Libras

Notícias

Flamengo faz 3 a 0 e garante classificação na Copa do Brasil

Rubro-negro venceu o Murici (AL), fora de casa, com gols de Ronaldinho, Renato e Negueba

Por - em
O sorriso mais famoso do Flamengo brilhou nesta quarta na cidade sorriso, como é conhecida Maceió, capital de Alagoas. Diante do Murici (AL), pela primeira rodada da Copa do Brasil, o Rubro-negro venceu por 3 a 0 e garantiu a classificação antecipada para a próxima fase. Ronaldinho, o dono do citado sorriso, deixou o seu, o primeiro do Fla, de cabeça.

Com o resultado, o Flamengo espera a definição do adversário da segunda fase, que sairá do duelo entre Fast Clube (AM) e Fortaleza (CE). O próximo confronto rubro-negro será pela semifinal da Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual, diante do Botafogo, às 16h, no Engenhão.

Jogo truncado
Na primeira etapa, poucas chances de gol para o Flamengo. Até os 15 minutos, as duas equipes se estudavam muito, deixando poucos espaços para a criação de jogadas. Preocupado em não dar chance para o azar, o Murici congestionava bastante o meio de campo.

A tática fez efeito e o Flamengo só conseguiu assustar a meta adversária aos 20 minutos. Ronaldinho tabelou com Thiago Neves, recebeu a bola dentro da área, tentou passar pelo zagueiro, mas teve seu chute bloqueado. Logo em seguida, resposta do Murici. Everlan recebe bola na área, chuta forte, mas Felipe defende bem.

O jogo esquentou e o Flamengo respondeu. Aos 24 minutos, Ronaldinho lançou Thiago Neves. O meia avançou pela esquerda e cruzou para Deivid, que completou para o gol, acertando, caprichosamente, a trave. Sem dar tempo da torcida rubro-negra comemorar o bom momento, a equipe alagoana mostrou sua força. Alexsandro teve ótima chance de marcar, mas novamente Felipe apareceu para impedir.

A correria deu um tempo no Rei Pelé e o marasmo voltou a dar as caras. Somente aos 39 minutos o Flamengo voltou a levantar seus torcedores. Ronaldinho achou Thiago Neves dentro da área. O meia acabou se enrolando na hora de concluir e perdeu uma boa chance.

Mais pressão
Veio o intervalo e o técnico Vanderlei Luxemburgo preferiu não mexer no time. Ele pediu mais pressão na saída de bola adversária, mas acabou não surtindo tanto efeito. Sendo assim, o treinador rubro-negro sacou dois jogadores logo aos nove minutos: entraram Egídio e Fierro; saíram Welinton e Maldonado.

O Flamengo passou a ter mais posse de bola e voltou a assustar o Murici aos 15 minutos. Ronaldinho passou por três jogadores e cruzou. Thiago Neves não conseguiu chegar para concluir para o gol, totalmente aberto. Em seguida, o camisa 7 arriscou de longe e obrigou o goleiro adversário a fazer uma boa defesa.

Brilha o sorriso rubro-negro
Tudo indicava que o gol rubro-negro estava próximo. E estava mesmo. Depois de uma bela troca de passes do meio de campo rubro-negro, Léo Moura recebeu de Fierro, sozinho na ponta direita. Ele caprichou no cruzamento, colocando a bola na cabeça de Ronaldinho Gaúcho, que cabeceou para o chão, no contrapé do goleiro. 1 a 0 Flamengo e festa, muita festa nas arquibancadas do Rei Pelé.

Os gritos incendiaram o time dentro de campo e uma verdadeira blitz foi montada no campo do Murici. Pressionando bastante o adversário, o Flamengo conseguiu chegar ao segundo gol, aos 27 minutos. Negueba fez grande jogada e sofreu falta, por trás, na ponta direita. Renato assumiu a responsabilidade de bater e fez o que sabe: bola na rede.

E se na hora do segundo gol do Flamengo a chuva já caia, ainda fraca, poucos minutos depois determinou a diminuição do ritmo de jogo. Com o resultado garantido, o Rubro-negro se arriscava somente nas boas. E uma dessas boas veio aos 46 minutos. Ronaldinho achou Thiago Neves, que deu passe açucarado para Negueba. A jovem promessa rubro-negra teve calma e tocou no canto do goleiro do Murici. 3 a 0 e classificação mais que garantido.

Parabéns merecido
O Clube de Regatas do Flamengo faz questão de parabenizar um de seus ídolos, aniversariante do dia. Julio Cesar "Uri Geller" completou anos nesta quarta-feira.

Murici 0 x 3 Flamengo
Local: estádio Rei Pelé, Maceió (AL)
Data-Hora: 16/02/2011 - 22h (de Brasília)
Árbitro: Jailson Freitas (BA)
Renda/público: R$ 662.500/ 15.100
Gols: Ronaldinho, Renato e Negueba.
Cartão amarelo:
Cartão vermelho: não houve.

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Welinton (Egídio 9'/2ºT ), David e Ronaldo Angelim; Maldonado (Fierro 9'/2ºT), Willians, Thiago Neves, Ronaldinho e Renato; Deivid (Negueba 18'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Murici: Dias, Alex Murici, Nado, Sinval e Paulinho; Gueba, Serginho, Gustavo (Edvaldo 10'/2ºT), Everlan; Josy e Alexandro(Franco - intervalo). Técnico: Gilmar Baptista.