Flamengo 1x0 Grêmio - Final do Campeonato Brasileiro de 1982

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo

História

A inesquecível "bronca" de Nunes no goleiro gremista Leão

No ano seguinte após ter conquistado as Américas e o Mundo, o Flamengo entrou como grande favorito na disputa do Campeonato Brasileiro. E não poderia diferente. Com craques como Zico, Andrade, Adílio, Leandro e outros, o Rubro-Negro era a grande equipe do momento, e provou isto dentro de campo ao fazer uma belíssima campanha na primeira fase do Brasileirão. Foram apenas 2 derrotas em 23 partidas, fazendo com que o time terminasse o turno em primeiro lugar.

Depois dessa bela campanha na primeira parte do torneio, o Fla foi para as finais. Na chamada "terceira fase", bateu o Sport, pelo placar de 2x0 no jogo de ida, e foi derrotado pelo placar de 2x1 no jogo de volta, garantindo a classificação para as quartas-de-final, onde enfrentaria o Santos. Uma vitória por 2x1 e um empate em 1x1 fizeram com que o Rubro-Negro passasse por mais este desafio, chegando à semi-final.

E aí foi a vez do grande duelo do campeonato. O grande ataque do Guarani, que marcou 53 gols na competição, com destaque para Careca, seria o adversário. Na superação, o Flamengo venceu o alviverde campinense tanto no jogo de ida como no de volta. Foram duas vitórias, por 1x0 e 3x2, levando o time da Gávea para a decisão do campeonato.

Final diante do Grêmio, campeão brasileiro no ano anterior. Os dois grandes times da época se enfrentariam em uma série decisiva de muito equilíbrio. Na primeira partida, diante de mais de 138 mil torcedores no Maracanã, um empate, por 1x1, com gols de Zico, para o Flamengo, e Tonho, para o Tricolor. No segundo jogo, em Porto Alegre, 0x0. Os dois empates fizeram com que a decisão fosse para uma terceira partida.

25 de abril foi a data escolhida para a finalíssima. O palco seria novamente o estádio Olimpico, em Porto Alegre. Foram mais de 60 mil presentes. E a grande maioria deles saiu decepcionada. Como havia previsto um dia antes, em entrevista ao Globo Esporte, o Galinho Zico deu belo passe para o centroavante Nunes, e o artilheiro das decisões fez o único e decisivo gol da partida, dando a vitória e o título ao Flamengo e calando o Olímpico. Era o segundo título brasileiro conquistado pela Geração de Ouro do Fla. E ainda viriam mais dois.

O Jogo

Tita disputa a bola com jogador do Grêmio

"Estou com o sentimento de que vai ser 1x0, com gol do Nunes", foi o que declarou o camisa 10 do Flamengo, Zico, ao repórter Reginaldo Leme, do Globo Esporte, no dia 24 de Abril de 1982, referindo-se ao que aconteceria na final do Campeonato Brasileiro daquele ano, que seria disputada no dia seguinte, no estádio Olímpico, em Porto Alegre. E ele nunca acertou tanto.

Um dos destaques na decisão do título daquele ano foi o duelo particular entre o goleiro Leão, do Grêmio, e o atacante Nunes, do Flamengo. Eram provocações de parte a parte, uma verdadeira guerra de nervos, com Leão chegando a acertar o camisa nove rubro-negro com uma cotovelada, no início da terceira partida. O atacante revidou. Mas de uma maneira muito melhor.

Logo aos 10 minutos de jogo, o mesmo Zico fez boa jogada pelo meio-de-campo e deu excelente passe para o atacante Nunes, que entrou na área gremista em boas condições, e bateu forte, mas com categoria, tirando do goleiro e abrindo o placar para o Flamengo: 1x0.

Depois disso, o ataque gremista partiria impiedoso contra a meta do goleiro Raul, um dos maiores nomes do jogo. Aos 10 do segundo tempo, Raul faria duas defesas sensacionais, na mesma jogada, em lance do qual os gremistas reclamam até hoje: um bate-rebate dentro da área, em que a bola quase entrou, mas foi tirada em cima da linha. E aos 42, o arqueiro rubro-negro se anteciparia com muita precisão a um cruzamento perigosíssimo feito por Paulo Roberto. A partir dali, os rubro-negros tiveram a certeza de que o título viria. Os gremistas ainda acreditavam em uma reação, mas era tarde.

Não tinha jeito, o título iria mesmo para a Gávea. O Flamengo apenas segurou o resultado, garantido em mais um gol do Artilheiro das Decisões, Nunes. Foi só esperar o apito final e comemorar o bicampeonato brasileiro, em plena Porto Alegre, diante de muitos torcedores rubro-negros que invadiram o Sul para apoiar o time. Boa parte dos 60.000 lugares do estádio Olímpico foram tomados pelos flamenguistas, apoiados ainda por uma considerável parcela de torcedores do Inter. Todos comemoram juntos a conquista rubro-negra.

Vídeos

Defesa providencial do Raul

{{#ev:youtube|DfBtFK7tsaQ}}


Entrevista profética com Zico e gol do Nunes

{{#ev:youtube|cRXNfdQeiWI}}

Ficha Técnica

Time rubro-negro na primeira partida da final

Grêmio 0 x 1 Flamengo
Final do Campeonato Brasileiro de 1982

Data: 25 de Abril, 1982
Estádio: Olímpico, Porto Alegre
Público: 62.256
Árbitro: Oscar Scolfaro
Gol: Nunes (FLA) aos 10'

Grêmio: Leão; Paulo Roberto, Newmar, De León e Paulo César; Batista, Paulo Isidoro e Vilson Tadei (Odair); Renato Gaúcho, Baltazar (Paulinho) e Tonho (Odair). Técnico: Ênio Andrade.

Flamengo: Raul; Leandro, (Antunes), Marinho, Figueiredo e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes (Vítor) e Lico. Técnico: Paulo César Carpeggiani.

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas