Libras

Notícias

Sub-13 e Sub-15 são campeões da Aldeia Cup e aumentam recorde de títulos da base rubro-negra em 2019

Garotos do Ninho conquistam torneio de forma invicta nas duas categorias. Flamengo soma 24 troféus na base, e a temporada ainda não acabou!

Por - em
No ano mais vencedor da história de seu futebol de base, o Flamengo não se cansa de gritar “É Campeão”! Na manhã deste sábado (14), os Garotos do Ninho das equipes Sub-13 e Sub-15 foram campeões invictos da Aldeia Cup, competição nacional de alto nível disputada na cidade de Camarangibe, em Pernambuco, no bem estruturado CT do Retrô, e aumentaram para 24 o impressionante número de títulos conquistados pela base do Mengão em 2019.

O Sub-13, comandado pelo treinador Leonam Kasali, entrou em campo às 9 horas com o retrospecto de quatro vitórias em quatro jogos na caminhada para a final, disputada contra o Corinthians. Os paulistas saíram na frente aos 19 minutos de jogo. Muito focados e tranquilos em campo, os Garotos do Ninho não se abalaram e construíram a virada a partir do gol de empate do artilheiro David, aos 23 minutos. O duelo era muito equilibrado, mas aos três minutos da segunda etapa, Arthur Manoel fez o segundo gol do Mais Querido, que garantiu o título com 100 % de aproveitamento.

“Foi uma competição de altíssimo nível, com grandes times do Brasil inteiro. Saio daqui muito feliz pelo desempenho coletivo e individual dos nossos atletas, e por termos apresentado já na categoria Sub-13 um futebol eficiente e maduro, vencendo cinco excelentes confrontos contra equipes bem qualificadas e organizadas. Certamente será de fundamental importância na formação e evolução de nossos atletas”, disse o treinador Leonam Kasali.

Logo na sequência, o Sub-15, comandado pelo treinador Mario Jorge, entrou em campo para a final da categoria, contra os anfitriões do Retrô FC. Aos 15 minutos de jogo, o camisa 10 Victor Hugo abriu o placar, após assistência de Petterson. O Flamengo era muito mais time, e ampliou aos dez minutos da segunda etapa, novamente com gol de Victor Hugo, após assistência de Petterson. Fim de jogo, 2x0 no placar, e mais festa dos Garotos do Ninho em Pernambuco.

“Assim como o Leonam disse, jogamos aqui uma competição muito bem organizada, e com nível técnico e competitivo alto nas duas categorias, o que é ótimo para nossos atletas, em todos os sentidos. No Sub-15, tínhamos quatro grandes equipes do nordeste, além de nós, do Palmeiras e do Corinthians, o que elevou em muito a dificuldade e o tamanho de nossa conquista. Apesar de não jogarmos desde o fim de outubro, nossa equipe se comportou muito bem ao longo de todo o campeonato, superando uma maior dificuldade com relação à perda do ritmo de jogo na estreia, quando empatamos com o Náutico após sairmos perdendo por 2x0, e crescendo muito no decorrer dos jogos. Agradeço a todos pelo foco e entrega, e fico muito feliz e orgulhoso em terminar a temporada mais difícil da história do clube podendo contribuir, demonstrando nosso enorme poder de superação e conquistando esse título tão importante, que aumenta a soma final do nosso recorde de troféus em uma mesma temporada”, finalizou o treinador Mario Jorge.