ney Franco acredita que o Botafogo vai estar muito forte apesar dos desfalques\ Motivo de preocupação para o vice de futebol Kléber Leite, a arbitragem do jogo entre Flamengo e Botafogo parece não estar incomodando o técnico Ney Franco. Ele diz que seu pensamento está exclusivamente voltado para armar a equipe para encarar os alvinegros.\

- Isso não me preocupa, só estou preocupado com a parte tática. Acho que a arbitragem brasileira está muito bem - afirma.

O Botafogo deverá enfrentar o Fla com muitos desfalques no domingo. Luciano Almeida, Túlio, Juninho, Vágner e Alex estão no departamento médico do clube. Nada, segundo Ney Franco, que facilitará a vida dos rubro-negros.

- A equipe deles tem boas peças de reposição - finaliza.

Renato diz que, no Rio, Fla é o melhor\ Meia afirma que quem diz que o Botafogo está em um nível superior não entende de futebol\ Fred Huber Do GLOBOESPORTE.COM, no Rio de Janeiro \ ALTERAR O\ TAMANHO DA LETRA \ A-\ A+\

\ Reuters\ Meia Renato não acredita que o Botafogo vai entrar mole depois da eliminação\ Depois de o vice de futebol Kléber Leite provocar o Botafogo, foi a vez de o capitão Renato mexer com os brios do adversário do Flamengo neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O meia não concorda com os que consideram o Alvinegro a melhor equipe carioca na atualidade. Ele lembra dos resultados para reforçar sua tese.\

- Quem diz que o Botafogo é melhor não acompanha futebol. Aqui no Rio acho que é a gente que está melhor, fomos campeões estaduais. Mas cada um tem a sua opinião - afirma.

Renato, entretanto, não acredita que o Fla terá vida fácil contra o time do técnico Cuca. Nem a recente eliminação do adversário na Copa do Brasil, segundo ele, vai tirar a qualidade do Bota.

- Acho que a eliminação dá mais motivação para eles, que vão entrar em campo com o objetivo somente no Brasileiro. Vai ser um jogo muito difícil - diz.

Lance

Dinélson chega ao Flamengo nesta segunda\ Apoiador do Paraná assina com o clube carioca por três anos, até 2010\ LANCEPRESS! \

Depois de dispensar alguns jogadores, chegou a hora de a diretoria anunciar o primeiro reforço para o Brasileiro. Como o LANCE! antecipou na sua edição do último dia 17, o apoiador Dinelson está sendo contratado e assinará um compromisso de três anos (até 2010). Ele será apresentado oficialmente nesta segunda-feira e já fala como jogador do Flamengo.

Dinelson, de 21 anos, estava emprestado até dezembro ao Paraná, pelo qual disputou a Libertadores. Mas o Corinthians, dono de seus direitos, usou uma das cláusulas contratuais e solicitou, via fax, o retorno do jogador. O Flamengo, por sua vez, já acertou tudo com os paulistas.

A diretoria rubro-negra assumiu uma antiga dívida que o Corinthians tem com Dinelson e ficará com 50% dos seus direitos econômicos. A outra metade continua sendo do time paulista, que pode exigir alguma outra coisa para ceder o jogador. O salário de Dinelson deve girar em torno de R$ 45 mil.

\ O Paraná também pode pedir uma compensação para não sair perdendo na história. Alguns jogadores rubro-negros podem ser emprestados para os dois clubes. O vice de futebol, Kléber Leite, tem ligado para Dinélson. Nesta quinta-feira, o dirigente acertou os últimos detalhes da negociação com o empresário do jogador Wagner Ribeiro.\

No Corinthians, Dinelson foi companheiro de Renato, com quem vem mantendo contato por telefone nos últimos dias. O jogador declarou com exclusividade ao LANCE! que está realizando um sonho.

– Joguei no Maracanã contra o Flamengo e vi como a torcida é especial e empurra o time. É um sonho vestir essa camisa e vou ser muito feliz no Flamengo. Pude perceber que existem pessoas maravilhosas lá e que tem um ambiente de muita alegria. Estou muito feliz – afirmou Dinelson, que pretende repetir as boas atuações que teve no Paraná e conseguir uma convocação para disputar a Olimpíada.

Bruno espera adversário mais forte no clássico\ Goleiro do Flamengo entende que será pior enfrentar um Botafogo recém-eliminado na Copa do Brasil\ \

Victor Carvalho

Prestes a disputar o primeiro clássico pelo Campeonato Brasileiro 2007, o goleiro Bruno, do Flamengo, fala sobre o fato de enfrentar o Botafogo logo após o mesmo ter sido eliminado da Copa do Brasil, na última quarta-feira contra o Figueirense.

