Libras

Notícias

Sub-17 volta a vencer o Maranhão e confirma a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil

Matheus Gonçalves e Lucas Matheus, atletas da categoria Sub-15, marcaram em mais uma vitória do Mais Querido na competição.

Por - em
Após golear o Maranhão por impiedosos 8x0 na partida de ida disputada semana passada, na Gávea, a equipe Sub-17 do Flamengo foi a São Luís na tarde desta quinta-feira (10) para realizar o protocolar jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil da categoria. Mesmo entrando no gramado do Estádio Castelão com a certeza da classificação, os Garotos do Ninho levaram o jogo a sério, atuaram bem e venceram mais uma vez o adversário, dessa vez pelo placar de 4x3 (Matheus Gonçalves [2], Lucas Matheus e Andrey). A curiosidade é que os dois autores dos três primeiros gols rubro-negros na partida ainda fazem parte da categoria Sub-15. Nas quartas de final, o Mais Querido enfrentará o Sport, em confrontos agendados apenas para janeiro de 2021. Os mandos de campo ainda serão sorteados pela CBF.

Com a vantagem gigante conquistada no jogo de ida na Gávea, os Garotos do Ninho entraram em campo com uma equipe totalmente modificada. Mas os atletas que tiveram a oportunidade de jogar, partiram para o ataque e buscaram a vitória desde o apito inicial. A primeira chance foi aos 14 minutos, em cobrança de falta de Pedro Turini defendida pelo goleiro maranhense Dida. Aos 16 minutos, a equipe da casa respondeu também em cobrança de falta. Marcos bateu e Francisco Dyogo voou bonito para fazer grande defesa, espalmando para escanteio.

O Flamengo era superior em campo. Aos 21 minutos, Pedrinho conduziu a bola desde a linha central, passou por três marcadores e bateu de chapa da entrada da área. Dida fez mais uma boa defesa e evitou o primeiro gol do Rubro-Negro. Aos 34 minutos, Pedro Turino deu belo passe para Petterson, que deu uma cavadinha consciente na saída de Dida. Caprichosamente, a bola saiu tirando tinta da trave esquerda do Maranhão. No minuto seguinte, Pedrinho rolou e Petterson finalizou mais uma, dessa vez por cima do gol de Dida.

O Mais Querido continuava pressionando, e ainda criou boas oportunidades no primeiro tempo com Luis Felipe e Pedrinho. Dida apareceu bem em ambas. Na última oportunidade antes do intervalo, Pedro Turini fez bela jogada individual, driblou seu marcador e bateu cruzado à esquerda da baliza de Dida. 

O Flamengo voltou ainda mais ofensivo para a segunda etapa, com Matheus Gonçalves na vaga de Vitor Muller e Lugas Matheus no lugar de Luis Felipe. Eles dopis mudariam a história da partida. O Mais Querido criou sua primeira oportunidade de gol logo aos dois minutos, quando Petterson cruzou e Rodriguinho testou por cima do travessão. No minuto seguinte, Lucas Matheus arriscou da entrada da área, mas a bola foi muito alta. 

O Mengão era só ataque. Aos dez minutos, Lucas Matheus entrou na área e bateu cruzado, à direita do gol de Dida. Aos 11, Isaque arriscou de fora da área e Francisco Dyogo espalmou para escanteio. Aos 14 minutos, o Maranhão abriu o placar com Yago. Os Garotos do Ninho empataram no lance seguinte, com uma pintura de Matheus Gonçalves, que passou prla marcação e chutou no ângulo de Dida. Atleta do Sub-15, foi seu primeiro gol atuando pela categoria Sub-17. Dois minutos depois, aos 17 minutos, Pedrinho rolou e Matheus Gonçalves fez mais um golaço, dessa vez dando uma cavadinha para o fundo das redes na saída do goleiro maranhense. 

O Flamengo queria mais, e ampliou aos 20 minutos. Lucas Matheus recebeu na entrada da área e deslocou Dida para também anotar seu primeiro gol pela categoria Sub-17. Assim como Matheus Gonçalves, Lucas Matheus também pertence ao Sub-15. Aos 26 minutos, Fabricio Yan cobrou falta com categoria, no ângulo. Dida foi nela e fez mais uma grande defesa. Mas aos 36 minutos não teve jeito, Andrey subiu e testou bonito para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do atacante, que chegou esse ano contratado vindo do Volta Redonda, com o Manto Sagrado. Aos 44, Gabriel Bastos cobrou falta com maestria, mas a bola explodiu no travessão de Dida e quicou em cima da linha. No rebote, Andrey teve o chute bloqueado pelo goleiro.

Já nos acréscimos, Marcos André diminuiu de falta para o Maranhão. Na sequência, Jânio fez o terceiro, dando números finais a mais uma vitória rubro-negra na Copa do Brasil.

Flamengo: Francisco Dyogo, Arthur Augusto, Kayque Campos, Diego Ritter, Pedro Turini (Gabriel Bastos); Vitor Muller (Matheus Gonçalves), Rayan Lucas (Igor França), Pedrinho (Fabricio Yan); Petterson (Andrey), Rodriguinho e Luis Felipe (Lucas Matheus). Técnico: Mario Jorge.