Libras

Notícias

Sarah Menezes conquista o bronze no Grand Prix de Montreal

Rubro-negra derrotou Irem Korkmaz, da Turquia, por waza-ari

Por - em
Foto: IJF.org
A rubro-negra Sarah Menezes voltou a subir no pódio no Circuito Mundial de Judô. Na última sexta-feira (05), a campeã olímpica garantiu a medalha de bronze no Grand Prix de Montreal, no Canadá, ao derrotar a turca Irem Korkmaz com um waza-ari.

Em sua estreia na competição pela categoria Meio-Leva (52kg), a piauiense conquistou uma vitória segura por ippon ao derrotar a americana Alaine Abuan e se garantiu nas quartas. Nesta fase, a rubro-negra sofreu um waza-ari e não conseguiu superar a israelense Gefen Primo. 

Diante disso, Sarah precisou disputar a repescagem e teve amplo domínio da luta, projetando Ecatarina Guica nos segundos iniciais do combate e se defendendo bem dos ataques de solo da adversária canadense. Em seguida, a brasileira conseguiu uma nova projeção e avançou para a disputa do bronze.

No duelo decisivo, a rubro-negra abriu um waza-ari de vantagem logo no início e administrou a luta até o final para conquistar sua segunda medalha de bronze nesta temporada. A primeira foi no Campeonato Pan-Americano de Lima, em abril, no Peru.

Em quatro competições internacionais em 2019, Sarah Menezes brigou por medalhas em três ocasiões. Em Montreal, a piauiense somou mais 350 pontos no ranking, que vale vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.


As equipes de judô do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.