- Nós já sabemos como eles jogam, é um time difícil de ser batido. Tem bom toque de bola, trabalha bem com ela na parte de trás. Vamos encontrar dificuldades e teremos que superá-las. Quanto à questão do Botafogo ter sido eliminado, eles vão tirar isso de letra. Apesar da porrada que tomaram, eles vêm pra cima. É um grande time e vai ser pior enfrentá-lo nessa situação.

O camisa nº 1 do Botafogo, Júlio César, foi tido como um dos maiores responsáveis pela desclassificação após falhar no lance que culminou no único gol do Figueirense. Bruno comenta que isso acontece e acredita na recuperação do goleiro Alvinegro.

- O Júlio César é um grande goleiro, essas coisas infelizmente acontecem. Se ele tiver a cabeça boa que eu acredito que tenha, vai conseguir superar isso. Ele não pode se deixar abater - finalizou.

Kleber Leite defende Ana Paula Oliveira\ Dirigente garante que Fla tem sido mais prejudicado pelas arbitragens\ LANCEPRESS! \

Preocupado com possíveis pressões em relação à arbitragem no clássico deste domingo, o vice-presidente do Flamengo, Kleber Leite, defendeu a auxiliar Ana Paula Oliveira. Ela tem sido muito criticada por representantes do Botafogo em razão da polêmica atuação na última quarta-feira, quando o Alvinegro enfrentou o Figueirense e foi eliminado da Copa do Brasil.

- O maior garfado na história recente da arbitragem no futebol brasileiro não é o Botafogo, mas sim o Flamengo. O que aconteceu no nosso jogo contra o Defensor (pela Libertadores) no Maracanã foi um absurdo, já que colocaram um árbitro argentino totalmente despreparado. A Ana Paula Oliveira é uma auxiliar do mais alto nível - garantiu o dirigente rubro-negro.

Kleber aproveitou o assunto para alfinetar o vice de futebol do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro, que, entre outras coisas, criticou a escalação da auxiliar por ela ser mulher:

- Nosso gosto aqui no Flamengo é outro. Além de muito competente a Ana Paula é linda.

Mais recuado, Renato espera repetir atuação\ No novo esquema de Ney Franco, ele jogará como segundo volante\ Victor Carvalho \

Em sua nova função no time do Flamengo, o meio-de-campo Renato ficará mais recuado, como segundo volante. Com isso, ele espera distribuir o jogo com mais calma, como fez no jogo do último domingo, contra o Goiás.

Na partida, ele teve sete segundos de posse de bola enquanto um jogador adversário dava espaço. Renato fez passe de trivela para Juan marcar o segundo gol do Rubro-Negro na vitória por 3 a 1.

- Foram sete segundos que eu nem esperava acontecer. Nunca pensei em desrespeitar o adversario, precisava que o jogador desse a opção, e ele deu. Fiz o passe e deu tudo certo - disse o camisa 11.

Ney Franco: 'Botafogo é favorito'\ Técnico do Flamengo não conta com baixo astral do rival domingo\ LANCEPRESS! \ A eliminação do Botafogo na Copa do Brasil diante do Figueirense não será necessariamente uma arma do Flamengo para o clássico deste domingo. Esta é a opinião do técnico rubro-negro Ney Franco, que ainda faz questão de jogar o favoritismo para o lado alvinegro.\

- Se o Botafogo vai entrar abalado ou não pela eliminação isso é uma coisa totalmente reservada para eles. Não podemos pensar nisso, mas sim lembrar que iremos enfrentar uma das melhores equipes do Brasil e que entra em campo com favoritismo na partida. O Botafogo já soma seis pontos no Brasileiro e passa por um momento melhor que o Flamengo. Vamos ter que jogar muito para vencer no domingo - garantiu o treinador.

Ney lembrou que os jogadores do Rubro-Negro sentiram a eliminação da Libertadores diante do Defensor, do Uruguai, mas explicou que seu time não pode entrar em campo contanto com o baixo astral alvinegro.

- Sentimos bastante contra o Palmeiras (logo após a eliminação), tanto o desgaste físico quanto o emocional. Tanto que tivemos um primeiro tempo apático, sem concentração e vibração e pagamos caro por isso. Não podemos de forma alguma achar que vamos encontrar uma equipe abatida do outro lado no Maracanã - lembrou.

Para o técnico do Flamengo, o fato de o Botafogo ser considerado favorito - até mesmo por ele - também não terá influência quando a bola rolar neste domingo:

- Tivemos três confrontos com o Botafogo no ano e em todos eles foram apontados como favoritos. Mas conseguimos fazer sempre bons jogos e ainda conquistamos um título. Agora o objetivo é trabalhar para conseguir nossa primeira vitória em um clássico ano.