Libras

Notícias

Marcos Braz concede entrevista coletiva no Ninho do Urubu

Vice-presidente de futebol confirma que Pablo Mari foi vendido ao Arsenal

Por - em

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Na tarde desta segunda-feira (22), o vice-presidente de futebol Marcos Braz respondeu às perguntas da imprensa através da FlaTV. Confira os principais tópicos:

Renovações de Diego Alves e Diego Ribas
“Desde que começamos a fazer a readequação financeira, decidimos que iríamos tratar essas questões um pouco mais na frente. Como se trata de renovação, os dois atletas são importantíssimos e têm os contratos se encerrando no final do ano. Temos como data para iniciar essas renovações, dez ou 15 dias antes de começar o Campeonato Brasileiro. São dois jogadores consagrados aqui no clube e muito importantes para o elenco. Eles sabem disso. Com certeza vamos analisar a situação de cada um da melhor maneira possível”.

Indefinição quanto ao Carioca
“É evidente que o cenário em que estamos hoje não é o cenário que a gente gostaria. Essa pandemia trouxe uma doença que é nova, em que todos nós ainda estamos aprendendo a conviver com isso. Tivemos que realizar uma série de readequações, inclusive de quando iríamos voltar com as atividades e, consequentemente, com os campeonatos. O que eu posso falar é que o Flamengo já voltou a treinar há um mês, com uma sequência muito boa de treinos. Sempre digo que o Flamengo nunca pode ficar é na inércia, de parar tudo e esperar o que vai acontecer. Estamos muito tranquilos com relação a isso e vamos aguardar uma definição”.

Posicionamento de Fluminense e Botafogo
“O Flamengo tem a posição dele sobre a maneira de pensar e de agir. Sobre o Botafogo e Fluminense, essa pergunta deve ser feita para o vice-presidente deles. A única coisa que eu acho é que no dia que paramos por segurança e contribuição à sociedade, no dia seguinte já estávamos nos programando para o retorno das atividades. Isso não quer dizer que seríamos irresponsáveis. Fluminense e Botafogo não querem entrar em campo. Respeito a posição deles, mas lamento. Só vamos estar seguros 100% quando existir uma vacina ou um remédio”.

Redução dos salários
“Quando tratamos essa situação com os líderes do elenco, assumimos alguns compromissos com os jogadores. Não que eles tivessem pedido nada em contrapartida, mas, por experiência, me posicionei que seriam 60 dias dessa maneira e depois faríamos outra reunião para tratar sobre o assunto novamente. Esse prazo ainda não chegou, mas quando chegar faremos uma nova reunião”.

Relação do clube com o governo
 “Acho que é dever do presidente do Flamengo e da diretoria estarem sempre atenta aos projetos com relação à qualquer esfera governamental que seja bom para o clube. É o dever do presidente estar atento a todas essas situações. É importante para o Flamengo”.

Pablo Marí
“O Pablo Marí foi vendido, de fato. Não há nenhuma dúvida com relação a isso. Sabemos que ele sofreu uma lesão grave, mas esse assunto já está resolvido e quando chegar o momento certo os números sairão nos balanços do clube”.

Confira a entrevista completa do vice-presidente de futebol do Flamengo: