Libras

Notícias

#Junior60: lendas do futebol em campo na Gávea

Partida comemorativa reune grandes nomes do esporte bretão no estádio da sede do Flamengo; Junior canta parabéns e ganha presente das mãos do presidente Bandeira de Mello

Por - em
A manhã deste sábado na Gávea foi de festa: grandes rubro-negros voltaram à casa onde são sempre bem-vindos para jogar uma partida em homenagem aos 60 anos do Maestro Júnior. Em campo, no novo gramado da Gávea, o Time Vermelho foi liderado por Júnior e o Time Branco entrou capitaneado por Zico. A equipe do aniversariante venceu, de virada, por 8 a 6. Os gols do Time Branco foram de Leonardo, Alcindo (3), Zico e Jayme (contra); no Time vermelho, marcaram Romário (4), Bebeto (3) e Nunes.

Antes do jogo comemorativo, o Coral Infanto Juvenil da Escola de Música da Rocinha entoou alguns dos clássicos da torcida. A Charanga Rubro-Negra também esteve presente e animou a arquibancada tocando músicas, sem parar, por toda a partida. Quando os jogadores entraram no gramado, o Coral dos pequenos foi quem cantou o hino rubro-negro e recebeu aplausos dos craques. O pontapé inicial foi dado por Ayer Andrade, funcionário do Flamengo há mais de 50 anos e importantíssimo na formação da geração de ouro do Clube, sendo responsável pelo registro de Zico como jogador profissional e por impedir que ele fizesse carreira em outro time. Não à toa, Ayer tem o carinho de vários craques, inclusive o próprio Galinho, que o chamam de "Baixinho".

O presidente Eduardo Bandeira de Mello abriu a festividade relembrando a primeira vez em que Junior entrou em campo com a camisa rubro-negra em um jogo profissional. "Eu estava no Maracanã no último jogo do terceiro turno do campeonato de 1974. Nesse dia estreou no Flamengo um garoto, um menino da base, na lateral-direita, uma posição que na época ninguém se firmava. Esse jovem era o Júnior, que ninguém conhecia, e que marcou um golaço. O Zico fez outro, nós ganhamos do América de 2 a 1 e fomos para o triangular decisivo com Vasco e América. No domingo seguinte, Flamengo x América de novo, 2 a 1 novamente, no grande time que tinha o América, e mais um gol do nosso lateral Júnior. Fomos para a final com o Vasco, empatamos e fomos campeões cariocas de 1974. Foi assim que começou a história do nosso Maestro no Flamengo. E eu que estava na arquibancada lá em 1974, atrás do gol, nunca poderia imaginar que estaria aqui hoje como presidente do Flamengo comemorando os 60 anos daquele, na época, lateral-direito que nos ajudou a ganhar o campeonato. Muito obrigado a todos pela presença e estamos todos muito felizes em homenagear e reverenciar nosso ídolo e Maestro Júnior", disse.

No posto da Viva Rio, montado na sede do Clube para recolhimento de doações para a Campanha Inverno Quente e para ONGs apoiadas pelo Maestro, o presidente Eduardo Bandeira de Mello também recebeu o troféu Campeão da Vida. Das mãos de Rubem César Fernandes, diretor-executivo do Viva Rio, e Cibele Dias, coordenadora do voluntariado da organização, Bandeira recebeu o prêmio após a Nação Rubro-Negra ter ganhado de goleada nas doações de sangue da campanha Torcida pela Vida, do Hemorio. Do total dos quatro grandes times cariocas, o Mais Querido atingiu 39% com 400 doações. Como cada doação salva três vidas em média, foram 1200 vidas salvas com sangue rubro-negro. Contando todas as torcidas participantes, 3.075 vidas serão salvas por 1.025 doações.

O jogo

Mesmo que décadas tenham passado desde que penduraram as chuteiras, os convidados mostraram a técnica ímpar que os consagrou quando jogavam. O jogo cadenciado foi marcado por belos passes e dribles enquanto os craques desfilavam no gramado padrão FIFA do estádio da Gávea. Júnior jogou no Time Vermelho usando a camisa número 5 que eternizou no Mais Querido. O placar foi aberto aos seis minutos do primeiro tempo: Paulinho Carioca driblou, cruzou e deixou para Leonardo empurrar para o fundo do gol. 1 a 0 para o time branco. Enquanto a Charanga continuava na arquibancada fazendo ecoar pela Gávea clássicos bem conhecidos pela Nação, Leonardo lançou Alcindo, que dominou e tentou o cruzamento pela direita. Paulinho Carioca se esforçou para marcar, mas acabou derrubado. O juiz assinalou pênalti. Alcindo foi para a cobrança e converteu sem dar chance ao goleiro Adriano. O terceiro gol do time Branco veio em belo lance de Alcindo. Ele dominou na intermediária e girou com categoria, avançando até a pequena área e chutando alto. E se parecia que 3 a 0 era pouco, Zico mostrou que sua relação com a Gávea é mesmo eterna. Leonardo e Alcindo tabelaram e deixaram o eterno camisa 10 do Mais Querido marcar o seu. Aos 28 minutos, mais um gol para o Time Branco: Paulinho Carioca recebeu de Leonardo, driblou o goleiro Adriano e tocou para a pequena área. Jayme tentou cortar e acabou mandando contra o patrimônio: 5 a 0. Antes de terminar o primeiro tempo, Romário e Bebeto diminuíram para o Time Vermelho, que foi para o intervalo perdendo por 5 a 2.

Na etapa complementar, aos quatro minutos, a dupla de ataque do Tetra Mundial do Brasil marcou mais uma vez com passe de Romário e tento de Bebeto, deixando o Time Vermelho a dois gols do empate: 5 a 3. Aos seis, foi a vez do atacante do Mundial de 1981 deixar o seu: Nunes aproveitou rebote de Bebeto e confirmou a reação do Time Vermelho. Aos oito, mais um gol de Romário e o empate do Time Vermelho: 5 a 5. Aos 12, o goleiro Adriano agarrou Alcindo dentro da área. Na cobrança do pênalti, ele mesmo bateu e ampliou para o time de branco: 6 a 5. Mas depois disso, só deu Vermelho: com mais dois gols do Baixinho e um de Bebeto, o time capitaneado por Junior venceu por 8 a 6, de virada.
 
Após o final da partida, todos cantaram parabéns para o Maestro no centro do gramado. Junior ainda ganhou um quadro de presente, com imagens de momentos históricos de sua carreira, entregue pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello e pelo vice-presidente do Clube Walter D'Agostino.

O evento Junior 60 tem apoio de Frescatto, Esportecom, Lojas Espaço Rubro-Negro, Lafarge, FlaCamp, Guaravita, Gatorade, Habib’s, Sucos Greenday, Porcão, Parmê, Ferramentas Vonder, Eternit, Supermercados Guanabara, Capemisa, Microcamp, Bioleve e AMBEV.

Leia mais

Sócios-torcedores se emocionam com ídolos no #Junior60
Craques do passado prestam homenagem a Junior60