Libras

Notícias

Multicampeã pelo Flamengo, Georgette Vidor é a convidada do ‘Papo Virtual’ da FlaTV

Coordenadora Técnica rubro-negra retornou ao clube no início do ano

Por - em
Coordenadora Técnica de Ginástica Artística do Flamengo, Georgette Vidor foi a convidada do ‘Papo Virtual’ da FlaTV na última quarta-feira (10). A rubro-negra falou sobre o seu retorno ao clube, os títulos pelo Mais Querido, o trabalho com as categorias de base e muito mais. Confira abaixo alguns trechos:

Retorno ao clube
“O Flamengo é um clube campeão. A ginástica é um esporte vencedor e a nossa meta não é somente conquistar títulos, mas também trabalhar para que nossas ginastas possam estar na Seleção Brasileira. O meu retorno é bem isso, fazer com que o Flamengo continue conquistando vitórias e tendo representatividade na equipe nacional”.

Títulos pelo Flamengo
“Tenho onze títulos de Brasileiro Adulto Feminino pelo clube. Fui treinadora de quase 50 ginastas no total, e dessas, 35 ou mais eram do Flamengo. Consegui fazer com que essas atletas entrassem para a Seleção Brasileira em competições sul-americanas, Jogos Pan-Americanos, campeonatos mundiais e Olimpíadas. Então é uma história longa e de muito sucesso. Acho que não existe nenhum clube na ginástica artística feminina do Brasil que tenha tido tanto sucesso quanto o Flamengo”.

Trabalho com os jovens talentos
“Posso dizer que o campeão já nasce com uma qualidade credenciada. Ele é capaz de suportar uma grande carga de treinamento e aguentar pressões. Isso acontece em qualquer esporte. No individual, como é o caso da ginástica, quando escolhemos uma criança e enxergamos que tem futuro, ela também já demonstra o tipo de caráter e personalidade. Ela vai demonstrando no decorrer dos treinamentos que tem a capacidade de suportar a pressão, a dor e a cobrança dos treinadores”.

Ginástica Artística rubro-negra
“Hoje, o Flamengo tem uma categoria Infantil muito boa, que vai dar bons frutos ao clube no futuro. Estamos trabalhando a geração adulta e, ao mesmo tempo, esperando essas meninas crescerem. Talvez nos próximos Jogos Olímpicos, o Fla ainda não tenha uma grande representação na Seleção Brasileira, mas acredito que, em 2028, tenhamos uma quantidade significativa de representantes na equipe nacional. Essa é a minha proposta”.


As equipes de ginástica artística do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.