Libras

Notícias

Gramados da Gávea e do CT têm padrão FIFA

Empresa que reformou o campo da sede do Flamengo vai fazer também a manutenção dos cinco gramados do CT George Helal, em Vargem Grande

Por - em
Passada a Copa do Mundo, quando a seleção holandesa de futebol utilizou o gramado do Estádio da Gávea para seus treinamentos, foi deixado um grande legado para a sede do Flamengo. Com o bom trabalho feito pela empresa contratada pela FIFA para a reforma do campo do Clube, o Rubro-Negro estendeu o serviço para o CT George Helal. Agora, o campo da Gávea e os cinco do Ninho do Urubu têm o mesmo padrão dos gramados da Copa do Mundo.

"A Greenleaf havia sido contratada pela FIFA para a reforma do campo da Gávea para a seleção da Holanda. Eles vieram ao clube e fizeram um belo trabalho. Em função disso, os vice-presidentes que viram como ficou o gramado quiseram preservá-lo. A empresa então nos propôs estender o serviço para os cinco campos do CT de Vargem Grande além do gramado daqui da sede. Negociamos por duas semanas e decidimos então fazer um contrato com uma pequena parcela de permuta, envolvendo ingressos e uso da nossa marca para publicidade, e a maior parcela paga. Ele vale até o fim de 2015 e é renovável por quantas vezes quisermos", explicou o gerente geral de Administração do Flamengo, Marcelo Helman.

Além do campo da sede do Flamengo, arquibancada e vestiário foram reformados para abrigar a seleção da Holanda durante toda sua participação na Copa, nos períodos em que esteve no Rio de Janeiro. Junto ao gramado, muito elogiado pela mídia, pela FIFA e pelos ilustres hóspedes europeus, o clube ganhou bancos de reservas, um dos vestiários – o outro já estava reformado desde 2013 –, coolers, bolas, sacos para material esportivo, cones, traves circulantes, novas traves fixas, novas redes e pintura de todas as instalações do futebol.

Leia mais:

Categoria de base reinaugura gramado da Gávea
Conheça o legado que a Copa deixou na Gávea