Libras

Notícias

Uma grande vitória para o CT

Clube tem projeto de lei de incentivo aprovado e está apto a buscar R$12,5 milhões para investimentos nos módulos do futebol profissional

Por - em

Ainda à espera dos R$ 5 milhões prometidos pela Prefeitura do Rio, o Clube de Regatas do Flamengo teve aprovado na esfera estadual projeto de lei de incentivo para o Centro de Treinamento George Helal, conhecido como Ninho do Urubu. Com isso, mediante à captação, o Flamengo poderá usar até R$ 12.554.805,03 para investimentos em três módulos do CT. A iniciativa foi aprovada, pois a atual gestão já pagou mais de R$ 50 milhões em impostos, entre correntes e atrasados, em 2013, e recuperou todas as Certidões Negativas de Débito (CND). A diretoria rubro-negra já soma seis projetos aprovados pelo governo.

Agora, a busca é por acordos com empresas que estejam dispostas a ter o nome associado ao projeto. Segundo Alexandre Wrobel, VP de Patrimônio do Flamengo, conversas com algumas empresas já estão em andamento e a tendência é que o clube consiga, até o fim de outubro, uma grande parte do total da verba que pode ser arrecadada. Nas próximas semanas, a diretoria ainda pretende conseguir a aprovação, no âmbito federal, de um projeto que prevê melhorias para outros oito módulos do CT George Helal.

Veja abaixo os detalhes do projeto aprovado.

Lei de incentivo estadual ICMS:

- Valor total: R$ 12.554.805,03 – (doze milhões, quinhentos e cinquenta e quatro mil, oitocentos e cinco reais e três centavos)

- Contempla:

Módulo 16 - alojamento futebol profissional

Módulo 17 – área da imprensa/ musculação/ departamento médico/ vestiários/ departamento técnico do futebol profissional

Módulo 04 - três subestações de energia para todo o CT

90% de urbanização para todo o CT

- Renúncia fiscal do Estado a favor das empresas que se interessarem a usar o ICMS a pagar para patrocinar o projeto.

- Projeto aprovado e publicado no Diário Oficial do Estado em 30/09/13.