Libras

Notícias

Fã de Ronda Rousey, Dani Karla projeta 2017 do judô rubro-negro

Atleta é a principal da modalidade no Flamengo e espera ano com muitas vitórias

Por - em
Principal nome rubro-negro e atleta da Seleção Brasileira, a judoca Danielle Karla já planeja um ano vitorioso. Pensando na próxima Olimpíada, Dani será a aposta de títulos para o Flamengo em 2017.

Acostumada a disputar seletivas para o Brasil, Dani Karla se tornou referência na modalidade rubro-negra e enxerga a posição como importante. "Acho que tenho que ser exemplo para os mais novos, já que nossa equipe está se renovando com a base", comentou. 

O trabalho forte de Dani é feito pela técnica referência na modalidade nacional. Rosicleia Campos esteve em cinco Jogos Olímpicos e, há trinta anos no clube, conhece bem o caminho vitorioso no judô. "Ela está sempre atualizada nas adversárias, nas novidade do esporte internacionalmente e tem muitas experiências boas para passar", elogiou a judoca.

A judoca foi uma das atletas da modalidade que estiveram disputando vaga no ciclo olímpico da Rio 2016. Já focando em Tóquio 2020, Dani Karla projetou o trajeto até os Jogos. "Primeiramente, quero ter uma qualidade boa de treinos e conseguir manter isso para ter resultados melhores internacionalmente. Meu maior sonho no esporte é ganhar uma medalha olímpica."

A inspiração para as lutas vem não somente pelo respeito à judoca do outro lado do tatame, mas de um dos maiores nomes do Ultimate Fighting feminino. "Costumo me inspirar muito nas minhas próprias adversárias, pois tenho que ser melhor que elas. Mas também sou fã da Ronda Rousey", afirmou.

Dani ainda comentou sobre os planos fora do judô, além de falar dos outros esportes que costuma praticar. "No momento estou só na vida de atleta mesmo, mas pretendo voltar a estudar ainda esse ano. Faço aula de surf quando não tenho competições e também de jiu-jítsu, que mesmo sendo no tatame é uma área diferente e me ajuda no judô, que pratico durante a semana", concluiu.

Para 2017, a expectativa é alta e o objetivo é que seja de títulos. "Espero que esse ano seja de muitas vitórias e que eu me supere a cada desafio no modo geral."

As equipes de judô do Clube de Regatas do Flamengo contam com apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) provenientes da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé e com recursos de seu patrocinador – MRS Logística – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR).

*sob supervisão de Isabela Abirached