Libras

Notícias

Sub-9 bate o Grêmio na final e é campeão invicto da Go Cup

Com campanha perfeita, Garotos do Ninho ficam com o título da tradicional competição internacional

Por - em
Craque o Flamengo faz em casa, e eles se acostumam a levantar títulos desde cedo! Com campanha perfeita de nove vitórias em nove jogos, com impressionantes 68 gols marcados e apenas oito sofridos, Os Garotos do Ninho da equipe Sub-9 sagraram-se, com sobras, campeões da Go Cup, tradicional competição internacional que esse ano foi disputada na cidade de Aparecida de Goiânia. 



Na primeira fase, o avassalador ataque rubro-negro mostrou seu arsenal e distribuiu a seus adversários um caminhão de gols. Na estreia, ainda se ambientando no torneio e se adaptando à cidade, o Mais Querido goleou o CFA Fla Goiânia por 5x0. Na sequência, mais quatro goleadas para fechar a fase de grupos: 5x1 no Clube Jaó, 11x1 contra o ASH Dois Toques, 11x0 contra o Fair Play e novos 11x0 para cima do St Germain.

Veio, então, o mata-mata. E os Garotos do Ninho continuaram atropelando seus adversários. Nas oitavas de final, vitória por 8x0 sobre a equipe do ASJ Rondônia. Nas quartas, 9x1 para cima do Euro Barcelona. Na semifinal, emocionantes 5x3 contra a Escolinha do Boca Juniors.



Assim, o Mais Querido chegava com moral elevada para a partida mais difícil e que valeria o título da competição: o clássico nacional contra o Grêmio. Em uma partida duríssima, o Flamengo abriu o marcador, viu o adversário encostar no placar por duas vezes mas, mostrando muita raça e vontade de vencer, conceitos que desde cedo já são adquiridos pelos Garotos do Ninho, o Rubro-Negro soube segurar o ímpeto gremista e garantiu a conquista do inédito título. Willian, que marcou duas vezes na final, e Lucca Tasch, foram os artilheiros da equipe, com 11 gols cada. Nicolas também deixou sua marca na decisão. 

Sub-12 tem ótima campanha, mas perde final nos pênaltis

Assim como os meninos mais novos, a equipe Sub-12 também teve campanha exemplar na Go Cup, mas por um capricho do futebol, viu o merecido título escapar por um detalhe. Os cinco jogos dos Garotos do Ninho na fase de grupos terminaram com sonoras goleadas: 17 a 0 no Saintfoot (Japão), 11 a 1 no Saint Germain, 20 a 1 na Aparecidense Semel, 19 a 0 na OGN + Ação e 8 a 0 sobre o Cardim Minas BSB.

Na abertura da fase de mata-mata, com vitória apertada por 2 a 1 contra o Esplanada Society. No encontro com o Aliança Lima (PER), Nas oitavas de final, duelo sul-americano contra os peruanos do Alianza Lima, e vitória rubro-negra por 4x1. O adversário das quartas de final foi o Real Sinop, e os Garotos do Ninho voltaram a golear, dessa vez pelo icônico placar de 7 a 1. Na semifinal, contra o Cruzeiro, a goleada por 5 a 2 deu ainda mais confiança ao elenco rubro-negro para a grande final que viria pela frente.

A decisão também foi contra o Grêmio, e também foi emocionante. Após um primeiro tempo sem gols, os gaúchos abriram o placar no início da segunda etapa. David virou para o Flamengo, mas o empate veio já no finalzinho da partida. A disputa de pênaltis até começou bem para os Garotos do Ninho, já que o goleiro Miguel defendeu a primeira cobrança gremista. Mas a sequência não foi das melhores, o Mais Querido desperdiçou duas cobranças e foi derrotado pelo placar de 3 a 2. Como consolo, o atacante rubro-negro David recebeu o troféu de artilheiro isolado da competição, com 25 gols marcados.