Libras

Notícias

Atletas do nado artístico realizam exames e avaliações no Hermes Pardini

Laboratório é parceiro do CUIDAR na busca do bem-estar dos atletas do Flamengo

Por - em
Foto: Marcelo Cortes
Nesta semana, as atletas do nado artístico do Flamengo passaram por uma série de exames e avaliações no Hermes Pardini. Parceiro do CUIDAR desde 2017, o laboratório é responsável por realizar diversos tipos de procedimentos laboratoriais e de imagem nos atletas dos esportes olímpicos do clube.

Izabel Miranda, gerente de Ciências do Esporte do Mais Querido, destacou a importância da parceria entre o CUIDAR e o laboratório Hermes Pardini.

“Já realizamos cerca de 380 exames laboratoriais e de imagem. Nas equipes de basquete e vôlei, os atletas passaram por uma série de avaliações e exames durante a pré-temporada. Os atletas das outras modalidades olímpicas que não possuem plano de saúde, o que representa mais de 50% dos rubro-negros, também realizam o check-up gratuitamente no laboratório”, disse Izabel, que continuou.

“O grande diferencial é que os médicos entregam os resultados imediatamente e, além disso, o local onde é realizado o atendimento tem uma excelente estrutura, com elevado nível técnico e científico. Nosso objetivo é ampliar ainda mais essa parceria para que nossos atletas possam cuidar da saúde”, enfatizou a gerente.

Os atendimentos às atletas do nado artístico rubro-negro foram divididos em dois dias. Na quarta-feira (29), Giovana Stephan, Vitória Casale, Maria Eduarda Miccuci e Laura Miccuci fizeram as avaliações. Já na quinta-feira (31), Maria Clara Lobo, Lorena Molinos, Jullia Catharino e Gabriela Regly realizaram uma bateria de exames para verificar o estado de saúde em que cada uma se encontra.


As equipes de nado artístico do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Banco Bonsucesso, Furnas, Estácio, LafargeHolcim/Cimento Mauá, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.