Libras

Notícias

De volta aos trabalhos, Abel Braga elogia elenco do Flamengo e já foca no duelo contra o Peñarol

Treinador está de volta ao comando da equipe e já prepara o Mais Querido para encarar o Peñarol

Por - em



A preparação para a terceira rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores começou na tarde desta segunda-feira (01) e com Abel Braga no Ninho do Urubu. O treinador comandou o treino, mas antes do inícios das atividades, os atletas fizeram uma homenagem ao professor.

"Isso foi emocionante. Me levou às lágrimas. Tínhamos tudo planejado, as substituições, etc... Não tinha percebido que eram oito jogadores da casa. Se tiverem gestão de carreira, têm tudo para ter um futuro bom."

"O torcedor tem que se orgulhar desse grupo. Não vai ganhar tudo como se fala. Mas podem sentir orgulho. Os valores morais estão muito altos", completou. 

Por orientação médica, Abel não comandou a equipe na final da Taça Rio e falou sobre a emoção de ter que acompanhar de casa. 

"Não precisava ser tanta (emoção). Existe convicção, o jogo começou a ser preparado na quarta. Já tinha dito que eles iam jogar. Foi tudo muito bem colocado, dentro dos prós e contras. Quer coisa mais importante do que a vitória ontem? Foi ver todos os titulares lá, sem ninguém precisar falar nada. Eles se reuniram e foram ao estádio apoiar." 

O comandante rubro-negro aproveitou para analisar o Peñarol e avisou que quarta-feira ele não fica de fora de jeito nenhum. 

"Peñarol tem muito peso. Melhoraram bastante depois da estreia com derrota. Três vitórias consecutivas na Libertadores não sei se o Flamengo já conseguiu. Nesse jogo em não poderia ficar fora".

Confira outros trechos da coletiva de Abel Braga

Evolução da equipe

Nós chegamos querendo melhorar o que sentimos que não estava legal em tempos anteriores. Disse isso a eles. Tínhamos que fazer um pouco mais. Torcida bota 50, 60 mil no estádio. Ela vê que o time está ligado. Isso os jogadores entenderam, estão com uma pegada boa.

Domingo da decisão

Acordei tranquilo, feliz por dormir em casa. Vi meus seriados, li meus livros, fizemos almoço em família e depois assistimos ao jogo, todos bem vestidos (risos). É importante ter uma noção exata do clube onde você está. 

Treino de segunda-feira

Com toques limitados, mas sempre pressionando o adversário. Isso custou um pouco de tempo. Não se muda filosofia da noite para o dia. Tem que fazer o que a consciência diz. Eles estão entendendo isso. Tivemos um nível de evolução bom, mas estamos buscando melhorar.

Elenco

Falei aos jogadores sobre os valores. Sobre o motivo de não pegar time no meio de competição. A forma de olhar no jogador é diferente. Acredito neles, e eles acreditam em mim. Isso acontece com o tempo, com as adversidades. Tivemos só uma derrota no ano.