Libras

Notícias

Fora de casa, Flamengo vence Unifacisa por 80 a 79 pelo NBB 12

Marquinhos foi o cestinha da partida com 25 pontos

Por - em
Na noite desta quarta-feira (06), o Flamengo entrou em quadra e venceu o Unifacisa por 80 a 79, em partida válida pelo NBB 12. Em mais uma boa exibição fora de casa, o Orgulho da Nação garantiu o triunfo nos segundos finais, com o craque Marquinhos sendo eleito o melhor da partida com 25 pontos. 


O Flamengo começou a partida muito bem. Com Marquinhos inspirado e Rafael Mineiro dominante, o Mais Querido abriu uma boa diferença em cinco minutos, e depois administrou. Apesar do adversário tentar encostar, o time se comportou bem e fechou o primeiro quarto com linda cesta de três de Léo Demetrio: 27 a 18.

No segundo período, a vantagem chegou a ser de 15 pontos após Leron Black converter arremesso de dois. Mas nada estava decidido ainda. A Unifacisa se recuperou e pressionou, mas o Rubro-Negro soube suportar e foi para o intervalo vencendo por 44 a 40.

Com o confronto equilibrado, Marquinhos seguiu chamando a responsabilidade e pontuando. Gustavo De Conti colocou Deryk Ramos e Jhonatan Luz, que foram fundamentais nesse período e deram ótimo suporte ofensivo. Quando o cronômetro zerou no terceiro quarto, o Mengão se manteve na ponta: 66 a 57.

No último quarto, o jogo continuou bastante equilibrado, com a Unifacisa encostando no placar. As duas equipes exploravam os erros para chegar ao ataque e pontuar. No momento decisivo da partida, o craque Marquinhos apareceu novamente e acertou uma cesta de três para abrir um pouco mais a pequena vantagem no marcador. Mas a equipe da casa logo reagiu e encostou novamente. O duelo foi decidido nos segundos finais, e Franco Balbi fez a cesta que decretou a vitória rubro-negra por 80 a 79.


As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – BRB, TIM, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.