Libras

Notícias

Flamengo é campeão do Torneio de Figuras de Nado Artístico Infantil

Giovana Faria e Ana Clara de Almeida conquistaram medalhas de ouro para o Mais Querido

Por - em
O vitorioso nado artístico do Flamengo mostrou, neste sábado (12), que o futuro da modalidade também é promissor. No Torneio de Figuras, realizado na piscina do Tijuca Tênis Clube, Giovana Faria e Ana Clara de Almeida conquistaram o ouro nas categorias Infantil Principiante e Infantil Nível A, respectivamente.

Marina Valadão, treinadora do Mais Querido, comemorou o resultado.

"Foi bem disputado o campeonato. Ganhamos medalhas, mas acho que o mais importante foi o crescimento técnico da equipe se comparado com o I Torneio. O destaque fica para nossas atletas do Infantil que, pela primeira vez, também competiram Juvenil", afirmou a técnica.

Com pontuação de 56.8451, Ana Clara foi a atleta mais eficiente, ficando à frente de 12 nadadoras do Estado do Rio de Janeiro. Outras cinco rubro-negras competiram no Nível A: Nicole Shinohara ficou em sexto lugar, com 53.9484 pontos; Thamirys da Conceição, em 8º (53.4930); Leonora Jareta, em 9º (53.3662); Giulia Duarte, em 10º (51.5775); e Emily dos Santos, em 11º (51.3521). Este foi o segundo ouro de Ana Clara no campeonato em 2018. No primeiro Torneio de Figuras do ano, realizado em março, também no Tijuca T.C., ela subiu no lugar mais alto do pódio.

Pela categoria Infantil Principiante, Giovana Faria obteve pontuação de 51.5538, a melhor entre doze atletas. Também do Mais Querido, Sofia Shinohara ficou com a quinta colocação, ao receber 39.7436 pontos; Luiza Araújo em 8º (38.5846); Daniela Ferreira em 9º (38.1487); e Hannah Sukman em 11º (36.3231).

As equipes de nado artístico do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Banco Bonsucesso, Furnas, Estácio, LafargeHolcim/Cimento Mauá, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.