Libras

Notícias

Sub-20 vence Botafogo fora de casa e está na final da Taça Guanabara

Em partida de muita segurança defensiva, Garotos do Ninho vencem por 2x0 no CEFAT e chegam com moral à final do primeiro turno do Estadual.

Por - em
Em partida muito segura do sistema defensivo, a equipe Sub-20 do Flamengo, comandada pelo treinador Mauricio Souza, derrotou o Botafogo por 2x0 (Luiz Henrique e Lucas Freitas) na partida única da semifinal da Taça Guanabara disputada na manhã deste sábado (25), no CEFAT. Com bela atuação coletiva e sem passar sustos, os Garotos do Ninho reverteram com êxito a vantagem botafoguense de jogar em casa e pelo empate, e com um jogo totalmente controlado desde o apito inicial, garantiram com muita moral a vaga na final do primeiro turno do Campeonato Estadual da categoria. O adversário, em partidas de ida e volta, sairá do confronto de hoje à tarde entre Vasco e Fluminense.



O clássico era decisivo, e começou tenso e com poucas chances de gol. Aos 13 minutos, o Flamengo teve o primeiro lance de perigo, em chute de fora da área de Vitor Gabriel. O goleiro Lucas Silva fez a defesa sem dar rebote. Aos 19, Vitor Gabriel foi derrubado na entrada da área. Luiz Henrique cobrou a falta em cima de Lucas Silva, que defendeu mais uma. Aos 38 minutos, os Garotos do Ninho abriram o placar, e em grande estilo. Luiz Henrique teve mais uma oportunidade para cobrar uma falta na entrada da área, e dessa vez ele não desperdiçou. A batida na bola foi bonita, e ela entrou no ângulo de Lucas Silva. Ainda antes do intervalo, o Mais Querido passava a ter vantagem no jogo.

A vitória era necessária, e o Flamengo queria mais. No minuto seguinte, Vitor Gabriel bateu forte. Após desvio na zaga, a bola saiu próxima à meta botafoguense para escanteio. A equipe alvinegra teve sua única chance de gol na primeira etapa aos 42 minutos, quando Lucas Barros chegou bem à linha de fundo e bateu cruzado, à esquerda da baliza de Hugo Souza. No último lance antes da parada para o intervalo, Luis Henrique bateu de fora da área e Hugo Souza, bem colocado, fez a defesa com segurança. 



O clássico ficou ainda mais tenso na segunda etapa. As chances de gol eram escassas, e as discussões e lances mais ríspidos aumentavam a cada minuto. Até a metade do segundo tempo, nenhuma chance clara de gol foi criada. Aos 33 minutos, Ítalo cruzou e Vitor Ricardo bateu por cima do gol. Aos 34, foi Vinicius Souza quem soltou uma bomba. Após desvio na zaga, a bola saiu em escanteio. O Flamengo tinha crescido na partida, e o segundo gol veio na hora certa. Após a cobrança do escanteio, Lucas Freitas surgiu bem posicionado dentro da área e tocou de cabeça para o fundo das redes, dando muita moral para o Mais Querido chegar forte à final da Taça Guanabara.



Flamengo: Hugo Souza, Matheus França, Natan (Habraão), Lucas Freitas, Pablo (Ítalo); Vinicius Souza, Gomes (Vitor Ricardo), Luiz Henrique; Bill (Yuri), Wendel e Vitor Gabriel. Treinador: Mauricio Souza.