Libras

Notícias

Sub-20 vence mais uma vez o Internacional e, com autoridade, está na semifinal da Copa do Brasil

Mesmo jogando no Sul, Garotos do Ninho repetem vitória conquistada no Rio e enfrentarão o Cruzeiro por vaga em mais uma final.

Por - em
Partiu semifinal! Jogando no Estádio Morada dos Quero-Queros, na cidade de Alvorada, em Porto Alegre, a equipe Sub-20 do Flamengo venceu novamente o Internacional, dessa vez por 2x1 (Rodrigo Muniz e Bill) e com muita tranquilidade e autoridade avançou às semifinais da Copa do Brasil da categoria. O artilheiro isolado Rodrigo Muniz marcou mais uma vez, e chegou ao seu oitavo gol na competição. Na próxima fase, o Mais Querido enfrentará o Cruzeiro por uma vaga na grande final do torneio. Os mandos de campo serão definidos em sorteio a ser realizado ainda na noite de hoje na sede da CBF, no Rio de Janeiro. 



O Flamengo não se intimidou com o jogo dentro do CT do adversário e criou a primeira chance de gol. Aos oito minutos, Yuri se livrou da marcação e rolou para Bill. O arisco atacante rabiscou para cima da zaga, passou por dois e bateu forte, mas na rede pelo lado de fora. Aos 13, Yuri recebeu na ponta esquerda, partiu para cima da marcação e sofreu falta duríssima quase na linha da grande área. Na sequência, o zagueiro Bruno Fuchs chutou propositalmente a bola no atacante rubro-negro, que teve que ser substituído do jogo. A arbitragem deu apenas o cartão amarelo.

No lance seguinte, o Internacional chegou com perigo. Leandro Cordova finalizou, e Marx Lenin apareceu para evitar o gol tirando de cabeça em cima da linha. A partida era disputada sob alta tensão em Alvorada. Aos 25, Jhonny bateu cruzado para boa defesa de Hugo Souza. O Flamengo voltou ao ataque aos 28, em chute perigoso de Rodrigo Muniz por cima do gol. O duelo era muito equilibrado.



O Internacional chegou aos 35 minutos, em chute cruzado defendido por Hugo Souza, que estava bem colocado. Aos 39, Matheus França cruzou e Rodrigo Muniz cabeceou nas mãos do goleiro Lucas. Os Garotos do Ninho quase abriram o placar aos 43 minutos, quando Bill cruzou e a zaga quase fez contra. Na sequência, não teve jeito. Matheus França cruzou na cabeça de Rodrigo Muniz. Inapelável, o artilheiro da Copa do Brasil e do Flamengo na temporada subiu bonito e fez o seu 12º gol no ano e oitavo na competição, abrindo o marcador para o Mais Querido, que ampliava ainda mais sua já confortável vantagem no confronto. No último lance antes do intervalo, Richard bateu no ângulo. Hugo Souza voou bonito e fez defesa espetacular, espalmando para escanteio. 

Os Garotos do Ninho não queriam dar chance para o perigo, e logo no início do segundo tempo, mataram o jogo – e o duelo. Aos seis minutos, Vitor Ricardo chegou bem ao fundo e cruzou na medida para Bill. Na primeira chance ele bateu dividido com o goleiro, e a bola rolou mansa até bater no pé da trave. Atento na jogada, o próprio Bill se antecipou no rebote e tocou para o gol livre, fazendo o segundo do Mais Querido no jogo. 



O Internacional lutou até o fim tentando ao menos diminuir o placar. Aos 32, Leandro Cordova bateu forte de fora da área. Hugo Souza, bem colocado, fez a defesa sem dar rebote.  Aos 37, Peglow chutou por cima da baliza rubro-negra. Aos 40, foi a vez de José Gabriel soltar uma bomba para mais uma defesa de Hugo Souza. Na sequência da jogada, Christopher deu carrinho salvador, evitando o gol de honra da equipe gaúcha no confronto, que veio já nos acréscimos, em bonito gol de Leandro Cordova. 

Flamengo: Hugo Souza, Matheus França, Nathan, Natan, Ramon; Henrique (Christopher), Vinicius Souza (Luiz Henrique), Marx Lenin (Reinier); Bill, Yuri (Vitor Ricardo) (Wendel) e Rodrigo Muniz (Rhyan). Treinador: Mauricio Souza.