Libras

Notícias

Craque o Flamengo faz em casa: projeto de futebol feminino vai investir ainda mais na formação

Clube anuncia novidades no departamento, que passa a ter André Rocha como coordenador

Por - em

O futebol feminino rubro-negro agora tem uma nova estrutura. Com vasta experiência no futebol mineiro, André Rocha, que está há quatro anos no Rio e tinha outra função no clube, assume como coordenador da modalidade. O intuito é melhorar ainda mais o departamento.

Foto: Paula Reis / CRF

"O feminino está crescendo a passos largos e o Flamengo está se preparando de maneira eficiente para acompanhar o crescimento e desenvolvimento do esporte. É um orgulho imenso comandar todo departamento do maior clube do país e um grande desafio também. Queremos seguir o exemplo do masculino e o nosso maior objetivo é ser referência nacional. Temos um planejamento a médio prazo bem organizado para isso. Sempre que o Manto Sagrado estiver em campo, não vai faltar esforço para entregar o melhor futebol", afirmou André.

Várias mudanças já aconteceram, como a implementação de um departamento médico exclusivo, com profissionais qualificados. Além disso, a comissão técnica ganhou cinco novos membros para a temporada. Diante do cenário, base e profissional vão caminhar na mesma direção.

Neste início de 2021, o Flamengo já anunciou sete contratações para a equipe profissional, fez ótima campanha no Brasileirão Sub-18, teve atletas convocadas para seleção de base e recebeu a visita da técnica sueca Pia Sundhage, que assistiu ao treino no CEFAN ao lado da auxiliar Bia Vaz, ex-jogadora do Mais Querido. No Carioca adulto, as Meninas da Gávea estão invictas (5 vitórias) e em busca do hexa consecutivo. Outra novidade é que, pela primeira vez na história, o clube aprovou projetos incentivados destinados exclusivamente à modalidade. Vale ressaltar que, atualmente, várias meninas formadas no clube pelo treinador Marcos Gaspar, estão no grupo de cima. Tudo isso sob o comando de Vitor Zanelli, vice-presidente de Futebol de Base, Feminino e Futsal.

Foto: Paula Reis / CRF

"Estamos construindo um Flamengo cada vez mais forte no futebol feminino. Temos investido e trabalhado muito para conquistar títulos e formar atletas, nossos dois principais objetivos. Esse projeto começou em 2019 e sempre foi tratado com carinho. Tenho certeza que vamos continuar crescendo bastante", finalizou Zanelli.