Libras

Notícias

Sub-20 joga bem fora de casa e empata com o Cruzeiro no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil

Garotos do Ninho dominam partida, abrem placar com Reinier e decidirão vaga na final no Rio de Janeiro, na próxima semana.

Por - em
A equipe Sub-20 do Flamengo, comandada pelo treinador Mauricio Souza, teve mais uma grande atuação na atual edição da Copa do Brasil. Mesmo jogando fora de casa e enfrentando pressão da torcida adversária e o gramado bastante irregular da Arena dos Calçados, em Nova Serrana (MG), os Garotos do Ninho dominaram o Cruzeiro em grande parte dos 90 minutos, empataram por 1x1 (Reinier) e ainda desperdiçaram um pênalti. O bom resultado leva a decisão de uma vaga na grande final para o Rio de Janeiro, na próxima semana, com data e local ainda a serem divulgados pela CBF. Antes, no sábado (27), o Mais Querido visita o Resende, pela sexta rodada da Taça Guanabara.



O jogo começou muito equilibrado, e quem teve a primeira grande chance de gol foi o Cruzeiro. Aos 11 minutos, Vinicius Popó recebeu sem marcação dentro da área e bateu muito mal, por cima do gol de Hugo Souza. Aos 14 minutos, Rodrigo Muniz foi derrubado dentro da área. Ótima oportunidade para o Flamengo abrir o marcador, mas Bill cobrou para fora. O Cruzeiro chegou novamente com Vinicius Popó aos 19 minutos, em finalização para fora. 

Mesmo jogando fora de casa, os Garotos do Ninho tinham o controle total do jogo e da posse de bola, mas a equipe da casa se fechava na defesa e proporcionava poucas chances de gol ao Mais Querido, tentando algo apenas nos contra-ataques. O Mais Querido voltou a assustar em duas oportunidades. Aos 30 minutos, Bill deu bonito passe para Pablo, que cruzou para Reinier. O meia escorou para a chegada de Bill, que teve o chute bloqueado pela zaga. Aos 33, Vitor Ricardo cruzou, Rodrigo Muniz disputou no alto e a bola sobrou para Bill, que pegou de primeira para boa defesa de Marlon.

O jogo era equilibrado. Aos 35, Éderson bateu para boa defesa de Hugo Souza, que espalmou para escanteio. Aos 41, Vitor Ricardo encarou a marcação e bateu por cima do gol cruzeirense, com perigo. Na última lance de gol da primeira etapa, Vinicius Souza recebeu na meia lua e bateu de chapa à direita da baliza de Marlon.



O equilíbrio se manteve no início do segundo tempo, que parecia uma repetição do primeiro. O Flamengo tinha o domínio da posse de bola e controlava o jogo, enquanto o Cruzeiro se fechava atrás e tentava sair nos contra-ataques. A primeira finalização foi rubro-negra. Aos 18 minutos, Rodrigo Muniz percebeu o goleiro adiantado e tentou fazer de cobertura do meio de campo, mas a bola saiu com muita força e passou por cima da baliza.  

O craque faz a diferença, e Reinier apareceu na hora certa para abrir o placar. Aos 33 minutos, Pablo cruzou na área e a bola sobrou para Natan. O zagueiro limpou a marcação e bateu cruzado. A bola sobrou para o camisa dez, que chapou de canhota no canto direito de Marlon, que só ficou olhando. O Mais Querido abria o placar fora de casa. E o segundo quase veio na sequência, quando Marx Lenin arriscou de fora da área, o goleiro deu rebote e Reinier finalizou sem direção. O Flamengo era melhor, mas o Cruzeiro empatou aos 40, com Adriano, após cobrança de escanteio e bate-rebate na área rubro-negra. Fim de jogo, e os Garotos do Ninho levam um bom resultado para a decisão no Rio, na próxima semana.

Flamengo: Hugo Souza, Matheus França, Nathan, Natan, Pablo; Christopher (Marx Lenin), Vinicius Souza (Luiz Henrique), Reinier; Bill, Vitor Ricardo (Wendel) e Rodrigo Muniz (Rhyan). Treinador: Mauricio Souza.