Libras

Notícias

Sub-20 empata com Madureira fora de casa pela segunda rodada da Taça Guanabara

Garotos do Ninho jogam bem e pressionam muito em busca do gol da vitória, mas ficam no empate em Conselheiro Galvão.

Por - em
A equipe Sub-20 do Flamengo foi ao subúrbio carioca na tarde deste sábado (23) para enfrentar o Madureira, em partida válida pela segunda rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Estadual. Em partida muito difícil, como é tradicional no estádio da Rua Conselheiro Galvão, que tem gramado muito irregular e campo pequeno, os Garotos do Ninho abriram o marcador, foram melhores em campo e lutaram até o minuto final pela vitória, mas viram a equipe da casa se defender com afinco e ficaram no empate por 1x1 (Wendel), chegando aos quatro pontos ganhos na competição.

Na próxima rodada, o Mais Querido recebe a Cabofriense, na Gávea. Antes, na quinta-feira (28), o Rubro-Negro vai a Volta Redonda enfrentar o Real Desportivo Ariquemes (RO), pelas oitavas de final da Copa do Brasil. 



As duas equipes ainda aqueciam dentro de campo quando, aos cinco minutos, Luiz Henrique deu lançamento primoroso do campo de defesa para Wendel. Dentro da área, o atacante pegou de primeira e deslocou o goleiro Daniel, abrindo o placar para os Garotos do Ninho. A  partida era muito equilibrada e fortemente disputada, com jogadas mais duras e muitos cartões amarelos. Mas o Flamengo seguia superior em campo. Aos 15 minutos, Luiz Henrique cobrou falta da entrada da área e a bola saiu por cima do gol da equipe da casa.

O duelo tinha poucas chances claras de gol, e o rubro-negro era muito firme no sistema defensivo. Aos 33 minutos, Lucas Freitas tocou para o fundo das redes após cruzamento de Luiz Henrique, mas o auxiliar assinalou impedimento e anulou o gol. O Madureira chegou com perigo apenas no último lance da primeira etapa. Após cruzamento na área, a bola tomava a direção do gol, mas Pablo, atento, fez o corte e manteve a vantagem do Mais Querido até a descida para os vestiários no intervalo do jogo.



O Madureira empatou aos quatro minutos do segundo tempo, em chute rasteiro de Ian Oliveira. Daí até a parada técnica, aos 20 minutos, o duelo ficou ainda mais equilibrado. Sem chances claras de gol, mas com muita briga e disputa pela posse de bola. Após as entradas de Yuri e Sidney, o Mais Querido voltou a ter maior controle do jogo, e voltou a atacar mais o Madureira, que jogava acuado e tentava sair nos contra-ataques. 

Aos 21 minutos, Pablo cruzou e Yuri bateu de primeira, mas a bola saiu sem muito perigo para Daniel. Aos 43, Luiz Henrique cobrou falta, à esquerda do gol da equipe suburbana, que assustou aos 39. Ítalo estava atento e salvou a baliza rubro-negra, afastando o perigo no momento exato. Os Garotos do Ninho pressionavam muito em busca do gol da vitória, enquanto a equipe da casa só marcava e pressionava muito a arbitragem pedindo pelo fim do jogo. Mas ainda deu tempo para as duas últimas chances. Aos 48, Sidney arriscou de fora da área, e o goleiro defendeu em dois tempos. Aos 50, após cruzamento na área, Rodrigo Muniz ganhou do zagueiro no corpo, girou e bateu forte. Mas a zaga desviou e evitou mais três pontos para o Mais Querido.

Flamengo: Yago Darub, Luis Gustavo, Natan, Lucas Freitas, Pablo (Ítalo); Lucas Gabriel (Sidney), Gomes (Yuri de Oliveira), Luiz Henrique (Christopher); Vitor Ricardo (Yuri), Wendel e Rhyan (Rodrigo Muniz). Treinador: Mauricio Souza.