Libras

Notícias

Nota Oficial da Presidência

O Clube de Regatas do Flamengo sente-se na obrigação de manifestar publica e oficialmente seu estranhamento diante da concessão de medida liminar em ação popular movida por uma associação de morador

Por - em

O Clube de Regatas do Flamengo sente-se na obrigação de manifestar publica e oficialmente seu estranhamento diante da concessão de medida liminar em ação popular movida por uma associação de moradores do Leblon que visa paralisar as obras do Projeto de Revitalização da Gávea.

Inicialmente, nosso estranhamento deve-se ao fato de o clube estar de posse de todas as licenças necessárias para o bom andamento das obras.

Além disso, impedir a realização do que propomos é não permitir que a iniciativa empreendedora de uma instituição centenária recupere um parque desportivo que prestará serviço social e recreativo a seus associados e às comunidades da zona sul e, conseqüentemente, embeleze e revigore a própria cidade o Rio de Janeiro.

Mas, aproveitamos a oportunidade para informar e tranqüilizar nossos associados e torcedores quanto à participação do Flamengo nas licitações que visam privatizar o “Engenhão” e criar parceria público-privada para a gestão do “Maracanã”.

Julgamos que essas propostas envolvem linhas de atuação complementares ao Projeto de Revitalização da Gávea importantes. Estamos analisando-as, juntamente com nossos técnicos e consultores, e vamos participar das licitações.

Prezado associado. Estamos atentos aos interesses do Flamengo em todas as instâncias.

Flamengo, Flamengo, tua glória é lutar.

Rio de Janeiro, 9 de julho de 2007

Marcio Baroukel de Souza Braga

Presidente