Libras

Notícias

Em grande jogo, Flamengo empata com o Genk (BEL) pela Copa Puskás

Empate por 3x3 no melhor jogo da competição até aqui mantem os Garotos do Ninho vivos na briga por vaga na final.

Por - em
Em duelo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Puskás Suzuki-Kupa U-17, na Hungria, Flamengo e Genk, da Bélgica, fizeram o melhor jogo da competição até aqui. Após muitas reviravoltas no placar e emoção até o apito final, o empate por 3x3 (Iago, Paulo Roberto e João Victor Carbone) no duelo realizado na manhã desta terça-feira, dia 27, faz os Garotos do Ninho da equipe Sub-16, comandados pelo treinador Leo Ramos chegarem vivos na última rodada. Caso vença o Sporting, de Portugal, no confronto desta quarta-feira (28) às 9h, no horário de Brasília, o Mais Querido terá boas chances de se classificar para a final na sexta-feira, e seguir em busca do bicampeonato da forte competição internacional. O campeão de cada grupo se classifica de forma direta para a grande final.

Os Garotos do Ninho sabiam que a vitória significaria a liderança do grupo, e partiram para o ataque desde o apito inicial. Após um início dominante, a primeira chance mais clara de gol aconteceu aos 10 minutos, em cobrança de falta perigosa de Marquinhos. Porém, em falha na saída de bola rubro-negra, o Genk abriu o placar aos 12 minutos, com gol de Dario. O Mengão não se abalou e chegou ao empate rapidamente, com bonito gol de cabeça do capitão Iago, aos 17 minutos.

O Flamengo queria a virada – e a liderança do grupo. Aos 20 minutos, Euder soltou uma bomba de fora da área, e a bola passou próxima ao travessão do goleiro belga Zenzo. O Genk voltou a assustar aos 27 minutos, em mais uma finalização de Dario. Dessa vez, por cima da baliza de Lucas Furtado. 

O segundo tempo foi cheio de emoção, e com muita bola na rede. Logo aos dois minutos, o Rubro-Negro virou, com Paulo Roberto em típico gol de centroavante, que tocou para o fundo das redes após bate rebate dentro da área. Mas aos seis minutos, o Genk chegou ao empate, com Martens Nolan. E virou no minuto seguinte, com bonito gol de De Grand Sam.

Os Garotos do Ninho foram à luta, e empataram mais uma vez o jogo aos 13 minutos, com João Victor Carbone em bela cabeçada, fora do alcance de Zenzo. Aos 22, Fabricio Yan soltou uma bomba de média distância, e a bola tirou tinta da trave esquerda da equipe belga. O Flamengo pressionava e queria a vitória. Aos 26 minuyos, novamente Fabricio Yan ganhou da zaga e chutou forte. Zenzo fez grande defesa, e espalmou para escanteio, evitando o quarto gol do Mais Querido. 

Mas a emoção não acabou por aí. Já nos acréscimos, cada time teve a sua chance de vencer o jogo. Após boa jogada de Fabricio Yan, Iago recebeu dentro da área e bateu com consciência, mas viu o zagueiro cortar a bola em cima da linha. No contra-ataque belga, Dario recebeu sozinho na área rubro-negra, mas o goleiro Lucas Furtado se agigantou, fechou o ângulo e fez importante defesa. O empate mantem os Garotos do Ninho vivos na luta pela classificação para a final da Copa Puskás.  

Flamengo: Lucas Furtado, Hernandes, Iago, David Gondim, João Victor Carbone; Rayan Lucas (Vitor Fonseca), Lucas Moreira (Daniel), Marquinhos (Lucas Matheus); Lauan (Fabricio Yan), Euder (Adriel) e Paulo Roberto. Técnico: Leo Ramos.