Libras

Notícias

Sesc RJ Flamengo encerra fase de classificação da Superliga diante do Pinheiros

Equipe do técnico Bernardinho garantiu quinto lugar na classificação, podendo ser quarto, e foca em manter bom aproveitamento e sequência de vitórias

Por - em
Embalado por sete vitórias seguidas na Superliga feminina de vôlei, o Sesc RJ Flamengo vai até São Paulo nesta sexta-feira (18.03) para encarar o Pinheiros, em confronto válido pela última rodada da fase de classificação da competição. Com o quinto lugar garantido, e podendo ainda terminar na quarta posição, o time comandado pelo técnico Bernardinho entrará em quadra às 18h30, no ginásio Henrique Villaboin, só pensando em manter a boa performance dos últimos jogos. O SporTV 2 transmite ao vivo a partida.

Mesmo já sabendo quem será o adversário das quartas de final (Osasco), as jogadoras do Sesc RJ Flamengo não querem pular etapas. Sabem que será preciso cuidado com o Pinheiros, afinal todas as equipes querem chegar aos playoffs embaladas por uma vitória.

"Amanhã teremos um confronto difícil contra o Pinheiros. Além de ser fora de casa, todo mundo quer encerrar o returno vencendo, para entrar embalado para as quartas de final. Vai ser importante sacar bem, para a gente impor nosso ritmo desde o início. Estamos vindo de vitórias importantes, que nos ajudaram a achar nosso ritmo ideal e, principalmente, a diminuir nosso número de erros. Mas agora será uma nova fase, os playoffs já estão chegando, e a gente quer muito seguir nesse ritmo, com bastante confiança e muito unidas”, disse a levantadora Giovana.

Com 42 pontos e 14 vitórias, o Sesc RJ Flamengo chega embalado ao jogo desta sexta. Com a sequência de vitórias, o time comandado pelo técnico Bernardinho melhorou seus números, e conta com uma das melhores linhas de passe da competição. Natinha, com 74% de aproveitamento, é a segunda melhor no fundamento, e Maira, com 71%, é a quarta. No poderio ofensivo, a equipe rubro-negra conta com a ponteira Yonkaira Peña, quinta maior pontuadora da Superliga, com 303 acertos. Além delas, também se destaca a central Milka, que figura como sétima melhor sacadora, com 27% de aproveitamento.