Libras

Notícias

O mundo é dos Garotos do Ninho!

Sub-16 faz história, supera o Milan pela segunda vez em dois dias e, assim como em Dubai, é campeão invicto da Verona Soccer Cup.

Por - em
Gigantes! Dez jogos, nove vitórias, um empate e dois títulos. Esse é o saldo da turnê dos Garotos do Ninho da equipe Sub-16, comandados pelo treinador Mario Jorge, por Emirados Árabes e Itália ao longo do último mês. Após a conquista do bicampeonato do Dubai International Championship de forma invicta e atropelando todos os adversários, o Mais Querido repetiu a receita e conquistou o inédito título da tradicional Verona Soccer Cup na tarde desta quarta-feira (01), também de forma invicta e superando o gigante europeu Milan duas vezes em dois dias. 



Na grande final, o Flamengo massacrou a equipe milanesa durante todo o tempo regulamentar, criou inúmeras chances e viu a bola teimar em não entrar. Acuado e sem nem sequer conseguir passar do meio de campo, o Milan apenas se defendia e rezava para o jogo acabar. Por um momento, a reza forte deu certo para os italianos. Mas nas penalidades, a concentração e a qualidade técnica rubro-negras falaram mais alto, o Mais Querido venceu por 3x1 (Diego, Richard e Ryan Luka) e comemorou o segundo título internacional da categoria em 2019, com muita justiça e merecimento.

O jogo 

O Flamengo começou melhor e pressionando em busca do gol. Aos dois minutos, Richard cruzou rasteiro na área e a bola passou a centímetros de Ryan Luka, que por muito pouco não tocou para abrir o placar. Aos nove, Victor Hugo cabeceou e a bola passou perto da trave direita da equipe de Milão. O Mais Querido era superior em campo, e o primeiro gol amadurecia. Aos 16 minutos, Kayque fez grande jogada pela direita e cruzou na cabeça de Ryan Luka, mas a zaga cortou na hora exata e afastou o perigo.

Aos 23 minutos, após bela triangulação envolvendo João Pedro e Richard, Victor Hugo tentou o chute cruzado e mais uma vez foi bloqueado pela marcação milanesa. O domínio e superioridade rubro-negros no jogo eram gritantes. Aos 25, Daniel Campos arriscou de fora da área e o goleiro italiano fez grande defesa, espalmando para escanteio. No último lance antes do intervalo, Ryan Luka invadiu a área e bateu para mais uma boa defesa do arqueiro do Milan. O árbitro apitou o fim da primeira etapa, e o que se viu foi o elenco rubro-negro lamentando o placar, enquanto que o gigante europeu agradecia pelo resultado de zero a zero.



O duelo permaneceu igual no segundo tempo. Logo aos três minutos, Arthur bateu da entrada da área, levando perigo ao gol do Milan. Aos oito, Daniel Campos fez ótima jogada e deu bonito passe para João Pedro, que teve o chute travado dentro da área. Aos 13 minutos, João Pedro fez fila, invadiu a área e rolou bola açucarada para Ryan Luka. Livre de marcação, ele pegou mal na bola e praticamente recuou para o goleiro. 

O Flamengo criava muito, massacrava o adversário mas a bola teimava em não entrar. Aos 18 minutos, João Pedro bateu forte, à direita da baliza. Aos 21, João Pedro conduziu em velocidade até a entrada da área e bateu rasteiro, para mais uma defesa do goleiro italiano. Aos 26, nova chegada do Mais Querido. Kayque apoiou muito bem e cruzou para João Pedro, que testou sobre o gol, na última chance dos Garotos do Ninho durante o tempo regulamentar.

Nos pênaltis, frieza, concentração e muita qualidade técnica

Vieram, então, as cobranças de penalidades. Sem se abalarem, os Garotos do Ninho mantiveram a concentração e a tranquilidade no nível mais alto. Diego, Richard e Ryan Luka marcaram, os italianos desperdiçaram três cobranças e, com muito merecimento e justiça, o Flamengo venceu por 3x1 e o futebol de base rubro-negro pôde comemorar mais um título internacional na temporada. Vamos, Flamengo!



Flamengo: Hugo, Kayque, Diego, Kaiky, Richard; Arthur, Daniel Campos, Victor Hugo; João Pedro, Oliveira e Ryan Luka. Treinador: Mario Jorge.