Facebook Twitter Instagram Instagram Instagram

O maior público do Maior do Mundo

Fla-Flu decisivo do Campeonato Carioca de 1963 teve o maior público de um jogo entre clubes da história

RSS

Em 15/12/2013 às 14h56

Fla-Flu teve o maior público da história do futebo Fla-Flu teve o maior público da história do futebo
Quem conhece a força da Nação Rubro-Negra sabe que não poderia ser diferente. O maior público que o Estádio do Maracanã já recebeu em jogos entre clubes na sua história foi em um jogo do Flamengo. No dia 15 de dezembro de 1963, há exatos 50 anos, a conquista do título estadual pelo Mais Querido, no clássico Fla-Flu, foi assistida por 194.063 torcedores nas arquibancadas, público recorde de um jogo entre clubes do Maracanã e do mundo. Curiosamente, nenhum deles soltou o grito de gol: o confronto terminou empatado em 0 a 0. O Flamengo chegou à final jogando pelo empate, e o Tricolor pela vitória.


O rubro-negro que esteve no Maior do Mundo naquele dia empurrou o time para a conquista de um título que o Clube não ganhava há oito anos. Apesar de ter sido um título de expressão regional, este é um dos títulos mais importantes da história do clube, pelo jejum de oito anos sem vencê-lo e pelo público da decisão, que foi em massa assistir ao duelo, para o qual, segundo Nelson Rodrigues, "os vivos saíram de suas casas e os mortos de suas tumbas, para assistir ao maior Fla-Flu de todos os tempos".

Paulo Henrique, que jogou pelo Flamengo por 12 anos (1960 a 1972) e 14 partidas pela Seleção Brasileira, era lateral-esquerdo naquela equipe e considera o Fla-Flu histórico como o mais importante de sua carreira.

"Mesmo jogando pela Seleção Brasileira, o maior jogo da minha vida foi o Fla-Flu de 1963. Nos noventa minutos, foi o Fluminense atacando o Flamengo, sem conseguir fazer o gol. Foi um jogo muito emocionante. Nós seguramos o empate até o fim, sofrendo muita pressão. Tinha uma grande defesa o Flamengo. A defesa, o meio de campo e o ataque do Flamengo tinham grandes jogadores, que conseguiram controlar o jogo. Para os cariocas, o estadual era como se você estivesse jogando um Brasileiro", declarou.

No dia 2 de novembro deste ano, Paulo Henrique, além do ex-lateral direito Murilo e do ex-zagueiro Ananias, foi homenageado pelo título de 1963 no 4º Encontro Internacional de Embaixadas, em celebração com ídolos do passado, na sede do remo do Clube. Em um evento inédito, o departamento de Patrimônio Histórico do Clube uniu ídolos do passado às Embaixadas do Flamengo pelo Brasil e pelo mundo, mostrando como o nome deles ficou gravado para sempre nos corações flamenguistas. Além destes três, mais quatro jogadores campeões naquele ano estão vivos: o então volante Carlinhos, o meia-direita Nelsinho, o goleiro Marcial e o ponta-direita Espanhol.

A capacidade do Maracanã já não permite que esse público seja repetido pela Nação. Mas ninguém duvida que este é o único empecilho para que o recorde não seja quebrado pelos apaixonados torcedores rubro-negros.
 
Ficha do jogo

Flamengo 0 x 0 Fluminense
Local: Estádio Mário Filho - Maracanã
Público: 194.603 (177.020 pagantes)
Árbitro: Cláudio Magalhães

Flamengo: Marcial, Murilo, Luís Carlos Freitas, Ananias e Paulo Henrique; Carlinhos e Nelsinho; Espanhol, Airton 'Beleza', Geraldo e Osvaldo Ponte-Aérea; Técnico: Flávio Costa

Fluminense: Castilho, Carlos Alberto Torres, Procópio, Dari e Altair; Oldair e Joaquinzinho; Edinho, Manoel, Evaldo e Escurinho. Técnico: Fleitas Solich.

Autor: Comunicação

Fonte: Site Oficial do Clube



Compartilhe:

Tags: flamengo, historia, campeonato estadual de 1963