Libras

Notícias

Cielo faz história no Paris Open

Rubro-Negro vence os 50m livre e quebra marca do russo Alexander Popov

Por - em
O Imperador das Piscinas deu mais uma prova de sua força na tarde deste domingo, em Paris. Disputando a competição, que serve como um aperitivo para o Pan Pacific, Cesar Cielo chegou até a ficar fora do pódio nos 100m livre, assim como Michael Phelps, mas nos 50m, fez história. Com o tempo de 21s55, cravou a melhor marca da prova no ano e foi o primeiro homem no mundo a superar os 21s64 que Alexander Popov fez em 2000, sem usar o super maiô, que foi proibido pela Federação Internacional de Natação (Fina) para a temporada de 2010.

Cielo havia feito 21s80 no Troféu Maria Lenk, em maio, e vibrou com o resultado, após o quinto lugar nos 100 m livre (49s23), no sábado. O francês Fabien Gilot, que havia vencido os 100 m livre, ficou com a medalha de prata nos 50 m (21s83), com Bousquet em terceiro (21s95). Alain Bernard, campeão olímpico dos 100 m livre, não foi às finais.

"Finalmente abaixo dos 21s64. Até mais cedo do que eu esperava na temporada. Obrigado a todos que torceram. Agora posso dizer que sou o primeiro a nadar abaixo do tempo do Popov", observou Cesão após a prova.

Cielo é o atual detentor dos recordes mundiais dos 50m (20s91) e 100m livre (46s91), ambos estebelecidos com a ajuda de supermaiôs. Agora, o brasileiro nadará o GP de Athens, na Georgia (EUA), em julho, seguindo sua preparação para o Pan-Pacífico, em Irvine (EUA), de 18 a 22 de agosto, sua principal prova nesta temporada