Libras

Notícias

A estrada para o Flamengo: Heitor Carrulo

Por - em

Criado nas piscinas da Gávea, Heitor Carrulo passou grande parte de sua vida dentro do clube. Nascido no Rio de Janeiro, o atleta de polo aquático chegou ao Mais Querido em 2004, quando tinha apenas 15 anos e permaneceu por seis temporadas seguidas defendendo as cores rubro-negras. Após o período, o central teve passagens por diferentes equipes, até que decidiu retornar ao seu clube do coração para conquistar títulos e alcançar seus objetivos. Um dos mais experientes do time rubro-negro, Heitor serve de exemplo para os mais novos, sempre os orientando para o caminho certo no esporte.

Com 31 anos, Heitor é presença constante nas convocações da Seleção Brasileira da modalidade. A série ‘A Estrada para o Flamengo’ desta semana conta a história de um dos principais atletas rubro-negros, capaz de tornar os esportes olímpicos do clube ainda mais fortes.

Heitor Carrulo
Modalidade: Polo Aquático
Posição: Central
Idade: 31 anos
Altura: 1,81m
Naturalidade: Rio de Janeiro, RJ



O início
Heitor Carrulo iniciou no polo aquático com apenas 10 anos de idade. Natural do Rio de Janeiro, o atleta começou a praticar o esporte para perder peso e porque estava com problemas de hipertensão. Revelado pelo Botafogo, o central foi para o Flamengo junto com seu técnico Solon Santos, onde permaneceu por seis anos. Após esse período, Heitor deu uma pausa em seu ciclo na Gávea e teve passagens por Fluminense e Paulistano. Em 2017, ele retornou ao Rubro-Negro para continuar sua trajetória de sucesso com o Manto Sagrado.

Principais conquistas com a Seleção Brasileira
Pela Seleção Brasileira Júnior, Carrulo foi campeão do Campeonato Sul-Americano (2007) e segundo lugar no Pan-Americano (2006). Já na equipe brasileira principal, o atleta conquistou o Sul-Americano de Polo Aquático (2018) e a Copa UANA (2019). Heitor ainda teve duas participações em Mundiais de Esportes Aquáticos, na Hungria (2017) e na Coreia do Sul (2019), além de disputar os Jogos Pan-Americanos de Lima (2019).

Chegada ao Flamengo
Heitor Carrulo chegou à Gávea em 2004, quando tinha 15 anos de idade, permanecendo durante seis anos ininterruptos no clube. Após passagens por outras equipes do polo aquático nacional, o central resolveu retornar ao seu time do coração em 2017, encontrando um clube totalmente reestruturado e bem diferente da época em que atuava pela equipe rubro-negra Juvenil.

Principais conquistas com o Manto Sagrado
Representando o Mais Querido, Carrulo foi campeão brasileiro Infanto-Juvenil (2004), conquistando seu primeiro título pelo clube. Em 2009, o central garantiu o terceiro lugar na Liga PAB, com a equipe sendo formada, em sua grande maioria, por atletas oriundos da categoria Sub-21 do clube. No ano passado, Heitor repetiu o feito e terminou na terceira colocação no Brasil Open da modalidade, conquistando a primeira medalha desde seu retorno à Gávea.

As boas atuações do central dentro da piscina lhe renderam prêmios fora dela. Em 2018, Heitor Carrulo foi eleito o ‘Atleta Rubro-Negro’ da temporada, sendo reconhecido por tudo o que faz pelo clube no esporte olímpico.

Hoje, ainda mais experiente e com uma carreira consolidada no polo aquático nacional, Heitor é um dos líderes da equipe rubro-negra principal e se tornou uma grande referência para os mais jovens. Sua experiência de mais de 20 anos dedicados à modalidade, e por conhecer o clube da Gávea como a palma de sua mão, lhe credenciam para isso.


As equipes de polo aquático do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Estácio e Rede D’or  – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.