Libras

Notícias

Núcleo de excelência na Gávea, CUIDAR completa cinco anos de projeto

Gerente de Ciências do Esporte, Izabel Miranda fala sobre trabalho nos esportes olímpicos do Mais Querido

Por - em

Estabelecido como núcleo de excelência no esporte olímpico rubro-negro, o CUIDAR completou cinco anos de existência na última sexta-feira (22). Inaugurado em 2016, o projeto é fundamental no tratamento e prevenção de lesões nos mais de 800 atletas nas nove modalidades da Gávea, cuidando do bem-estar físico e mental daqueles que defendem o Manto Sagrado. No âmbito social, é importante ressaltar que o CUIDAR atende os 46% de rubro-negros provenientes de áreas de vulnerabilidade, além dos 62% que não têm plano de saúde e são atendidos diretamente pelos profissionais do projeto.


No comando do programa, chamado de Centro Unificado de Desenvolvimento e Identificação do Atleta de Rendimento, a Gerente de Ciências do Esporte, Izabel Miranda, relembrou o cenário do clube na fundação do núcleo.


“Na época, tínhamos 17 profissionais, cada um em uma área. O basquete muito bem estabelecido, com uma equipe multidisciplinar certinha: fisioterapeutas na base e na ponta, preparadores físicos em ambos também, o Dr. Cardone, médico. E aí chegou o CUIDAR com um projeto arquitetônico, que veio do meu mestrado no sentido de prevenir lesões, prevenir o excesso de treinamento”, lembrou Izabel, acrescentando. “Isso só pode ser feito mesmo de uma forma multidisciplinar, com essa troca de conhecimento entre os membros do grupo de forma organizada para atender o atleta da melhor maneira e dar o suporte principal para a comissão técnica, para as tomadas de decisão”.


Dos pouco menos de 20 iniciais, o CUIDAR cresceu e passou do dobro de profissionais em diversas áreas das ciências do esporte.


“A gente sabia que isso tudo ia demorar um pouco, hoje temos mais de 30 profissionais, fora o pronto-atendimento. Nossa equipe, após cinco anos, está totalmente consolidada, inclusive sendo sempre considerada pelo COB, pelos demais clubes, sendo chamada para falar em simpósios sobre o projeto”, explicou a gerente. “É uma coisa muito legal que a gente está aproveitando hoje. Vejo que temos um time muito bem montado, sabemos que, muito mais importante que a própria edificação de um local, são as pessoas que trabalham lá. Hoje, podemos falar que temos a equipe CUIDAR trabalhando junto em prol da melhora da saúde, da prevenção e do desempenho do atleta”.