Libras

Notícias

Conselho dos Grandes Beneméritos lança Comenda Máxima de Honra em coquetel na Gávea

Homenageados receberam medalhas das mãos de seus padrinhos e madrinhas em noite de grandes rubro-negros

Por - em
Na noite desta quarta-feira (30), a Mesa do Conselho dos Grandes-Beneméritos do Flamengo encheu o Salão Nobre da sede social da Gávea com ilustres rubro-negros para o lançamento da Comenda Máxima de Honra. A medalha será entregue a partir de agora a cada associado que venha a ser honrado com os títulos honoríficos, juntamente com o diploma correspondente, sempre na solenidade de aniversário do Flamengo, já tradicionalmente promovida pelo Conselho Deliberativo.

No coquetel, além de presidente, vice-presidente e secretário do Conselho dos Grandes-Beneméritos, Moyses Akerman, Tulio Cristiano Machado Rodrigues e Sydney Marcelo, respectivamente, estiveram presentes outros conselheiros, ex-presidentes do clube e até o ídolo Maestro Junior, que foi padrinho de George Helal. Na solenidade, o Vovô Garoto expressou todo carinho que sente por Helal, ex-mandatário rubro-negro que dá nome ao Centro de Treinamento de Vargem Grande, figura importantíssima na história do Flamengo e em sua trajetória pessoal.

Maestro Junior e George Helal (Divulgação/ Flamengo)"Recebi com muita honra e muito orgulho esse chamado para ser padrinho do Seu George, que é o único ex-presidente - com todo respeito a todos os outros - que eu chamo de senhor, porque ele acompanhou praticamente toda a minha carreira desde a minha chegada ao Flamengo, em 1973, até minha despedida como jogador, em 1993. São 20 anos de história aqui e uma amizade que dura até hoje com esta figura ímpar. Sobretudo porque sempre ajudou muita gente. Desde lá atrás, no início de tudo, conhecemos a generosidade dele", elogiou Junior, seguido por Helal, que não poupou elogios e agradecimentos ao eterno craque.

"É um prazer muito grande estar aqui. Você sabe que te amo, amo sua esposa, sua família. Você é um exemplo como homem e atleta que não se vê mais hoje em dia. Você sabe o quanto te admiro. Aproveito para agradecer ao Moyses e a todos os demais pela ideia", discursou o ex-presidente.

As primeiras Comendas foram outorgadas aos Grandes-Beneméritos em atividade, tendo cada uma o nome de cada homenageado. As futuras Comendas também terão os nomes dos agraciados. Na próxima sessão de trabalhos, serão criados os títulos de "Amigos da Nação Rubro-Negra", a serem conferidos àqueles que venham a merecer tal honraria por serviços ou méritos prestados ao Mais Querido em qualquer segmento da Sociedade Brasileira ou Internacional, como explicado por Moyses Akerman.

"Entendemos nesta nova gestão que deveríamos estender as honrarias e transformar tudo em uma grande festividade. Desta forma, criamos as Comendas, que representam mais uma honra, um mérito acima de tudo, além dos diplomas já entregues tradicionalmente. Entendemos que os Grandes-Beneméritos merecem essa honra por fazerem parte da história do clube. Já os títulos de "Amigos da Nação Rubro-Negra" se assemelham ao Cidadão Rubro-Negro. Todos aqueles que prestarem algum tipo de amizade ao Flamengo serão também consagrados", finalizou Akerman.