Libras

Notícias

Escola de Esportes Sempre Flamengo oferece capacitação em Desenvolvimento Motor a professores

Atividade foi ministrada pela Dra. Rossana Pugliese, referência na área, e contou com a participação de 42 profissionais rubro-negros

Por - em
Na última quinta-feira (29), profissionais da Escola de Esportes Sempre Flamengo receberam um treinamento online sobre "Capacitação em Desenvolvimento Motor", ministrado pela Dra. Rossana Pugliese. Foram 42 participantes entre coordenadores, professores de todas as modalidades e estagiários. O tema escolhido foi o indicado como de maior interesse por parte dos profissionais após pesquisa realizada para definir assuntos para possíveis capacitações. 

A professora Patricia Fernandes, que dá aula de ginástica artística para os alunos da Escola de Esportes rubro-negra, aprovou.  

“A capacitação em desenvolvimento motor oferecida a todos os profissionais Sempre Flamengo foi sensacional. Primeiro, pelo tema abordado, que é de extrema importância na nossa área, e depois pela profissional que o clube escolheu para abordar o assunto”, disse. “A Rossana Pugliese dispensa comentários, ela é referência, sabe colocar o assunto de forma clara e objetiva, para que todos possam entender. Ela destrinchou todas as etapas do desenvolvimento motor, foi uma experiência ímpar de aprendizado”. 

Doutora em Psicologia Social e Mestre em Ciência da Motricidade Humana, a Dra. Rossana Pugliese tem um currículo extenso, que passa ainda por especialização em psicomotricidade, formação em psicanálise pela Sociedade Psicanalítica Freudiana do Rio de Janeiro e na Prática Psicomotora Bernard Aucouturier, entre outras capacidades. 

Todos os profissionais participantes tiveram a possibilidade de interagir, tirar  dúvidas e apresentar questões pertinentes ao tema, maximizando a oportunidade de aprendizado e compartilhamento de conhecimento.

“Acho que todo mundo que participou dessa capacitação saiu com outra visão de tudo que foi falado, entendendo perfeitamente cada etapa e estágio do desenvolvimento motor”, comentou Patricia. “Ficou muito mais fácil pra gente identificar no nosso aluno em qual estágio ele está, se tem alguma deficiência e onde precisamos trabalhar para melhorar essa deficiência que ele trás, sabendo que um estágio está ligado a outro, que é uma sequência que precisa ser respeitada e cada idade corresponde a um estágio”.

Os professores das Escolas de Esportes Sempre Flamengo se preparam para retomar as atividades no clube em agosto.