Libras

Notícias

Flamengo é pioneiro na implementação de protocolo de concussão cerebral

Por - em
O Clube de Regatas do Flamengo implementa, a partir desta sexta-feira (17), através de parceria entre o CUIDAR e a Ubrain, o protocolo utilizado internacionalmente de concussão cerebral. O clube é pioneiro na implementação do programa que monitora o cérebro e forma um banco de dados dos atletas rubro-negros, desde a base ao profissional. Estas informações serão utilizadas como ferramenta clínica para tratamento e auxílio de retorno ao esporte pós concussão cerebral. O protocolo será fundamental também na exploração do potencial do atleta para orientação de treinamento, com o objetivo de melhorar a performance e prevenir lesões. 

A concussão cerebral é uma lesão extremamente comum na prática de esportes de contato. Os dados epidemiológicos de lesões nos Jogos Olímpicos de 2004 mostraram que o local de maior prevalência de lesões foi a cabeça (21%), seguida pelo tornozelo e joelho (13% cada). 

Nos EUA, os protocolos de concussão cerebral são implementados em escolas, ligas esportivas estudantis, universitárias e também nas ligas profissionais. Os programas se baseiam em avaliações pré-temporadas,  testagens cognitivas computadorizadas e na capacitação de profissionais, atletas e pais. Nas maiores ligas do mundo, como a NFL, NBA, NHL, MBL e também na US Soccer Federation, todos os times são obrigados a aplicarem testes cognitivos computadorizados na pré-temporada, assim como usá-los como um dos critérios para decisão de retorno ao esporte pós concussão cerebral. 

O Clube de Regatas do Flamengo, será o clube pioneiro no Brasil a adotar um programa de controle, baseado em recomendações da FIFA e do Comitê Olímpico Internacional, e poderá ser pioneiro no uso e investigação das correlações entre performance cognitiva com
performance esportiva e suas implicações na melhora do rendimento e prevenção de lesões.

O programa será lançado nesta sexta-feira, 17 de maio, com a capacitação de diversos profissionais do Mais Querido ao longo de dois dias. 


CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES 

SEXTA-FEIRA - 17/05

Aula magna restritos à imprensa e convidados com a presença do Vice-Presidente de Esportes Olímpicos, Delano Franco; do Diretor da Pasta, Marcelo Vido; da Gerente do CUIDAR, Izabel Miranda; e do Coordenador Médico do Núcleo, Cláudio Cardone.

Treinamento e capacitação de treinadores, médicos, fisioterapeutas e outros
profissionais da área de saúde

Temas Teóricos
-Concussão Cerebral – da pré-temporada até a detecção em campo
-Programa de manejo de concussão cerebral
-Uso de testes cognitivos no programa de concussão cerebral
-Uso de testes cognitivos computadorizados e suas aplicações em performance
-Uso de testes cognitivos computadorizados para outras finalidades (déficits de memória, TDAH, outras doenças)

Temas Práticos
-Uso e aplicação do sistema Ubrain
-Cadastro do atleta
-Aplicação de testes
-Aplicação de questionários
-Aplicação de roteiros

Treinamento e capacitação de médicos e fisioterapeutas
- Diagnóstico de concussão cerebral
- Ferramentas clínicas, testes específicos
- Diagnóstico diferencial
- Cuidados nas primeiras 24 horas para TCE moderado e grave
- Classificação dos tipos de apresentação clínica da concussão cerebral
- Tratamento clínico e medicamentoso da concussão cerebral
- Reabilitação da concussão cerebral
- Aplicação dos testes cognitivos e interpretação pós concussão
- Decisão de retorno ao esporte da concussão cerebral com avaliação clínica e cognitiva
- Uso dos testes cognitivos computadorizados como screening em outras patologias neurológicas


SÁBADO - 18/05
Aplicação dos testes cognitivos a atletas dos esportes de contato