Adílio de Oliveira Gonçalves

De Flapédia
(Redirecionado de Adílio)
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo

Introdução

Adílio de Oliveira Gonçalves (Rio de Janeiro, 15 de maio de 1956 - ) é um ex meia-direita que marcou época vestindo a camisa do Flamengo. Presente nas maiores conquistas do clube, Adílio também traçou uma bela carreira como treinador das categorias de base do Mais Querido do Brasil.

Adílio é jogador da equipe FlaMaster do Flamengo.

Dados

Nome Completo: Adílio de Oliveira Gonçalves
Apelido: Brown
Data de Nascimento: 15 de maio de 1956
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)

1° Jogo: 27 de Abril de 1975 (Flamengo 2 x 0 Rio Branco-ES)

Carreira

Como jogador

Adílio

Criado no Flamengo, clube que defendeu por grande parte de sua carreira, Adílio atuou ao lado de Zico e Andrade, formando um dos melhores meio-campo da história. Com esse time, o Fla conquistou suas maiores glórias, incluindo a Taça Libertadores da América e o Mundial Interclubes de 1981 e os Brasileiros de 1980, 1982 e 1983.

Adílio era um jogador de rara habilidade e criatividade, dono de um passe perfeito e adepto a um estilo de jogo clássico. Contudo, também soube ser decisivo em sua carreira, como quando marcou o segundo gol do Flamengo na vitória de 3x0 sobre o Liverpool na final do Mundial de Clubes de 1981, ou quando fez o terceiro gol na vitória de 3x0 sobre o Santos na decisão do Campeonato Brasileiro de 1983. Ganhou a Bola de Prata da Revista Placar em 1977 e 1978.

O jogador atuou no Flamengo entre 1975 e 1987, quando teve a oportunidade de vestir a camisa rubro-negra em 617 partidas, o que faz dele o terceiro jogador com maior número de jogos disputados pelo Flamengo.

Depois de deixar a Gávea, Adílio chegou a jogar por clubes como o Coritiba, o Barcelona de Guayaquil (Equador) e o Alianza Lima (Peru). Porém , já em final de carreira, passou a atuar por times do interior do Rio como o América de Três Rios, o Friburguense e o Barreira.

Pela Seleção Brasileira fez 2 partidas.

Histórico

Anos Time
1968-1987 Flamengo
1987-1988 Coritiba
1989 Barcelona de Guayaquil - Equador
1991 Itumbiara GO
1991-1992 Alianza Lima - Peru
1993 Flamengo
1993 Santos ES
1993 Avaí
1994 América de Três Rios
1994 Bahrein Club - Bahrein
1995 Bacabal MA
1995 Serrano-BA
1995-1996 Barreira
1996 Friburguense
1997 Barra Mansa
1979-1982 Seleção Brasileira

Títulos

Flamengo

Trofeu mundia.png Trofeu libertadores.png Trofeu brasileiro.png Trofeu brasileiro.png Trofeu brasileiro.png Trofeu 1.jpg Trofeu 1.jpg Trofeu 1.jpg Trofeu 1.jpg Trofeu 1.jpg Trofeu G.png Trofeu G.png Trofeu G.png Trofeu G.png Trofeu G.png Trofeu G.png Trofeu R.png Trofeu R.png Trofeu R.png

Avaí

  • Troféu Osny Gonçalves: 1993

Prêmios

Estatísticas

Ano Jogos Gols Marcados Assistências Cartão Amarelo Cartão Vermelho
1975 4 0 - - -
1976 16 1 - - -
1977 54 9 - - -
1978 71 14 - - -
1979 69 12 - - -
1980 57 13 - - -
1981 69 17 - - -
1982 54 9 - - -
1983 58 22 - - -
1984 47 13 - - -
1985 57 7 - - -
1986 28 4 - - -
1987 31 7 - - -
1990 1 0 - - -
Total 617 128 - - -

Como treinador

Adílio como treinador

Após pendurar as chuteiras, Adílio passou a se dedicar a carreira de treinador. Sua primeira experiência foi a frente do saudita Bahain, logo em seguida, o Brown como é carinhosamente chamado, assumiu o comando do CFZ, do seu companheiro de outrora Zico.

Em 2003 o ex jogador aceitou um convite do Flamengo para assumir o comando das categorias de base. De volta ao seu berço, Adílio desempenhou um trabalho invejável á frente dos garotos rubro-negros. Em quatro anos nos juniores, ele foi tricampeão carioca, bicampeão do Taça OPG, campeão do Rio-São Paulo e da Taça BH, além de terceiro colocado no Mundial da Malásia. Além disso ajudou a formar jogadores do quilate de Renato Augusto, Erick Flores, Thiago Sales e o volante Rômulo.

Neste período de trabalho no Flamengo, Adílio teve aquela que talvez tenha sido a sua maior oportunidade na carreira de treinador, quando foi acionado a assumir o time principal no ano de 2006. A equipe que havia se mantido braviamente na Série A do Campeonato Brasileiro de 2005, graças aos préstimos de Joel Santana, havia perdido seu comandante e passou a ser treinada por Adílio. A experiência, no entanto, não deu certo. O time de Adílio disputou duas partidas e perdeu ambas para Nova Iguaçu e Cabofriense respectivamente. Depois desta situação, o ex-jogador voltou a treinar a equipe de base.

No ano de 2008, depois de passar uma temporada em branco, Adílio foi preterido do cargo e deu lugar para Rogério Lourenço.

Estatísticas

Ano Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
2006 02 00 00 02 00,0%
Total 02 00 00 02 00,00%

Títulos

Flamengo

Como técnico Adílio não conquistou títulos no futebol profissional do Flamengo.

Registros

Artilheiros

TOP 20

12º maior artilheiro com 128 gols

Ligações Externas

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas