Libras

Notícias

De virada, Flamengo bate o Botafogo no Maracanã

Em grande tarde de Rafinha, Rubro-negro sai perdendo por 1 a 0, mas vira no segundo tempo

Por - em


Na cola dos líderes! Na tarde deste domingo (28), no Maracanã, o Flamengo venceu de virada o Botafogo, por 3 a 2, pelo Campeonato Brasileiro. Gerson, Gabigol e Bruno Henrique marcaram para o Mais Querido. Cícero e Diego Souza fizeram para o alvinegro. O destaque da partida foi o lateral-direito Rafinha, que distribuiu assistências e comandou o jogo. Com o resultado, o Mengão se mantém na terceira colocação da competição com 24 pontos, três atrás do vice-líder Palmeiras e a cinco do novo líder, Santos. 

Primeiro tempo 

Forçando o jogo pela direita, o Flamengo deu trabalho ao setor defensivo do Botafogo. Rafinha conseguiu boas infiltrações e foi um dos principais articuladores da equipe rubro-negra. Apesar do bom início do Mais Querido, foi o Botafogo que abriu o placar com Cícero de cabeça. Aos 34 minutos, Gerson recebeu passe de Rafinha, puxou para o meio e soltou uma bomba no canto esquerdo de Gatito Fernández, sem chance de defesa.  Com o placar igualado, o Flamengo foi para o intervalo com o apoio da Nação em busca da virada.

Virada rubro-negra

Precisando da vitória para continuar na briga no topo da tabela, o Rubro-negro começou com tudo o segundo tempo. Aos 8 minutos, Rafinha fez grande jogada, driblou o marcador e cruzou na área. Gabigol aproveitou o rebote da zaga alvinegra e marcou um golaço: 2 a 1.  Aos 21, Diego Souza marcou de falta e deixou tudo igual no marcador.

Incentivado por sua torcida e pela atuação de gala de Rafinha, o Mengão marcou o terceiro aos 34 minutos. O lateral-direito fez mais uma grande jogada pela direita, tabelou com Gabigol e deixou livre para Bruno Henrique marcar e selar a vitória rubro-negra por 3 a 2. 

E agora?

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (31), diante do Emelec, às 21h30, no Maracanã, pela Conmebol Libertadores. Pelo Campeonato Brasileiro, o Mais Querido enfrentará o Bahia, dia 4 de agosto, às 16h, na Fonte Nova.