Libras

Notícias

Gabriel Barbosa é apresentado no Ninho do Urubu: “Realização de um sonho”

Novo camisa 9 concedeu entrevista coletiva e mostrou sua animação por defender o Manto Sagrado em 2019

Por - em


Ele chegou. Na tarde desta sexta-feira (11), o Flamengo anunciou e apresentou oficialmente o atacante Gabriel Barbosa, conhecido como Gabigol. Em entrevista coletiva realizada na sala de imprensa do Centro de Treinamento Ninho do Urubu, o camisa 9 falou sobre Nação Rubro-Negra, a felicidade por jogar no clube e as expectativas para começar os trabalhos com o Manto Sagrado. Junto ao jogador estavam o Vice-Presidente de Futebol, Marcos Braz, o diretor Bruno Spindel e o CEO Reinaldo Belloti.


“Primeiramente preciso agradecer ao Gabriel. Se não fosse ele próprio e sua extrema vontade de vir, com certeza não teríamos o êxito nesta negociação. O esforço da diretoria e do presidente Rodolfo Landim também nos possibilitou estar vivendo esse momento. Agradeço ainda aos sócios-torcedores, pois é graças a eles que estamos contratando, eles são fundamentais. Agora é com ele dentro de campo. Ficamos muito felizes por mais um jogador desse nível, junto com todos os outros que temos, chega para fortalecer esse elenco. Boa sorte ao Gabriel, é o que desejamos e precisamos”, disse inicialmente Marcos Braz.


Dizendo suas primeiras palavras como jogador do Flamengo, Gabigol se mostrou extremamente feliz e otimista. “Agradeço a Deus por me capacitar para estar em um grande clube, a vocês, ao presidente, aos meus pais, todos que fizeram esse sonho virar realidade. Sempre falei que queria jogar aqui, mas não imaginei que realizaria isso com tão pouca idade. Estou muito feliz e agradecido pelo carinho da torcida, espero poder retribuir com muita entrega. Foi muito bom poder treinar hoje e já sentir esse clima de estar em um grande clube com uma grande estrutura. Espero não só corresponder com gols, mas também ser campeão”, exaltou o atacante.


Novo dono da camisa 9, Gabriel Barbosa recebeu o carinho da Nação Rubro-Negra desde o início das especulações, sentindo de perto o calor da Maior Torcida do Mundo. “Estou muito feliz e é um dia muito especial. Difícil explicar essa identificação tão rápida. Hoje ela aumenta. Espero que esse carinho possa ajudar não só a mim, mas também ao elenco que é muito forte. Não venho para suprir a ausência dos atletas que foram embora, acredito que nosso grupo é muito bom. Esperamos retribuir isso com muitas vitórias. O Flamengo é realmente enorme. Nem joguei ainda e já estou sentindo coisas que só acontecem aqui. É um clube com tradição no país, uma torcida gigante. Espero que seja um ano muito feliz”, afirmou.


“Fiquei bem ansioso durante a negociação e perturbei muito o Marcos (Braz). Queria muito que isso acontecesse. Agradeço aos clubes que procuraram meu pai para me contratar, mas ficou bem claro desde o início que eu queria estar no Flamengo, defender essa camisa e a torcida imensa. Agradeço muito a confiança de todos e agora é comigo e meus companheiros. Independente do investimento, essa camisa é muito pesada e todos que estão aqui sabem disso. É uma pressão saudável. Quem nunca pensou em jogar aqui com a torcida apoiando?”, comentou Gabigol.


E o seu principal objetivo? “Ser campeão é o sonho de todos que estão aqui hoje. Com um grande time, grande torcida e grande camisa, creio que é o objetivo principal de todos. Ganhar um título com esse Manto será algo realmente inesquecível”, garantiu Gabriel Barbosa.


Recém chegado ao Flamengo, Abel Braga já iniciou o trabalho visando a temporada de 2019 e busca o título da Flórida Cup para começar o ano com o pé direito. Para o jogador, trabalhar com o comandante será uma chance de aprender. “Sei que posso tirar muitos aprendizados disso. Estou muito animado para conhecer o grupo novo, o professor. Com certeza vou aprender bastante e espero poder passar outras coisas da mesma forma”, comentou.


“A ida para a Europa me ajudou em muitas coisas, mesmo que algumas pessoas achem que só me prejudicou. Me ajudou bastante e me sinto muito preparado dentro e fora de campo. Tento sempre manter contato com a torcida, procuro passar para eles muito a minha felicidade por estar aqui. Quero mostrar isso dentro de campo. Quem tem que ganhar é sempre o Flamengo, que está acima de tudo e de todos. Independente do time que está em campo, todos fazemos parte da mesma Nação”, enalteceu o garoto de 22 anos.


Concluindo a coletiva, Gabriel falou onde prefere atuar em campo. “Jogo em todas as posições. No Santos eu joguei de meia, aberto pelos dois lados, centroavante. Acho que sou versátil, então estarei a disposição para o que o professor Abel precisar”, concluiu.