Libras

Notícias

Flamengo lança projeto “Ombro a Ombro” voltado à qualificação profissional e geração de renda

Projeto da Responsabilidade Social do CRF em parceria com a "Aldeias Infantis SOS Brasil" trabalhará com mulheres brasileiras e venezuelanas

Por - em

Foto: Paula Reis / CRF

Na última quarta-feira (15), o Flamengo lançou o projeto “Ombro a Ombro”, que atuará com 40 mulheres, brasileiras e refugiadas venezuelanas, na capacitação profissional em costura. Ao longo do curso, com duração de 4 meses, elas aprenderão os fundamentos de corte, modelagem, costura e acabamentos de peças de vestuário básico, além de orientações sobre inserção profissional e empreendedorismo.

Essas atividades vão possibilitar a geração de renda, a inclusão social e o desenvolvimento de autonomia para as mulheres participantes. Pelo projeto, as alunas também terão a oportunidade de aprender técnicas de produção a partir do reaproveitamento de resíduos têxteis e plásticos, aliando sustentabilidade à inclusão social.

Como principal objetivo, o “Ombro a Ombro” visa transformar realidades por meio da capacitação profissional e geração de renda, dando às mulheres de contextos socialmente vulneráveis novas perspectivas de exercer uma atividade profissional para obter seu sustento e de sua família, além de melhorar sua autoestima.

Com aulas três vezes por semana, o projeto acontece na Casa de Oportunidades, no Itanhangá, espaço onde ocorrem vários cursos profissionalizantes que beneficiam os moradores do Morro do Banco e os refugiados venezuelanos acolhidos pelo programa “Brasil Sem Fronteiras”.

A Casa de Oportunidades fica localizada na Rua Jardim do Seridó, nº 200, no Itanhangá-RJ.