Libras

Notícias

Flamiguinhos supera expectativas e já tem mais de 40 mil inscritos

Novo canal infantil do Flamengo se aproxima de 400 mil visualizações

Por - em


Lançado pelo Flamengo na noite da última sexta-feira (6), o canal Flamiguinhos atingiu 40 mil inscritos em menos de 72 horas no ar, com mais de 371 mil visualizações dos cinco primeiros desenhos animados musicais até a tarde desta terça-feira (10). Assunto recorrente nas redes sociais ao longo do final de semana, o projeto lançado pelo clube em parceria com a Grajaú Filmes recebeu destaque nas principais publicações do mercado esportivo nacional. O Flamengo atualmente é o único clube no país que conta com uma produção de desenho animado infantil com temáticas e músicas exclusivas. 
 
O vice-presidente de Comunicação e Marketing do Mais Querido, Gustavo Oliveira, exalta os vídeos que já são febre na web.
 
"Todo conteúdo infantil tem que traduzir os valores do Flamengo. Por esses motivos não nos surpreendemos com o engajamento e números desde o lançamento. Já conseguimos ver pelos comentários dos torcedores o quanto os vídeos e músicas emocionam e representam verdadeiramente a Nação. Agora o amor pelo Mengão, que já vem de berço, será ainda mais forte nos corações dos pequenos rubro-negros", disse o dirigente, acompanhado por Caetano Marcelino, gerente Direitos de Transmissão do clube.
 
"O canal Flamiguinhos foi uma demanda que identificamos e conseguimos, em parceria com a Grajaú Filmes, entregar um conteúdo de alta qualidade para o nosso torcedor. Mais do que isso, ainda pudemos representar toda a diversidade da nossa torcida. Prezando por essa pluralidade, não por acaso os personagens são diferentes e complementares. E tudo isso traduz a dimensão da Nação Rubro-Negra”, celebra Marcelino.
 
"Os números superaram nossa expectativa inicial, e o grande engajamento da Nação fez o canal já partir de um grande volume de inscrições e visualizações. Com os próximos desenhos e músicas, que já estão sendo produzidos e estarão no ar nas próximas semanas, esperamos manter esse engajamento, que tem sido surpreendente não só no canal Flamiguinhos no YouTube, mas também nas redes sociais", aponta Wagner Corrêa, sócio da Grajaú Filmes. 
 
Um dos grandes sucessos do canal, a música "Filha, Quer Saber?” mexeu com os corações rubro-negros. No Twitter, um das redes sociais mais ativas dos perfis oficiais do clube, foram muitos os relatos emocionados dos “grandinhos". "Lembrei da infância vendo jogo com meu pai”, comentou @Lika_Rasoli. "Me senti conectada de uma forma única", reforçou @Feeh_Ponce. E @inacio_ferreira completou. "Infância eu tive, o que eu não tive foi o Flamiguinhos”. 
 
Autor da canção, o compositor André Diniz, que assina sambas premiados no carnaval carioca, vê no projeto um dos pontos altos de sua carreira. "Ao lado de 'Festa no Arraiá', samba campeão da Vila Isabel de 2013, o Flamiguinhos é a realização concreta de um sonho, inspirado na minha filha e no meu pai”, ressalta Diniz, rubro-negro com vasta participação em ações ligadas ao clube, como o álbum de 1995 de músicas que celebravam os 100 anos do Flamengo, em que o cantor João Bosco interpretou Centenário da Paixão, música de autoria de Diniz.
 
Paralela à carreira como músico, Diniz é professor de História há 30 anos. "Ao lado do meu parceiro Wladimir Corrêa, que também é professor, temos a preocupação de compor com sensibilidade e cuidado com os pequenos, sem perder a alegria”, pontua.
 
A canção "Filha, Quer Saber?" é mais uma homenagem de Diniz ao maior ídolo do futebol rubro-negro Zico. Diniz também é compositor da música “Zico 60 anos”. “Junto com meus parceiros Arlindo Cruz e Bocão, a homenagem ao Galinho no seu 60º aniversário é um dos meus grandes orgulhos como rubro-negro". 
 
Outro sucesso do canal Flamiguinhos, a música "Flamengo Lá no Fundo do Peito" destaca que "não importa o endereço” para ser rubro-negro. Um exemplo é o pequeno Henrique Rosso Gomes, de 6 anos, nascido em Alegrete, no Rio Grande do Sul, e único flamenguista entre os coleguinhas da escola - como ele faz questão de contar ao pai, Felipe Gomes, carioca e rubro-negro de 33 anos, há 15 anos radicado no sul do país. 
 
Henrique "interpreta" o pequeno gaúcho que aparece no vídeo. "Quando ele reconheceu a própria voz na música ficou feliz, mostrou para os primos. Eu e minha esposa, que é colorada, nos emocionamos”, conta Felipe. A canção conta com áudios de crianças de várias partes do país e do mundo. “Eu e o Henrique temos essa conexão: todo título do Fla tiramos uma foto, desde que ele estava na barriga da mãe”. Felipe conta que os Flamiguinhos vieram no momento certo. "O Henrique se identificou na hora, sabe que não precisa ser do Rio de Janeiro pra ser Flamengo", diz orgulhoso. 
 
Entre centenas de relatos emocionados, é André Diniz quem resume o sentimento dos sócios da Grajaú Filmes e parceiros do clube no canal. "É recompensador ver as pessoas relatando o amor e gratidão pelos pais, e também lembrando dos já se foram”, pontua Diniz. "Do orgulho de já ter tido parceiros como como Jorge Aragão, Martinho da Vila e Dudu Nobre, entre tantos, ver este projeto no ar com essa repercussão tão vibrante é um dos pontos máximos da minha trajetória”, finaliza.