Libras

Notícias

"Reservas" motivados para o clássico

"Quem vai entrar precisa mostrar que pode ser titular - afirmou Obina, ídolo da torcida. - Eu me sinto como um 13º jogar, porque o 12º é a torcida"

Por - em

A decisão do técnico Joel Santana de poupar os titulares para o clássico de amanhã, contra o Fluminense, no Maracanã, não fará com que o time entre com menos disposição em campo. Essa é a promessa dos escolhidos pelo treinador para enfrentar o tradicional rival. Ídolo da torcida, o atacante Obina acredita que esse é o momento de todos mostrarem que estão sempre prontos para ajudar o Flamengo a vencer.\ - A responsabilidade de quem vai entrar aumenta muito. A gente sempre diz que está pronto para ajudar, então o momento é esse. Quem vai entrar precisa mostrar que pode ser titular - afirmou o atacante, ídolo da torcida. - Eu me sinto como um 13º jogar, porque o 12º é a torcida. Vamos jogar o clássico com responsabilidade, sabendo que é preciso honrar a camisa do Flamengo.\ O pentacampeão mundial Kleberson concorda com o companheiro. Para ele, apesar de as equipes entrarem sem os titulares, o torcedor exigirá a vitória.\ - Em Fla-Flu nunca haverá facilidade. Grandes jogadores estarão em campo e a partida sempre será um clássico. A minha motivação é maior ainda - assegurou.\ Enquanto os jogadores relacionados para o clássico participaram de um treino recreativo na Gávea, os titulares fizeram uma atividade física na praia do Leblon.\

\