Libras

Notícias

Remadores rubro-negros se classificam para o Pré-Olímpico de Remo

Competição será realizada entre os dias 4 e 6 de março, na Lagoa Rodrigo de Freitas-RJ

Por - em

Vale vaga em Tóquio! Na última semana, quatro atletas rubro-negros garantiram classificação para o Pré-Olímpico de Remo, que será disputado entre os dias 4 e 6 de março na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. Emanuel Borges, Evaldo Becker, Vanessa Cozzi e Isabelle Falck serão os representantes do Mais Querido e tentarão garantir vaga nos Jogos Olímpicos 2021.

Marcello Varriale, gerente de esportes náuticos do Rubro-Negro, comentou sobre a classificação dos remadores do Mengão para o Pré-Olímpico.

“A vitória das duas duplas rubro-negras atendeu às expectativas da comissão técnica e certamente dos atletas, que treinaram de uma forma insuperável durante o longo período de quarentena que tivemos no ano passado. Esses remadores mostraram, mais uma vez, que o comprometimento e o treinamento sério são o segredo para o sucesso. Ver as duplas Vanessa/Isabelle e Evaldo/Emanuel treinando na Lagoa é inspirador para todos os remadores do clube, sendo uma liderança para os mais jovens”, afirmou.

O rubro-negro Emanuel Borges também falou um pouco sobre como foi a competição que lhe garantiu a classificação para o torneio em março.

“Passamos, mais uma vez, por essa seletiva que confirmou novamente a nossa vaga, mostrando que estamos preparados para a disputa do Pré-Olímpico, aqui no Rio. A competição foi boa para pegar um pouco de ritmo. Ganhamos duas das três provas previstas e assim garantimos a vaga. Agora estamos 100% focados nessa reta final de preparação para o Pré-Olímpico e nossas expectativas são as melhores, pois estamos treinando bem e mostrando na água os resultados dos treinos”, comentou o remador.

Vanessa Cozzi, outra rubro-negra classificada, destacou a felicidade de estar novamente disputando uma vaga nas Olimpíadas.

“Fiquei imensamente feliz com essa conquista, pois participei das Olimpíadas Rio 2016 e, após quatro anos de treinos intensos, muita dedicação, muito sofrimento longe da família, conquistei novamente o direito de representar meu país na busca por uma vaga olímpica nos Jogos de Tóquio”, disse a atleta.

Nesta reta final, os atletas rubro-negros e o técnico Stomporowski retornam à preparação para a competição, que acontece na primeira semana de março, quando poderão buscar o tão sonhado passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio.


As equipes de remo do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.