Libras

Notícias

Sub-20 vence a Chapecoense fora de casa e volta à liderança isolada do Campeonato Brasileiro

Vitória por 3x1 na Arena Condá recoloca os Garotos do Ninho na ponta da tabela. Atlético MG é o próximo adversário, na Gávea.

Por - em
Em partida disputada na tarde desta quarta-feira (04) na Arena Condá e válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da categoria, a equipe Sub-20 do Flamengo, comandada pelo treinador Mauricio Souza, conquistou importante vitória sobre a Chapecoense por 3x1 (Rodrigo Muniz, Gabriel Noga e Matheus França), resultado que recoloca os Garotos do Ninho na liderança isolada da competição nacional, agora com 30 pontos conquistados. O Palmeiras, que foi derrotado na rodada pelo Grêmio por 2x1, tem 29. Na próxima rodada, o Mais Querido recebe o Atlético MG (6º colocado), na Gávea. O duelo está marcado para a quarta-feira (11), às 15 horas, e terá transmissão ao vivo do Globoesporte.com. 

O Flamengo começou o jogo pressionando muito a saída de bola da equipe catarinense, ação que ocasionou boas chances de gol. Aos cinco minutos, após a segunda roubada de bola próxima à área da Chapecoense, Matheus França invadiu a área em velocidade e bateu cruzado, mas teve seu chute bloqueado pela zaga. Aos sete minutos, Rodrigo Muniz pressionou o goleiro e conseguiu mais um roubo de bola. Denilson rolou para Yuri, que soltou uma bomba. Igor Campos se recuperou e fez bela defesa, espalmando para escanteio. 

O Mais Querido era muito mais perigoso, e se aproximava do primeiro gol. Aos 11 minutos, Richard Rios bateu da entrada da área, e Igor Campos defendeu sem dar rebote. Atuando em casa, a Chapecoense finalmente foi ao ataque e criou oportunidades aos 18 e aos 20 minutos, mas a zaga rubro-negra se portou bem e evitou maiores danos nos dois lances. 

A partir daí, o Flamengo fez uma verdadeira blitz ofensiva em busca do primeiro gol e deixou a Chapecoense acuada em seu próprio campo defensivo. Aos 25 minutos, Richard Rios cruzou na área, Rodrigo Muniz não alcançou no alto e, na sobra, Denilson teve o chute travado pela zaga. Aos 29, Wendel bateu cruzado para fora. Dois minutos depois, Richard Rios rolou para a chegada de Rodrigo Muniz, que bateu cruzado de primeira. A bola saiu tirando tinta da trave direita de Igor Campos. Aos 33, foi Yuri quem bateu cruzado para mais uma defesa do goleiro Igor Campos.

A segunda etapa foi diferente e teve três gols em menos de dez minutos. Logo aos dois minutos de jogo, a zaga da equipe da casa saiu jogando errado e Rodrigo Muniz não perdoou. Atento, o centroavante roubou a bola, deu belo drible da vaca no goleiro Igor Campos e abriu o placar para os Garotos do Ninho. No minuto seguinte, porém, Fernando tentou o cruzamento, a bola pegou um efeito inesperado e morreu no fundo das redes do gol de Hugo Souza, deixando tudo igual novamente no marcador. Mas por pouco tempo.

Aos oito minutos, o Mais Querido fez o segundo. Yuri cobrou o escanteio na cabeça de Gabriel Noga, que subiu muito e testou com estilo para recolocar o Flamengo na frente do placar. Mas o Rubro-Negro não estava satisfeito, e queria matar o jogo. Aos 33 minutos, em seu primeiro toque na bola, Pedro Arthur bateu cruzado e Igor Lemos fez a defesa em dois tempos. No minuto seguinte, Rodrigo Muniz bateu cruzado e a bola passou raspando a baliza da equipe de Chapecó. 

Já nos acréscimos, saiu o terceiro. Pedro Arthur bateu cruzado, o goleiro deu rebote e Matheus França encheu o pé, para estufar as redes e garantir a nona vitória rubro-negra em 13 jogos, que recoloca os Garotos do Ninho na liderança isolada do Brasileirão Sub-20.

Flamengo: Hugo Souza, Matheus França, Natan, Gabriel Noga, Ramon; Luiz Henrique (Gustavo), Richard Rios (Yuri de Oliveira), Denilson (Gomes); Wendel (Lucas Gabriel), Yuri (Pedro Arthur) e Rodrigo Muniz. Treinador: Mauricio Souza.