Libras

Notícias

Com virada no último quarto, Flamengo vence Franca e embala quinta seguida no NBB

Olivinha, Balbi e Marquinhos mudaram o jogo e regeram a torcida no Tijuca

Por - em


Em um ginásio do Tijuca cheio, o Flamengo derrotou o líder do NBB, Franca, nesta terça-feira por 79 a 74 e segue na caça, agora ainda mais de perto. O resultado foi muito importante para o time, que embala sua quinta vitória seguida na competição, e mostra um fortíssimo poder de reação depois de passar três quartos atrás no placar, para virar no último e sair com o triunfo. A raça da equipe também funciona como mais um fator motivacional para a disputa da Copa Intercontinental da Fiba, que ocorrerá na Arena Carioca 1, nos próximos dias 15 e 17 de fevereiro. O primeiro confronto será contra o Austin Spurs, dos EUA. O vencedor pega quem passar de San Lorenzo e AEK, na outra semifinal. 

Foi mais uma grande atuação do armador argentino Franco Balbi, que terminou o jogo como cestinha com 16 pontos e seis assistências. Quem também passou dos dois dígitos foram Olivinha (14), Marquinhos, Varejão e Nesbitt (todos com 11 pontos). 

O jogo

O primeiro quarto não foi dos melhores para o Flamengo. A bola rubro-negra teimava em não cair e o Mengão foi para o segundo quarto perdendo por 25 a 14. O Franca dominou as ações da partida e parecia jogar em casa na etapa que a defesa rubro-negra simplesmente não funcionou. 

Mas a situação logo melhorou. Com o armador Franco Balbi inspirado, principalmente nas infiltrações, o Mais Querido encostou no placar no segundo quarto - venceu a etapa por 26 a 20 - e foi para o intervalo perdendo por apenas cinco pontos: 45 a 40.

Esta diferença de cinco teimava em não sair do placar. Apesar do bom volume ofensivo do Flamengo no terceiro quarto e, principalmente Anderson Varejão, que marcou seis pontos e pegou três rebotes, o Franca sempre conseguia escapar quando o Orgulho da Nação encostava, frustrando a torcida presente no Tijuca. os paulistas foram para o último intervalo com a mesma distância do início: 61 a 56.

Mas era questão de tempo. No quarto que decide tudo, o Flamengo passou à frente graças ao seu conjunto de craques. Olivinha mostrou muita raça e marcou sete pontos, liderando a virada rubro-negra. Com o entrosamento em dia com Marquinhos, o camisa 16 foi o responsável direto pelo ponto da liderança e, já no final, pelo 79 que fechou a partida e garantiu o triunfo do Mengão. Agora é descansar, esperar a pausa do Jogos das Estrelas e focar tudo na briga pelo Bi Mundial. 

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, Furnas – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.