Libras

Notícias

23 vitórias únicas e recorde no CBLoL: a trajetória rubro-negra no primeiro split

Retrospectiva do caminho do Flamengo eSports até a decisão do principal torneio do país

Por - em


Prestes a disputar a segunda final consecutiva do Campeonato Brasileiro de League of Legends, o Flamengo eSports teve uma trajetória de muito sucesso no primeiro split. Conquistando 20 resultados positivos na fase de pontos em 21 jogos disputados, o Mais Querido assumiu a posição de favorito da competição, garantindo ainda o 3 a 0 nas semifinais contra a CNB. Além disso, os Rubro-Negros chegaram à marca histórica de 16 vitórias únicas seguidas, batendo o recorde que pertencia à INTZ no CBLoL.

Confira abaixo como foi a campanha dos finalistas até a grande decisão, que será neste sábado (13), às 12h, contra a INTZ.

Primeiro turno: 100% de aproveitamento
As sete vitórias do Flamengo logo nos primeiros jogos do split mostraram que os rubro-negros não foram para brincadeira. Com o atropelo na KaBuM logo na rodada de estreia, o Mais Querido não demorou muito a mostrar que, apesar das novidades na line-up, estava mais entrosado e preparado do que nunca.

Após a primeira rodada, resultado positivo e tranquilo contra a ProGraming ainda na Semana 1. Em seguida, os rubro-negros mostraram poder de virada ao baterem a Uppercut, vencendo também a Redemption. Contando com seus destaques individuais e o desempenho avassalador em grupo, vieram ainda as vitórias contra INTZ e Vivo Keyd, além do encerramento do turno eletrizante diante da CNB.

Segundo turno: Primeira e única derrota, mas desempenho positivo
A primeira derrota foi um golpe duro, já que a KaBuM conseguiu derrotar o Flamengo em um jogo complicado. Esta foi a primeira e única vez que o Fla saiu do Rift sem o ponto. Porém, os confrontos seguintes diante da Uppercut e da ProGaming já fizeram com que tudo voltasse ao normal em dois duelos sensacionais.

O fim de semana seguinte foi de vitória contra a Redemption em duelo tranquilo, mas um embate difícil diante da INTZ. Depois, resultados positivos contra Vivo Keyd e CNB no encerramento do turno.

Terceiro turno: Quem para o Flamengo?
A resposta para a pergunta anterior foi ninguém. Na terceira e última etapa da fase de pontos do CBLoL, o Rubro-Negro saiu sem nenhuma derrota, conseguindo jogos ótimos, a classificação antecipada e a garantia da liderança com antecedência.

Começando os trabalhos, a Super Semana foi o primeiro desafio depois da pausa para o Carnaval, mas o ritmo foi igual, com o Mengo batendo KaBuM, ProGaming e Uppercut em sequência. Em partidas complicadas, o Fla conseguiu se impor para derrotar Redemption e INTZ, encerrando a fase com vitórias tranquilas diante da Keyd e CNB.



A semifinal: 3x0, fora o baile
Com três vitórias anteriores diante da CNB, o resultado já era esperado. Fechando a série semifinal em 3 a 0, o Flamengo alcaçou uma marca histórica: dezesseis vitórias únicas consecutivas, o maior número em todas as edições do CBLoL. No Rift, o primeiro e o terceiro jogos foram tranquilos, sem grandes dificuldades para os Urubus. Na segunda partida, o adversário ainda conseguiu abrir vantagem, mas viu o forte elenco rubro-negro bater de frente.