Libras

Notícias

Fla-Lages

A história da Fla-Lages está intimamente ligada à trajetória de um rubro-negro lageano: Renato Tadeu Furtado Ramos.

Por - em

A história da Fla-Lages está intimamente ligada à trajetória de um rubro-negro lageano: Renato Tadeu Furtado Ramos.

Ainda menino, na década de 60, Renato - hoje com 52\ anos - achou no chão um chaveiro com o distintivo do Flamengo. O\ encanto daquelas cores e a força do nome fez com que ele decidisse que o Rubro-negro seria o time da sua vida.\ Ressalte-se que o pai e os irmãos de Renato torciam por um rival do Flamengo, um adversário que ao longo dos anos se especializou em vice-campeonatos. Assim, Renato não teve a influência\ de ninguém de sua família para se devotar ao Mais Querido: foi a\ própria grandeza do clube e o seu destino de glórias que atraíram o jovem torcedor.\ Renato cresceu ouvindo pelo rádio os gols de Dida, Silva, Almir,\ Arílson, Doval...\ Os anos se passaram, Renato se casou e teve dois filhos, Fernando e Fábio, os quais herdaram a paixão do pai. Fernando nasceu quatorze dias antes de o Flamengo arrasar o Liverpool em Tóquio.\ Fábio é hoje o organizador das excursões da torcida para assistir aos jogos. Torcida que iniciou como Fla-Ramos, formada pelo Renato e pelos filhos, mas que cresceu e atraiu\ outros rubro-negros, formando-se então a Fla-Lages\ As viagens para jogos do Flamengo começaram em 1994, ainda pelo sul do\ país, para logo\ ganhar outras fronteiras. Anualmente, a Fla-Lages se desloca pelo\ menos uma vez ao Rio de\ Janeiro. Em 2007, trinta e quatro torcedores foram de ônibus assistir a\ decisão do Campeonato Carioca entre Flamengo x Botafogo e acabaram premiados\ com mais uma conquista.\

Recanto Rubro-negro

O Recanto Rubro-negro é um espaço cultural rubro-negro localizado numa peça\ independente da casa de Renato. O pequeno-grande museu foi fundado em julho\ de 1999, quando a Flamília Ramos se inspirou na conquista do Campeonato\ Carioca daquele ano para criar um pequeno cômodo destinado a receber alguns\ quadros de equipes do Flamengo campeãs. No entanto, menos de um ano e meio\ após a fundação, com as várias doações de materiais como revistas, jornais,\ chaveiros, bolas, livros, fitas vhs, adesivos, ingressos entre outras\ coisas, Renato e seus filhos viram a necessidade de ampliar o espaço do\ Recanto. A reinauguração estava marcada para junho de 2001, mas\ no dia 27 de maio daquele ano o Flamengo conquistou o Tricampeonato Carioca\ e antecipou a festa dos rubro-negros lageanos, que naquela noite lotaram o\ Recanto para festejar.\ Hoje o espaço possui milhares de itens voltados ao Flamengo - inclusive o\ chaveiro encontrado por Renato há quase cinco décadas. O Recanto já recebeu\ o campeão mundial Lico e foi palco do lançamento do Livro Ser Flamengo, do\ escritor Mauricio Neves de Jesus, que autografou vários exemplares para os\ amigos.\

Renato Ramos, sua família e todos os rubro-negros de Lages sentem-se honrados\ com a nomeação do Recanto Rubro-negro como Embaixada Oficial do Clube de\ Regatas do Flamengo.\